Terça-feira, 26 de Maio de 2020
Carnaval 2020

Concurso da Corte do Carnaval muda de formato e inscreve até sexta (3)

Tradicional escolha da realeza do Carnaval amazonense acontece dia 10 no Olímpico Clube; interessados devem se apressar pois inscrições encerram nesta sexta-feira (3)



corte2019_8055D809-E38F-496D-B7EE-2226527CBB24.JPG A atual Corte, de 2019, é formada pelo Rei Momo Eglison Gomez, Rainha Babbi Souza, Passista de Ouro Rafael Hermon e Mulata de Ouro Keise Rosa / Foto: Arquivo/AC
02/01/2020 às 17:15

A nova Corte do Carnaval amazonense para este ano vai contar com duas princesas ao invés da Mulata de Ouro, como nos anos anteriores, abrindo espaço para que mulheres de todas as raças possam concorrer ao posto de Rainha da folia. Esta é uma das novidades do concurso que vai definir a realeza do Carnaval 2020 e que acontecerá no próximo dia 10, a partir de 20h, no salão nobre e social do Olímpico Clube (avenida Constantino Nery com Kako Kaminha) - que é outra inovação em se tratando de local, climatizado.

Além da Rainha do Carnaval serão escolhidas a Primeira e Segunda princesas, o Passista de Ouro e, claro, o Rei Momo, soberano maior da folia. A realização é da Comissão Executiva das Escolas de Samba de Manaus (Ceesma) com coordenação do Olímpico Clube por parte da empresária Érika Leão.



Até ano passado, a Corte era formada por quatro realezas: o Rei Momo, Rainha, Mulata de Ouro e Passista de Ouro.

De acordo com a organizadora Érika Leão, a inovação na criação de duas princesas, além de aumentar a participação feminina no concurso, também visa homenagear a raça negra e democratizar o certame. Segundo ela, as candidatas ao concurso tinham grande dificuldade quando iam se escrever para o posto de Rainha do Carnaval pelo receio de que não seriam escolhidas por conta da cor.

“Muitas ficaram de fora de concorrer à rainha porque eram instruídas por próprias pessoas das escolas de samba que não poderiam concorrer. Assim, as escolas escolhiam as suas mulatas e mandavam elas concorreram ao posto de Mulata de Ouro. Agora será diferente: a candidata mais votada pelo voto direto será a Rainha do Carnaval, a segunda a Primeira Princesa e a terceira melhor votada a Segunda Princesa. Dessa forma não haverá distinção de cor e todas podem disputar ao cargo de Rainha. É uma valorização da raça negra, sem distinção e diferente de antigamente quando as coisas eram fatiadas. Tanto é que temos candidatas negras belíssimas concorrendo. A novidade trouxe alegrias para as meninas que não podiam ou se limitavam a concorrer ao cargo de mulata pela cor”, explica a organizadora, que foi Rainha do Carnaval do Amazonas em 2012 e ex-Madrinha de Bateria da Reino Unido da Liberdade.

As mulatas eram chamadas depreciativamente de ‘mulas’ nos tempos da escravidão pelos barões, sendo a negrinha que os ajudava”, explica ela, em mais um motivo para a mudança deste ano. “Ou seja, neste ano teremos três mulheres no novo formato da Corte do Carnaval amazonense. No Rio de Janeiro funciona assim. Eu estudei muito antes de arriscar a mudança de formato do concurso de mulata para princesa”, ressalta. 

Érika Leão afirma que, por conta da mudança, enfrentou resistências nas agremiações junto aos dirigentes das agremiações, mas que foi “teimosa” e falou que eles “deveriam se preocupar em colocar suas escolas na avenida”. Por outro lado, conta, “o público super aderiu à idéia”.

Só até esta sexta

Mas quem quiser concorrer aos cinco postos deste ano é bom se apressar, pois as inscrições, gratuitas, vão até às 23h59 desta sexta-feira por meio do link (clique aqui), onde o participante responderá a um questionário. O valor da premiação ainda será definido, informou a organização. 

Érika frisa que o concurso será realizado com a máxima transparência. No próximo dia 6 a organização vai reunir com os candidatos para o ensaio geral no próprio Olímpico Clube. Um encontro anterior com ela e demais envolvidos tratou de assuntos como o figurino de aprsentação, por exemplo.

Atrações

O concurso da Corte vai contar com a participação de duas personalidades do Carnaval do Rio de Janeiro: a Rainha do Carnaval Clara Paixão (que ocupa o posto pela terceira vez) e a Musa da Escola de Samba Imperatriz Leopoldinense, Ketula Melo.

Entre as atrações musicais estão confirmados os grupos Vem K Sambar, além de Bié e Rafa Militão e baterias de escolas de samba convidadas.

Os ingressos para o público custam R$ 10 (pista), R$ 120 (mesas para quatro pessoas) e R$ 1.000 (camarote para 20 pessoas). Mais informações podem ser adquiridas por meio do fone 98255-0254.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.