Publicidade
Entretenimento
TENDÊNCIA

'De volta para o passado': moda, séries e filmes se inspiram no brilho dos anos 80

Novas produções nacionais e internacionais, games e estilos resgatam a década de 1980 e trazem nostalgia de volta 19/07/2017 às 05:00 - Atualizado em 20/07/2017 às 11:53
Show rosto de neve portal
Escritora do blog ‘Rosto de Neve’, Suelen Costa Lima sempre monta looks ‘retrôs’ (Foto: Retratare/Divulgação)
Natália Caplan Manaus

O programa “Os Trapalhões” estreou episódios inéditos no canal Viva; o Atari ganhou novas versões, com jogos clássicos e originais; a Zoomp lançou uma coleção de jeans; a pochete está de volta às cinturas; e o vilão de Meu Malvado Favorito 3 usa ombreiras. Aí, na televisão, as séries atuais têm estrelas bem conhecidas na trilha sonora, como Michael Jackson, The Clash e David Bowie. Calma, ainda estamos em 2017... Mas os anos 80 voltaram!

“Esse retorno das cores e texturas vem sendo incrível, porque foi uma época linda na arte de se expressar com estilo! Não só nas roupas, como nas séries produzidas situadas na época. Amei ver a nostalgia ‘retrô’ em ‘Stranger Things’ e achei interessantíssima a atmosfera de ‘Girlboss’, que se situa nos anos 2000, mas já mostrava como o retrô pode ser usado e transmutado de várias formas”, diz a publicitária e ilustradora digital Suelen Costa Lima, 27.

Na opinião dela, que também é escritora do blog “Rosto de Neve” e acaba de atualizar seu canal no YouTube — preparando apresentações de looks inspirados no período oitentista —, justamente por ser tão inovadora, essa década sempre está em evidência. Ela, inclusive, afirma não acreditar no termo “cafona” (item de péssimo gosto), pois vê a moda como algo a ser apreciado sem se prender ao tempo.

“Eu acho que a graça da moda é justamente porque ela pode ser atemporal. Vejo a moda como uma forma de expressão artística, envolvendo sentimento, personalidade e, principalmente, momentos. “Eu já tive meus momentos de vibe 'princesinha', 'sexy', 'gótica suave', 'unicórnio holográfico', entre outros”, declara a blogueira amazonense. “No blog, o que mais tem é ‘coisínea’ retrô”, enfatiza aos risos.

Games clássicos

Se os videogames fazem sucesso no século 21, quando eles foram lançados, a garotada foi à loucura. Quem cresceu na década de 1980, com certeza, jogou Atari alguma vez. E os nostálgicos podem comemorar: após o modelo 2600 ser relançado, agora, o Ataribox é o novo sonho de consumo dos gamers. Ainda sem data oficial de lançamento, o console foi revelado na segunda-feira (17) e terá suporte para HDMI e cartão SD.

“Como somos quatro irmãos e eram apenas dois controles, a briga era tanta que meu pai precisou comprar mais um Atari e colocar em duas televisões diferentes”, lembra Edgard Araújo, 39, aos risos. Ele está ansioso pelo lançamento. “A empresa mostrou apenas uma foto do novo aparelho, informar que jogos virão dentro dele. Mas acredito que deverá ter alguns dos antigos”, diz.

O programador de computadores, inclusive, não gosta dos novos games. Para ele, os clássicos eram simples, porém, mais divertidos e acessíveis para todas as idades. “Os jogos mais novos são complexos, cheios de labirintos sem nexo, com coisas escondidas. Você fica ‘assistindo’ a história dos jogos. Nos antigos, você liga e joga; não perde tempo vendo ‘filmes’”, enfatiza.

Memórias guardadas

Além de “Stranger Things”, com a segunda temporada marcada para estrear em 27 de outubro, e “Glow”, recém-lançada, ambas da Netflix; outra série ambientada nos anos 80 é muito aclamada: “Halt and Catch Fire”, veiculada pelo canal AMC (Sky). A quarta temporada começará em agosto e Marcos Oliveira, 43, mal pode esperar pelos novos episódios. “Ela mostra uma empresa fictícia, que concorria com a IBM, Microsoft e Apple. É bem interessante ver a moda, relembrar alguns conceitos e tecnologias da época. Só quem viveu naquela época sabe e isso traz boas recordações”, declara.

Publicidade
Publicidade