Publicidade
Entretenimento
LANCHE

Pastelaria amazonense dispõe de mais de 120 sabores diferentes da iguaria

Pastelaria "O Pastelão" fica localizada na rua Silva Ramos, Centro, e é uma das referências do alimento na cidade. Ao todo, o local dispõe de um recorde de sabores 31/12/2017 às 08:00
Show pastelaria
Sabores alcançam todos os gostos de uma das iguarias mais apreciadas do Brasil (Foto: Antonio Lima)
Alexandre Pequeno Manaus (AM)

Um dos alimentos mais apreciados no Brasil, sem dúvida, é o pastel. O queridinho das feiras livres do País atravessou o século com os mais diversificados recheios. Dos tradicionais queijo ou carne, o pastel ganhou inserções de alimentos como: bacalhau, camarão, além das versões doces, como goiabada com queijo (romeu e julieta), por exemplo. Seja como for, o alimento possui seu espaço reservado no coração dos brasileiros.

Das feiras para as casas especializadas na iguaria, os pasteleiros procuram manter a essência e inovar a receita que iniciou sua difusão no país na década de 1940 por meio dos descendentes de imigrantes japoneses. A receita se espalhou por São Paulo e, em seguida, pelo resto do país. Salgado ou doce, assado ou frito e com sabores variados, o pastel se tornou um legítimo exemplo da criatividade brasileira. 

Em Manaus, a pastelaria O Pastelão, localizada na rua Silva Ramos, 854, Centro, é uma das referências do alimento na cidade. Ao todo, o local dispõe de um recorde de sabores diferentes. 

De acordo com o mineiro Rafael Soares, proprietário do local, o Pastelão disponibiliza 126 sabores, sendo 22 doces. Por conta dessa diversidades e pela quantidade generosa de recheio, a pastelaria virou point confirmado das famílias que visitam o Centro da cidade, além dos estudantes das escolas e universidades dos arredores.

Segundo Rafael, o Pastelão começou seus trabalhos em 2010. “O pastel começou por acaso em nossa família. Eu era de outro ramo e resolvi apostar nos pasteis. A minha vida inteira comi pastel e nunca achei um que me servisse e tivesse recheio bom. Por juntei essas duas coisas: uma boa massa e bastante recheio”, conta o empresário. Em fevereiro de 2018, o local completará oito anos de funcionamento.

Dentre os mais diferentes, Rafael cita o de recheio de bacalhau, camarão e palmito. Já os campões em vendas são os de carne seca e chocolate com morango. 

Filiadas

Por causa do sucesso, o empreendimento já rende outras duas filiais, todas no Centro de Manaus. A primeira é a Pastelaria João e Maria, filial I, localizada na avenida Joaquim Nabuco, 1791, que funciona das 14h às 22h de segunda a sexta. A outra fica na rua José Clemente, 260, próximo ao Bar Caldeira que funciona das 8h às 22h de segunda a sábado. A matriz da rua Silva Ramos funciona das 14h às 21h30 de segunda a sábado.

Publicidade
Publicidade