Quarta-feira, 24 de Julho de 2019
Vida

De passagem em Manaus, Sabrina Sato conversa com a equipe de A CRÍTICA

À frente do semanal 'Programa da Sabrina', da TV Record, a apresentadora falou sobre seu sucesso e como se firmou como uma das grandes personalidades da TV



1.gif Sabrina também bateu um papo com a repórter Nathália Nascimento. Matéria vai ao ar em novembro, no “Magazine”
27/10/2014 às 12:43

Ela surgiu ao grande público em 2003, quando integrou o time de participantes da terceira edição do “Big Brother Brasil”. Na ocasião, sequer subiu ao pódio e “amargou” um sexto lugar. Mas não importava, as oito semanas em que se hospedou na casa do reality foram o suficiente para que todo o País conhecesse (e se apaixonasse) pelo jeito carismático e espontâneo de Sabrina Sato. Hoje, mais de onze anos após a sua participação no programa, ela não apenas se livrou do temido estigma de ex-BBB como, nas palavras da própria beldade de 33 anos, “se encontrou”.

À frente do semanal “Programa da Sabrina”, da TV Record, a apresentadora se firmou como uma das grandes personalidades da televisão brasileira da atualidade. “Estou muito feliz com esse meu momento. E a resposta do público me deixa ainda mais animada”, diz Sabrina, em entrevista exclusiva ao BV GENTE. “Adoro fazer matéria, sempre gostei. Gosto de viajar o mundo, explorar e conhecer novos lugares e pessoas. Estou me sentindo cada vez mais segura e confiante com o meu trabalho”, completa ela que, desde que estreou o programa, há exatos seis meses, coroou a emissora com a vice-liderança de audiência nas noites de sábado.

‘WELCOME TO THE JUNGLE’

Foi exatamente com a atração que Sabrina veio a Manaus, na última semana, gravar uma série de reportagens especiais com o Exército Brasileiro. “Na verdade, é uma matéria que já quero gravar há muito tempo. Era um sonho que eu tinha”, revela a apresentadora. “Acho o trabalho deles (do Exército) incrível e admirável, e sabia desse curso de sobrevivência na selva que eles têm. É um treinamento mega, hiper, super difícil. Você tem de viver na floresta, comer bicho, pular de um helicóptero no rio e fazer outras 500 mil loucuras. O material rendeu tanto que vamos ter que dividi-lo em dois, que serão exibidos no programa em novembro”, adianta, sem poder entrar em muitos detalhes.

A rápida experiência na capital amazonense deixou um gostinho de quero mais em Sabrina, que já declarou a vontade de retornar à cidade. “Gosto muito de gravar material externo, então pensei: ‘Manaus é uma cidade que eu amo e quero ir para lá várias vezes’. Aqui, além de ser um dos lugares mais lindos do País, talvez do mundo, tem muita cultura, e uma cultura diferente, muito brasileira”, elogia. “A cidade te proporciona muitas coisas para explorar e registrar. Até íamos (eu e minha equipe) gravar outras pautas aqui, mas, infelizmente, o nosso tempo é muito curto”.

Apesar de vir pouco aqui, a apresentadora sente uma afinidade muito grande com Manaus. “Essa semana conheci a cidade pelo rio, ar (de helicóptero) e pela terra. Fico muito familiarizada com a natureza e as pessoas daqui”, afirma Sabrina, que se declarou apaixonada, também, pela culinária amazonense. “Se eu te contar o que comi hoje, vocês estão me acostumando mal hein (risos)”, diverte-se ela, que não dispensa peixe, farofa e açaí. “Também provei uma paella amazônica maravilhosa”, inclui. “Estava até conversando esses dias que a maioria dos chefs de cozinha do mundo estão vindo para conhecer Manaus, porque aqui tem de tudo. É um lugar muito rico para descobrir novos sabores”.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.