Domingo, 22 de Setembro de 2019
ARTES CÊNICAS

Espaço cultural no Centro de Manaus terá três espetáculos gratuitos no fim de semana

“Pietà” (Cia. de Dança Momento), “Inquietações” (Artrupe Produções) e “Réquiem para dois” (Cia. de Intérpretes Independentes) estarão em cartaz no Espaço das Cias. na sexta, sábado e domingo, respectivamente



INQUIETA__ES_C_sar_Nogueira.jpg "Inquietações", da Artrupe Produções (foto: César Nogueira)
07/07/2016 às 14:43

A segunda fase do projeto “Dabucuri.2” já começou, mas no fim de semana ainda vai ser possível assistir a mais três espetáculos de dança e teatro de grupos da cidade. “Pietà” (Cia. de Dança Momento), “Inquietações” (Artrupe Produções) e “Réquiem para dois” (Cia. de Intérpretes Independentes) estarão em cartaz no Espaço das Cias. na sexta, sábado e domingo, respectivamente, com sessões gratuitas sempre às 19h e 21h.

Protagonizado pelos intérpretes Valdo Malaq e Felipe Hidalgo, o espetáculo de dança “Pietà” tem inspiração e referências extraídas da obra homônima de Michelangelo, que retrata o corpo de Jesus amparado nos braços de Maria, após a crucificação. Com movimentos cuidadosamente lapidados, o trabalho da Cia. Momento traduz para o corpo os conflitos do ser  como uma brincadeira ingênua e animalesca.

Ao mesmo tempo em que desafia e conduz o espectador a um mergulho nas regiões mais profundas e obscuras da alma, “Pietá” retrata os embates e massacres ideológicos que ocorrem na sociedade e obrigam o indivíduo a ser uma peça dentro de um tabuleiro de xadrez apenas à espera do momento do sacrifício.

Já a peça “Inquietações”, que estreou em 2014, explora o lado físico do teatro a partir de dramaturgia assinada por Danilo Reis. Com direção de Victor Kaleb e Hamyle Nobre como diretora de corpo, o espetáculo mistura os textos “A Missão” e “Só: Mais um corredor”, também de Danilo.

Esses dois textos arriscam propor novas formas de habitar o tempo e espaço e suas estruturas estão repletas de neologismos. A direção optou por uma encenação mais física, aproveitando o estilo fragmentado do texto para ousar na marcação de cena, que muitas vezes se assemelha à dança. O trabalho tem elenco formado por Íris Brasil, Jean Palladino, Antonio Soares e Leonardo Scantbelruy.

Por fim, “Réquiem para dois” aborda o conceito de morte como parte de um ciclo temporal e a dificuldade do ser humano de não aceitar seu fim. Concebida para dois intérpretes (Anna Raphaella Costa e Ricardo Risuenho ou Jonatas Amaral), a obra já foi apresentado em várias cidades brasileiras e na Itália. A cenografia é de Nelson Magli e Risuenho, que também assina o texto de movimento.

“Tive como base as pesquisas de movimentação dos membros superiores que nossa companhia desenvolve há 10 anos. ‘Réquiem para Dois’ enfoca a perda, não de quem vai, mas de quem fica”, comenta ele.

Sobre o projeto

Com patrocínio do Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014, o “Dabucuri.2 – 7 Tribos” é uma realização da companhia Índios.com e tem o apoio das companhias amazonenses Artrupe, Ateliê 23, Cartolas, Intérpretes Independentes, Momento e Soufflé de Bodó. A programação completa pode ser conferida em http://tinyurl.com/indiospontocom.

Serviço

“Pietà” (Momento)
Espaço das Cias. (rua Dona Libânia, 300, Centro)
Sexta, dia 8, às 19h e 21h
Gratuito

“Inquietações” (Artrupe Produções)
Espaço das Cias. (rua Dona Libânia, 300, Centro)
Sábado, dia 9, às 19h e 21h
Gratuito

“Réquiem para dois” (Intérpretes Independentes)
Espaço das Cias. (rua Dona Libânia, 300, Centro)
Domingo, dia 10, às 19h e 21h
Gratuito

*Com informações da assessoria de imprensa


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.