Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2021
Literatura

Livros de autores amazonenses para 'devorar' em janeiro

A CRÍTICA traz sugestões de obras recém-lançadas de escritores locais para incluir na lista de leituras deste início de ano



WhatsApp_Image_2021-01-18_at_14.02.02_C7842D6D-FF7B-478C-8343-C12FCCA10BA1.jpeg 'Amznia On Stage: Palco da Música LGBT+ de Manaus', 'Pérola, Sol e Mar' e 'Ajuricaba' são algumas das sugestões da nossa equipe (Fotos: Divulgação)
18/01/2021 às 14:08

Em meio a novas medidas preventivas de isolamento social, por conta do aumento de casos de Covid-19 no Estado, dedicar-se à leitura pode fazer a diferença na hora de aproveitar o tempo. Ciente disso, o A CRÍTICA traz nesta edição uma breve lista de obras recém-lançadas de escritores da região, que pode ajudar na hora de escolher o título da vez.

As indicações começam com a primeira edição de “Amznia On Stage: Palco da Música LGBT+ de Manaus”, que pode ser baixado pela plataforma multistreaming www.amazoniaonstage.com. Idealizado pelo Centro de Arte, Cultura e Estudos da Diversidade “Miga, Sua Lôca” – coordenado pelas produtoras culturais Naty Veiga e Ana Carolina Souza – o livro conta a história de trinta artistas da música LGBT+, dentre os quais Bel Martine, Bruno Rodriguez, Karen Francis, Kely Guimarães, Luso Neto, Olívia de Amores e Rainer Muller.



De acordo com Naty – que é DJ/Producer e responde como editora-chefe da obra – o livro mostra que existem profissionais da música LGBT+ na cidade e não são poucos. “Profissionais com base, estudo, conceito. Respeito para com a nossa Identidade de Gênero e Orientação Sexual é o mínimo que as pessoas podem ter”, pontua.

Liderança Indígena

Se a ideia é diversidade, outra opção é a Graphic Novel “Ajuricaba”, do estúdio de quadrinhos amazonense “Black Eye”. A saga do guerreiro da tribo dos Manaós, no Amazonas, está disponível na Banca do Largo com alguns exemplares autografados pelos autores e também pode ser adquirida por meio de vendas on-line no perfil da @blackeyeestudio no Instagram.

Criada e roteirizada pelo jornalista, roteirista e ilustrador Ademar Vieira, a história em quadrinhos aborda a vida do responsável pela maior campanha de resistência anticolonialista das nações indígenas do Estado no século XVIII, contando sua história pouco antes de se tornar tuxaua da maior tribo guerreira do Rio Negro.

Além do roteiro de Ademar, a Graphic Novel – cuja capa foi ilustrada por Ana Valente – conta com os desenhos do quadrinista Jucylande Júnior e a arte-final do ilustrador Tieê Santos.

Força Feminina

Outra seleção de destaque é o livro de estreia da jornalista cultural e escritora amazonense Maria Lucy Rodrigues: “Pérola, Sol e Mar: cantos de menina, mãe, mulher”. Disponível de forma gratuita na internet, a publicação traz poemas e crônicas escritos desde a infância até a vida adulta da autora, abordando temas como amor, relacionamentos, autoestima, força feminina, paixões, espiritualidade e maternidade.

Com ilustrações de Viviane Bandeira, prefácio de Myriam Scotti e capa e projeto gráfico de Mário Lima, o livro – produzido em formato digital – pode ser acessado pelo site www.perolasolemar.art.br e também ganhou um perfil no Instagram: @perolasolemar.

Mitos da Amazônia

Quem também faz histórias com poesia é o escritor amazonense Elson Farias, o imortal da Academia Amazonense de Letras (AAL), que já possui mais de 50 anos como membro da Casa de Adriano Jorge. Em sua obra “As Náiades e a Mãe D’Água”, editada e distribuída pela Valer, ele faz um ensaio literário sobre os mitos da Amazônia na poesia, com exemplos de poetas amazonenses ou domiciliados na região.

“Há no livro uma aproximação entre a mitologia greco-romana trazida pelos colonizadores e os mitos indígenas. A poesia clássica e a poesia primitiva”, destaca o autor.

Embora ainda não tenha sido oficialmente lançada, a obra já pode ser comprada na banca da praça São Sebastião e na livraria virtual da Valer (www.editoravaler.com.br).

Infanto-juvenil

Para os pequenos também há opções. Com “Os sauins-de-coleira e a Planta do Céu”, o casal de biólogos Maurício Noronha e Dayse Campista e o jornalista Marcus Pimenta falam sobre a necessidade da conservação do mascote oficial da capital, que corre risco de extinção.

O livro aborda a saga de uma família de macacos sauins-de-coleira na busca de uma floresta para morar. Juntos, eles enfrentam inúmeros desafios e perigos.

A obra pode ser acessada na plataforma multimídia criada pelos próprios autores: ossauinsdecoleiraeaplanta.com.br. Nela, além do livro no formato e-book e videobook, o usuário encontra um booktrailer, informações sobre o sauim e até os sons produzidos pelo primata.

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.