Sábado, 24 de Agosto de 2019
Vida

Confira as celebridades que não foram eleitas pelo povo nas eleições de 2014

Alguns famosos se candidataram a algum cargo político, mas não obtiveram um número significativo de votos nas urnas e foram eliminados do pleito eleitoral  



1.gif A sorte não sorriu para estes famosos nas eleições de 2014
08/10/2014 às 11:11

As eleições deste ano deram ao eterno humorista Tiririca exatos 1.016.730 votos, o que lhe conferiu o posto de segundo deputado federal mais votado do Brasil. Mas a sorte que sorriu para o político não é a mesma que sorri para alguns famosos que ousaram, neste ano, se aventurar em meio às candidaturas. Ou ao menos tentar.

O BEM VIVER fez uma lista de alguns dos célebres nomes que parecem não ter conseguido se emplacar no gosto popular como representantes públicos, fato que se coloca como a prova viva de que fama não é garantia de votos. O mais curioso é que uma boa parcela de campeões do Big Brother Brasil se candidatou a algum cargo neste período eleitoral, seguida de sub-celebridades, atores e cantores. Confira:

Dr, Rey, Ricardo Macchi e Kid Bengala estão entre os eliminados

Dr. Rey

Os 21.371 votos não foram o suficiente para fazer o brasileiro mais americanizado do mundo se eleger como deputado federal em São Paulo. Dono de um notável carisma, o apresentador e cirurgião plástico concorreu pelo PSC.

Marcos Oliver

O ex-sedutor do programa “Teste de Fidelidade” recebeu 1.517 votos ao se candidatar como deputado federal em São Paulo, coligado ao PSDB. O ex-particiante de “A Fazenda” chegou a ser preso após o reality.

Mulher Pêra

Atendendo pelo nome de Suéllem, a Mulher Pêra chegou a fazer corpo a corpo nas ruas trajando um corselet para lá de ousado na época de sua campanha para deputada federal. A candidata do PT do B, porém, levou apenas 1.272 votos.

Sula Miranda

A irmã de Gretchen e eterna rainha dos caminhoneiros se candidatou ao cargo de deputada federal pelo PRB, em São Paulo. Ao todo, somou 3.795 votos válidos.

Marquito

Passando por dificuldades financeiras, o humorista teve uma votação expressiva: recebeu 15.703 votos para o cargo de deputado estadual em São Paulo. Mas o número não foi o bastante para elevá-lo ao cargo, coligado ao PTB.

Leandro Scornavacca

O marido da ex-miss Brasil Natália Guimarães e vocalista do trio musical KLB conseguiu arrematar 11.279 votos ao concorrer para a vaga de deputado estadual em São Paulo, pelo PSD. Porém, sem sucesso.

Agnaldo Timóteo

O cantor de tantos hits românticos do passado concorreu ao cargo de deputado federal no Rio de Janeiro, coligado ao PR. Ele, porém, alavancou apenas 18.839 votos do público.

Maria Melilo

Depois de superar um câncer, a vencedora do BBB 11 chegou a se candidatar ao cargo de deputada estadual em São Paulo. Ao todo, conseguiu 3.199 votos. Assim como o Dr. Rey, Maria se lançou pelo PSC.

Diego Alemão

O aclamado vencedor do BBB 7 arrematou 91% dos votos que o consagraram campeão da edição. Mas não foi o bastante para que ele se elegesse deputado federal no Rio de Janeiro: Alemão conseguiu apenas 4.947 votos pelo PV.

Fael Cordeiro

O jeitinho caipira fez Fael conquistar o prêmio máximo do BBB 12 (R$ 1,5 milhão). Porém, ao se candidatar a deputado estadual no Mato Grosso do Sul, conseguiu apenas 13.726 votos pelo PSB.

Cida Santos

Candidata a deputada federal no Rio de Janeiro pelo PT do B, a campeã do BBB 4 parece não ter feito uma campanha intensa para sua chapa, o que a fez receber apenas 167 votos válidos.A MENOS VOTADA

Daniel Rolim

O divertidíssimo participante do BBB 11 que dançava com um coqueiro - e que foi amigo fiel de Maria Melilo durante o programa - recebeu apenas 1.856 votos como candidato a deputado estadual pelo PSB.

Frank Aguiar

Nem o bordão “Lavou, tá nova” se fez lembrar na cabeça de mais eleitores além das 26.013 pessoas que votaram no cantor. Ele foi candidato a deputado federal em São Paulo, pelo PMDB.

Ricardo Macchi

O ator concorreu ao cargo de deputado federal no Rio Grande do Sul, pelo PTB. Pode ser que o fato do artista estar longe da mídia a algum tempo tenha influenciado sobre os 2.652 votos que recebeu o coligado pelo PTB.

Kid Bengala

Sob o slogan “Introduzindo a mudança sem gozação”, o ator pornô se candidatou ao cargo de deputado estadual por São Paulo e ganhou pouco mais de mil votos pelo PRB.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.