CINEMA

Curta do cineasta amazonense Sérgio Andrade foi selecionado para o Festival Olhar do Norte

O filme 'Cercanias / Gatos' é o primeiro documentário em formato curta-metragem do diretor, e concorrerá com outras produções da Região Norte em nove categorias

Gabrielly Gentil
18/01/2022 às 16:36.
Atualizado em 08/03/2022 às 16:08

(O curta será exibido no festival, no sábado (22) (Foto: César Nogueira))

O filme ‘Cercanias / Gatos’ é o primeiro documentário em formato curta-metragem do produtor, roteirista e diretor amazonense Sérgio Andrade. O curta foi selecionado para a Mostra Norte da quarta edição do Festival de Cinema Olhar do Norte, e concorrerá com outras 17 produções dos estados da Região Norte em nove categorias. O festival acontece entre os dias 21 e 24 de janeiro, no Teatro Amazonas, no Centro histórico de Manaus. O filme de Sérgio será exibido no sábado (22), durante a sessão que terá início às 16h. Toda a programação do festival de cinema é gratuita, mas é necessário solicitar o ingresso antecipadamente pelo Portal da Cultura (www.cultura.am.gov.br).

Produção do curta

Sérgio aproveitou os momentos que passava em casa em 2021, seguindo medidas protetivas em razão da pandemia, para produzir o curta-metragem. Foi nesse período, que o cineasta passou a acompanhar a vida dos três gatinhos dentro do seu condomínio e resolveu documentar a história dos felinos.

“O ‘Cercanias / Gatos’ é uma produção feita em 2021; é uma obra mais intimista, realizada com a minha observação pessoal das coisas. O filme foi realizado no condomínio onde eu moro. Eu fui acompanhando primeiro com uma câmera de celular, o dia a dia dos gatos. [O filme] foi feito no período da pandemia, no período mais ‘hardcore’ em 2021, quando eu fiquei mais - como todo mundo, enclausurado em casa, no meu condomínio, e pude acompanhar a vida desses três gatinhos que são as estrelas do Cercanias / Gatos”, destaca Andrade.

Sinopse

Mildred, Andrei e Billy são os três gatinhos que compõem o elenco felino do filme. Entre os muros de um condomínio de classe média, eles procuram por abrigo, comida e alegria. Enquanto isso, o cotidiano dos moradores vira um misto de afetos e desentendimentos.

“Esses gatos apareceram aqui no condomínio de forma meio inexplicável, simplesmente apareceram; acho que vieram da rua né!? Alguns dos moradores da minha torre criaram um afeto muito grande por eles, começaram a cuidar deles. Uma vizinha levou os gatos pra castrar; eu comecei a comprar ração; outro deixava eles dormirem em cima do carro; a gente comprou um tapetinho pra eles dormirem e assim fomos nos afeiçoando pelos gatos, e eu fui acompanhado o dia a dia”, relata Sérgio.

O cineasta ressalta, ainda, que embora os gatinhos tenham sido muito bem acolhidos em sua torre, nem todos os condôminos curtiram a novidade. Inclusive, os dois lados são retratados no curta-metragem.

“Também tinha os vizinhos, uns condôminos que não gostavam dessa história de criar gato na área do condomínio. Então, o filme trata disso, do comportamento das pessoas em sociedade, motivado por esses animais que surgem. É interessante também, a identificação que muitas pessoas têm, porque muitas pessoas são solitárias e tem esses bichinhos que são afetuosos e elas cuidam”, comenta.

Filmografia do diretor

O filme ‘A Floresta de Jonathas’ (2012) é o primeiro longa do cineasta Sérgio Andrade selecionado para festivais no Rio, Rotterdam, Taipei, Curitiba, Praga, Scottsdale, 3 Continentes Nantes e Kerala, entre outros, antes de ser licenciado mundialmente pela HBO. O diretor lançou, ainda, “Antes o Tempo Não Acabava” em 2016, dentro da Mostra Panorama do Festival de Berlim e em 2018 exibiu “A Terra Negra dos Kawá” na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e no Festival Rio. Seus três primeiros curtas-metragens premiados no Amazonas Film Festival são: “Criminosos”, “Um Rio Entre Nós” e “Cachoeira”.

Destaque

O curta-metragem 'Cercanias / Gatos' de duração de 15 minutos, participou de outros três Festivais:

10° Festival Latinoamericano de Cortometrajes Cortópolis (Argentina)

28° Festival de Cinema de Vitória (Brasil)

20° Indie Festival (Brasil)

Ficha Técnica

Direção e Roteiro: Sérgio Andrade; Direção de Fotografia: Valentina Ricardo; Montagem: Lucas H. Rossi dos Santos; Produção Executiva: Henrique Amud; Produtora: Rio Tarumã Filmes; Distribuição: Arapuá Filmes

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por