Publicidade
Entretenimento
Beleza

Confira as misses do AM que recentemente foram longe na busca pela coroa

As referidas rainhas da beleza são Vitória Lira, que ganhou o título de Miss Brasil Model, e Rebeca Gimaque, que alcançou o 2º lugar do Miss Brasil Teen Internacional, ambas neste ano 12/12/2017 às 12:25 - Atualizado em 12/12/2017 às 14:06
Show rebeca
Rebeca Gimaque tem 19 anos, é blogueira e estudante de Direito (Foto: Mauro Jorge/Divulgação)
Laynna Feitoza Manaus (AM)

Em 1957, a amazonense Terezinha Morango foi eleita Miss Brasil e a vice Miss Universo daquele ano. Desde então, há exatos 60 anos, o Amazonas não tem uma Miss Brasil Universo. Mas, mesmo com tanto tempo sem ganharmos a coroa de mulher mais bela do Brasil na principal franquia de concursos de beleza, outras misses do Amazonas vêm fazendo sucesso em certames de outras franquias, e galgando os títulos máximos (ou vice-campeonatos) nas competições. As referidas misses são Vitória Lira, que ganhou o título de Miss Brasil Model, e Rebeca Gimaque, que alcançou o 2º lugar do Miss Brasil Teen Internacional, ambas neste ano.

Vitória Lira tem 20 anos, estuda odontologia e é modelo nas horas vagas. Em 2016, foi bastante incentivada para participar do Miss Amazonas Be Emotion, sendo esta a sua estreia nos concursos de beleza. “Esse foi meu primeiro concurso importante e fiquei surpresa por ter alcançado o segundo lugar. Após o concurso, recebi muito convites para fazer trabalho como modelo e em um desses trabalhos fui chamada para representar o Amazonas em São Paulo no Miss Brasil Model 2017. Estou muito feliz por ter trazido esse título para o Amazonas e hoje não só represento o meu Estado, mas o Brasil”, coloca ela.

Sua preparação para o concurso teve dieta, academia e clínica de estética. “Cheguei no concurso bem focada. Tivemos ensaio de passarela para nos preparar para a grande final. Participamos do coquetel da empresa e, sem saber, conheci alguns jurados da final que estavam presentes e acabei ganhando a simpatia deles. Conheci minhas concorrentes, todas muito bonitas e simpáticas”, destaca ela. Apaixonada por moda e fotografia, ela, que foi Vice Miss Amazonas Be Emotion 2016 – concurso que elegeu a parintinense Brena Dianná – diz que pretende retornar à franquia. “Futuramente sim, mas no momento pretendo focar na faculdade”, coloca.

(Vitória Lira tem 20 anos, estuda odontologia e é modelo nas horas vagas)

Súbita vontade

Antes de entrar no mundo miss, a blogueira e estudante de direito Rebeca Gimaque, 19, apenas assistia a sua irmã caçula, de cinco anos, nos concursos de beleza que ela participava. “Eu tinha uma vontade enorme de estar ali também, porém não tinha beleza alguma e me sentia feia na frente de tantas meninas bonitas. No dia do concurso, minha irmã escorregou na passarela e eu fui ajudá-la. Acabei fazendo o desfile de mãos dadas com ela e gostei”, destaca ela. Em 2013, ela se inscreveu no concurso Miss Teen Amazonas e acabou ficando em 6º lugar. Rebeca voltou ao concurso no ano seguinte e se classificou no Top 3. Isso foi apenas o começo de uma trajetória extensa nos concursos de beleza.

“Em 2015 conheci o meu coordenador Fernando Salignac, que me preparou e me elegeu Miss Eco Teen Amazonas 2015, e fui concorrer ao título de Miss Eco Teen Brasil em Belém (PA), onde fiquei em 3º lugar e levei o título de Miss Elegância. Voltei esse ano carregando o título de Miss Teen Amazonas Internacional, concorrendo com meninas de vários estados de todo o Brasil e fiquei em 2º Lugar no Miss Teen Brasil Internacional. Lá recebi o título de Miss Fotogenia e Miss Popularidade com mais de 2 mil votos na página do concurso, e ganhei também como o melhor traje típico do concurso levando a cultura do Garantido e Caprichoso para o Brasil inteiro”, conta ela, que pretende concorrer na versão adulta do Miss Internacional.

Em busca da coroa

Amanhã (12), cinco misses amazonenses viajam para disputar o concurso Beleza Fashion Brasil, que vai acontecer em Campo Grande (MS) de 15 a 17 de dezembro. Cada uma delas vai concorrer em categorias diferentes, conforme a faixa etária de cada uma. Elas lutam pelos títulos de Miss Brasil Teen, Miss Juvenil Universo, Miss Brasil Pré Teen Universo e Miss Brasil América: Conheça-as:

Sabrinna Lopes

(Foto: Francisco Araújo/Divulgação)

Com 16 anos, a moça já fez seleções para agências de modelos e foi escolhida por 11 delas para trabalhar. Ela é a atual Miss Amazonas Teen 2017.

Cecília Marinho

(Foto: Christian Alencar/Divulgação)

Com 11 anos, Maria Cecília é a Miss Juvenil Amazonas. Ela dizia aos pais que queria ser atriz e compartilhou com eles a sua paixão pela moda.

Gad Aser

(Foto: Suzy Braga/Divulgação)

Atual Mini Miss Brasil 2017, a menina de cinco anos vai viajar para celebrar o título. Ela é uma ‘it girl’ mirim, com quase 10 mil seguidores no Instagram.

Sophia Santiago

(Foto: Renner Carneiro/Divulgação)

A Miss Amazonas Pré Teen Universo tem 12 anos, 1,70 cm e desenvolve um projeto que distribui brinquedos a crianças carentes.

Andressa Santinne

Com 21 anos, Andressa detém a faixa de Miss Amazonas América 2017. A jovem gosta de esportes e sempre exibe hábitos de vida saudáveis.

Saiba +

Na franquia Universo, o Amazonas têm conseguido boas colocações nos últimos oito anos. Em 2017 (Juliana Soares), 2016 (Brena Dianná), 2014 (Ytalla Narjara) e 2012 (Vivian Amorim) o estado figurou entre o Top 15 e o Top 10 do concurso. Em 2011 (Tammy Cavalcante) o AM foi Top 5, e em 2010 (Lilian Lopes) a nossa representante foi Vice Miss Brasil.

Publicidade
Publicidade