Publicidade
Entretenimento
Vida

Confira dicas para ter comidinhas saudáveis na lancheira e uma volta às aulas mais nutritiva

"É importante a criança ser estimulada a uma alimentação saudável em sua rotina e não imposta. Ela precisa perceber que esse estilo de alimentação faz parte da sua vida e de sua família” diz a nutricionista, Jovana Benoliel 13/02/2016 às 10:30
Show 1
As frutas não podem ficar de fora da lancheira, pois fornecem vitaminas essenciais e fibras que contribuem para o bom funcionamento do intestino
Lucy Rodrigues Manaus (AM)

Mesmo com tanta informação a respeito da importância de dar exemplo e educar as crianças para uma alimentação e hábitos de vida mais saudáveis, os números da obesidade infantil e os problemas associados a ela não param de crescer no Brasil e no mundo.

O início de um novo ano escolar é sempre uma boa oportunidade para os pais buscarem reverter as estatísticas, apostando em opções de lanches e refeições mais naturais, com itens da gastronomia regional e cheios de sabor.

Para ajudá-los nessa tarefa, o VIDA&ESTILO conversou com a nutricionista Jovana Benoliel que listou sete dicas para deixar a hora de merendar cheia de saúde: 

1. Exclua:  Salgadinhos, refrigerantes, achocolatados e sucos industrializados. “São itens que considero impraticáveis em uma lancheira escolar. Os Militos, Doritos e afins têm muito sódio (sal) e os refrigerantes e sucos de caixa são bebidas muito açucaradas e com muitos conservantes e corantes. Como opção para para substituí-los, indico os sucos naturais e água de coco”.

2. Aposte em ingredientes regionais: Banana pacovã cozida ou assada, milho cozido, pupunhas, batata doce e macaxeira (mandioca) cozidas ou em forma de chips assados são indicadas como alternativas para substituir os pães.  

3. Enriqueça o pão: Se não há intolerância ao glutén ou doença celíaca, os pães não precisam ser temidos. Podem ser recheados com: tucumã (que aumenta a quantidade de fibras) ou patês caseiros de frango com verdurinhas raladas. “São melhores opções que os biscoitos industrializados ou salgados. Ricos em gorduras maléficas. Outras opções para os recheios dos pães quanto utilizá-los são: queijos brancos, pasta de berinjela, patês caseiros de frango ou de atum (feitos com iogurte natural ou requeijão)”.

4. Inclua frutas: Elas não podem ficar de fora, pois fornecem vitaminas essenciais e fibras que contribuem para o bom funcionamento do intestino, além de promover a saciedade. Segundo a nutricionista, elas podem ser mandadas já descascadas, cortadas em cubos: tipo: manga, melancia, laranja, mamão que são frutas fáceis de encontrar em nossa região. As frutas que escurecem, como maçã, pera, banana podem ser colocadas na lancheira de crianças maiores, pois terão que ir com as cascas”.

5. Vitaminas ou smoothies são boas alternativas. Se a escola disponibiliza refrigeração pras lancheiras, pode-se variar com opções lácteas como iogurte natural com frutas picadas ou vitaminadas. “Smoothie (vitaminada) de manga, mamão ou outra fruta preferida da criança ou iogurte natural com cubos de frutas + aveia são ótimas opções”, diz.

6. Dê o exemplo: “É importante a criança ser estimulada a uma alimentação saudável em sua rotina e não imposta. Ela precisa perceber que esse estilo de alimentação faz parte da sua vida e de sua família.  A participação das escolas também é fundamental, com cantinas que tenham opções adequadas e não ofereçam as opções prejudiciais: fast foods, salgados, macarrão instantâneo, refeigerantes etc”. 

7. Envolva a família. “A parceria dos pais também é importante, com a disposição em comprar tais itens com antecedência, acordar cedo, prepará-los de um dia para o outro e não se deixarem vencer pela correria e praticidade dos industrializados”.

Regional

Os pães podem ser enriquecidos com tucumã e patês naturais caseiros ou substituídos por opções do cardápio regional como pupunhas, milho, banana cozida ou assada, cará e macaxeira.

Workshop orienta pais

Para ajudar os pais nessa tarefa de elaborar uma alimentação equilibrada, saudável e que forneça tudo que os filhos precisam pra brincar e aprender bem, a clínica Lápis de Maçã, especializada em nutrição infantil, promove em Manaus o 1º Workshop Lancheira Saudável para pais e crianças (acompanhadas pelos responsáveis). 

A ideia, segundo os idealizadores, é ensinar como montar a lancheira ideal, deixando a hora do lanche mais completa e nutritiva.  O momento dos pais será no dia 20 e o momento das crianças (acompanhadas de responsável) será no dia 27 de fevereiro, ambos às 15h, no  Edifício Skye Platinum Offices, localizado na Avenida Darcy Vargas. O valor do workshop é R$ 120. Informações e inscrições: 98100-9416/ lapisdemaca@gmail.com.

Destaque

O excesso de peso já atinge hoje mais de 50% dos brasileiros, que segundo pesquisa Euromonitor consomem 55% mais calorias do que a média mundial em alimentos e bebidas industria-lizadas. A educação alimentar deficiente, na infância, é um dos fatores que agravam este cenário. Daí a importância de investir em controlar o preparo e porções das refeições fora de casa.




Publicidade
Publicidade