Sábado, 25 de Maio de 2019
CINEMA E TV

Confira entrevista com Miriam Ficher, a dubladora de Drew Berrymore no cinema

Carioca vem a Manaus no domingo para o Coca-Cola Anime Jungle. Ela é conhecida por dublar famosas como Nicole Kidman, Halle Berry, Cameron Diaz, Sandra Bullock e também personagens como Amelia Shepherd de “Grey’s Anatomy” e Joyce Byers de “Stranger Things”.



miriam_ficher.jpg
Foto: Divulgação
12/04/2018 às 10:12

São mais de 45 anos inserida no mundo da dublagem e uma bagagem “pesadíssima” como dubladora de famosas como Angelina Jolie, Drew Barrymore, Cameron Diaz, Nicole Kidman e Sandra Bullock, além de trabalhos em desenhos animados como a Vicky de “Os Padrinhos Mágicos” e a Velma de “Scooby Doo”. Estamos falando da atriz carioca Miriam Ficher, “dona” de vozes poderosas do cinema e da TV. 

Neste domingo (15), a partir das 16h, ela participa de um bate-papo com o público de mais uma edição do Coca-Coca Anime Jungle, no Sesi. A entrada para o dia custa R$ 20 e está disponível na loja Daray (no Amazonas Shopping) e na bilheteria do Clube do Trabalhador.

Em entrevista ao BEM VIVER, Miriam contou que a história dela com a televisão começou aos nove anos fazendo figuração na Rede Globo. Aos 12, ela interpretou Lú na novela “Vejo a Lua no Céu” (1976) e, aos 13,  começou a dublar. Na época, Angelina Bonates, que dirigia um estúdio de dublagem, a convidou para dublar uma criança. “Na época, adultos dublavam crianças e a Angela resolveu colocar uma pré-adolescente na dublagem de uma pré-adolescente. Eu fiz um teste para essa série e estava muito nervosa. Naquela época, as crianças não dublavam de forma fixa e pontualmente a Disney colocava crianças. A oportunidade veio e fui a primeira criança fixa de uma série chamada ‘Família’”, relembra. 

Daí em diante ela começou a dublar regularmente. Em determinada altura da carreira, ela percebeu que “atirava para todas as direções: um pouco para a TV, teatro e etc.”. Foi então que tomou uma decisão: “Quer saber? Eu vou me dedicar à dublagem, ocupar meu lugar e depois retorno a fazer outras coisas. Acabou que não voltei para fazer outras coisas (risos). Eu me fixei na dublagem. Eu adoro a dublagem”, disse.

E a decisão resultou em bons trabalhos, fazendo a atriz ser reconhecida pela voz todos os dias, em qualquer lugar. “No supermercado, no metrô, numa loja... As pessoas primeiro ficam me olhando e então falam “posso perguntar uma coisa?” (risos). As pessoas são muito carinhosas. Uma vez, eu e minhas filhas estavámos  comprando numa loja e a vendedora perguntou se eu era dubladora. Eu disse que sim e ela pediu um autógrafo. Eu fiquei morrendo de vergonha e toda loja ficou olhando”, relembra com carinho. 

No estúdio

No portfólio, ela carrega dublagens de Angelina Jolie em filmes como “60 Segundos” e “Sr. e Sra. Smith”; Drew Barrymore em “Como se fosse a primeira vez” e “As Panteras”; Natalie Portman em “V de Vingança”; Nicole Kidman em “Esposa de Mentirinha” e “Invasores”; entre outras participações. 

Em séries, Ficher dubla a personagem Amelia Shepherd de “Grey’s Anatomy” e Joyce Byers de “Stranger Things”. Já nos desenhos animados, ela dublou Velma Dinkley em “Scooby-Doo”; Pandora em “Os Cavaleiros do Zodíaco”; Lilica em “Tiny Toon”; Pumaira em “ThunderCats” e muitos outros.

“Eu amo os desenhos que fiz. Até porque tem um público muito específico que ama anime. Os fãs fazem valer a pena. Dentre tantos, destaco a Botan em “Yu Yu Hakusho”, pois foi através dela que descobri esse público lindo. Enfatizo também a Sangria em ‘Don Drácula’, a princesa Sara de ‘Cavalo de Fogo’, que arrebatou os corações de uma geração, e a Charlene de ‘Família Dinossauro’”, destaca a atriz sobre os papéis que ela adora. 

Segundo Miriam, no caso dos desenhos, ela geralmente cria uma voz para o personagem ou se inspira no original. “Para a atriz eu sigo a personagem. Por exemplo, uma atriz tem tons diferentes em cada filme que faz. Por isso não crio vozes, eu sigo a inspiração delas. As respirações, na verdade. O que elas fazem eu faço. Elas estudaram por meses aquele papel, então chego ao estúdio, estudo a cena e sigo o que elas fizeram, afinal, elas são as donas da personagem”, opina.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.