Publicidade
Entretenimento
Vida

Corpo enxuto: novas dietas prometem perda de peso e vida saudável

Dicas são compartilhadas por meio do Blog da Mimis. Porém, cada pessoa, em suas particularidades, necessitam de atendimento nutricional especializado para que as dietas gerem resultados efetivos 22/07/2013 às 10:21
Show 1
A dieta da Mimis pode ser conferida na página http://blogdamimis.com.br. Lá, ela explica como se alimentava durante os 10 meses de regime
Rosiel Mendonça Manaus, AM

Aos 35 anos, a artista e fisioterapeuta catarinense Michelle Franzoni alimenta um blog que, em pouco menos de um ano, já contabiliza milhares de seguidores nas redes sociais e mais de dois milhões de visitas por mês. O motivo do sucesso é a receita que a fez dar adeus a 33kg em 10 meses. Antes de resolver compartilhar suas dicas no Blog da Mimis, Michelle era o exemplo de pessoa que sempre brigou com a balança e teve de lidar com o temido efeito sanfona.
 
Depois de engordar mais de 30kg em um ano, chegando a ultrapassar a marca dos 100kg, ela decidiu voltar a ter uma vida saudável. “O processo tinha que ser o mais natural possível, sem drogas, com exercícios e reeducação alimentar. É claro que queria meu corpo de volta, mas sabia que isso seria reflexo da minha mudança de hábitos”, conta Michelle, que hoje sorri com seus 65kg marcados na balança.

Sem mágica

Segundo a fisioterapeuta, a sua dieta não teve nada de mágica – ela alcançou o corpo atual com uma combinação de terapia, homeopatia, acompanhamento nutricional e muita atividade física. “Aprendi a fazer boas escolhas, como trocar os carboidratos simples pelos complexos, utilizar proteínas magras, consumir legumes e hortaliças, frutas, sementes e gorduras boas”, explica.

Comer a cada três horas também é um ritual sagrado, por isso Michelle sempre leva algum lanche na bolsa, o que a deixa longe das bobagens. Hoje, ela se orgulha em dizer que não faz mais dieta: “Minha alimentação é um estilo de vida”.

Exemplo

Quem soube aproveitar as dicas de Michelle foi a assistente jurídica Juliana Barros, cuja história rendeu um post no Blog da Mimis. Com a intenção de perder 19kg, a amazonense tirou da gaveta uma dieta receitada para ela três anos antes. “Foi quando encontrei o blog, com muitas dicas práticas, como uma maneira de refogar os alimentos na água. Foi quando aboli o óleo”, lembra.

Ela também defende que a mudança na alimentação deve vir seguida de exercícios físicos. “No começo, eu detestava ir para a academia, mas então eu passei a praticar treino funcional três vezes por semana e as mudanças no meu corpo foram aparecendo”. Perdidos os quilos a mais, Juliana passou a querer um corpo torneado, o que ela tem conseguido com uma dieta para ganho de massa magra.

Atenção aos riscos

Para um melhor resultado, a dieta deve ser individualizada de acordo com as características de cada pessoa, frisa a pós-doutora em Nutrição e docente da Ufam, Priscila Trapp Abbes.

A especialista também critica as receitas da moda, como a dieta do jejum intermitente, ou 5:2, popularizada com o livro “The Fast Diet”, do jornalista Michael Mosley. O método prega cinco dias de comilança seguidos por dois de quase jejum.

“Ele não muda hábitos alimentares, apenas trabalha com a ideia do milagre. Todos os especialistas são contra essa dieta, porque você cria uma pane no metabolismo. Além disso, a compulsão em comida tende a aumentar”, explica.
DivulgaçãoJuca QueirozO antes e o depois de Juliana Barros

Priscila Trapp Abbes, pós-doutora em nutrição

“Ao se deparar com as dietas da moda, em primeiro lugar, é preciso desconfiar dos milagres prometidos e resultados fisiologicamente impossíveis de alcançar. Para quem quiser fazer dieta com base em experiências de outras pessoas, também é preciso ter em mente que elas têm que ter hábitos e necessidades semelhantes aos seus. Para uma dieta ter sucesso não momentâneo, a reeducação alimentar é indispensável”.

E as famosas?

1 - Kate Middleton segue a Dieta Dukan, que promete emagrecer rápido e acabar com o efeito ioiô. O segredo é o cardápio francês.

2 - Cléo Pires segue o método da família Gracie, que diz para evitar a combinação de alimentos ácidos e alcalinos em uma mesma refeição.

3 - Julia Roberts é adepta da Dieta Macro-biótica. O cardápio evita alimen-tos de origem animal, farinha refinada, açúcar, laticínios e carne.

Emagrecer comendo pão


Há um mês, a endocrinologista amazonense Caroline Coimbra está prescrevendo um novo método de emagrecimento, o PronoKal, baseado em uma dieta proteica liofilizada. Prometendo uma perda de até dois quilos por semana, a novidade consiste em substituir certas refeições por alimentos criados através de engenharia molecular, como o pão proteico.

“Como consequência da substituição do carboidrato pela proteína,o corpo não libera insulina e o paciente não faz hipoglicemia após as refeições. A pessoa entra numa acetose e não sente fome, levando o organismo a buscar outra fonte de energia – no caso, a gordura”, detalha.

Segundo a médica, ao contrário de outras dietas, a PronoKal é essencialmente sólida. “É um método para as pessoas mudarem seus hábitos sem perderem o prazer de visualizar e comer o alimento”.

Praticidade

Pão, achocolatado, arroz doce e panqueca são alguns dos alimentos que fazem parte do cardápio da PronoKal. Ao todo, são 32 itens em forma de sachês, que saem ao valor de R$ 9 a unidade.

“Como a dieta tem 15g de proteína em cada refeição, a pessoa quase não perde massa mascular, enquanto na dieta hipocalórica a perda chega a 20%. Além disso, o resultado estético é melhor, pois o paciente não fica flácida”, completa Caroline.

A endocrinologista atende na Medical Tower do Millenium Center. Mais informações: (92) 3659-3732 e (92) 9264-4662.

Publicidade
Publicidade