Publicidade
Entretenimento
Vida

‘Década perdida’ dos anos 1980 é exaltada em mostra em Manaus

Exposição reúne 60 obras que resgatam ícones do entretenimento, da sociedade e da cultura dos anos 80, dentre figuras da vida real e da ficção 10/12/2014 às 10:40
Show 1
Gravuras, desenhos, graffiti, pinturas, montagens, colagens e esculturas compõem mostra
JONY CLAY BORGES Manaus (AM)

Cazuza, Pac Man, Jonny Quest, Madonna, Beetlejuice,  Peteleco, Irmãos Mário, Edward Mãos de Tesoura, MacGyver e outros personagens que marcaram os anos 1980 inspiram a exposição “80 – Museu de Grandes Novidades”.

A mostra temática vai reunir trabalhos de mais de 40 ilustradores, artistas e designers de Manaus, resgatando ícones do entretenimento, da sociedade e da cultura daquele período, dentre figuras da vida real e da ficção. A exibição gratuita e aberta ao público será inaugurada amanhã, às 10h, na Biblioteca Municipal João Bosco Pantoja Evangelista, no Centro.

Ao todo, a mostra vai reunir 60 obras, dentre gravuras, desenhos, graffiti, pinturas artesanais e digitais, montagens, colagens e até esculturas de materiais diversos.

Além dos cartunistas Gusmão, Romahs e Eunuquis, à frente da organização, a iniciativa tem participação de Hadna Abreu, Marius Bell, Euros, Turenko, Isy, Gabriel Soares, Regi, César Edgar, Lorena Souza, Márcio Almeida, Angeline Mazarello, Elvis Braga, Larissa Ovídio, Gilmal, Cléber DaMaiia, Nathalie Lopes, Geraldo Borges, Manoel do Carmo, Bero Vidal, Dvsn Oak, Melki, Cristoffer Ferreira, Tial, Daniel Ewerton, Samantha Karlia, Nádja Kristhina, Di Paradise, Al Ramon, J.J. Marreiro, Samuel Gois, Luis Barbaro Neto, Leonardo Mancini, Valdo Alves, Glaubert Oliveira, Caroene Neves, Saulo Oliveira e Thiago Colares, além do Grupo Animeniac X Mao.

“Chamamos inicialmente apenas um grupo de amigos. Mas há muita gente de perfil mais moderno e jovem que também faz arte hoje em Manaus e que demonstrou interesse em expor. Quando nos demos conta, já havia mais de 40 nomes na mostra”, conta Romahs, como é mais conhecido o cartunista Rogério Mascarenhas.

Pops e cults

Romahs conta que a escolha de temas ficou em grande parte a critério dos artistas, a partir de uma lista bássica com nomes ligados a áreas como TV, cinema, desenho animado, política, moda e outros. “Ficou uma seleção bem livre, mas muito abrangente também”, comenta ele, que também é roteirista da Mauricio de Sousa Produções (MSP). “Há figuras recorrentes, como Michael Jackson, Jason (da série ‘Sexta-Feira 13’), Indiana Jones, Madonna e Freddy Kruger, mas também outros cults, entre eles cartuns de artistas brasileiros como Laerte e Angeli”.

Para chamar a atenção do público durante a mostra, a organização vai instalar displays com personagens dos anos 1980 na área externa da Biblioteca Municipal. E, no dia da abertura, às 17h, haverá uma exibição de cosplay, com artistas participantes caracterizados como personagens retratados na mostra.

A iniciativa da exposição, aliás, surgiu de uma festa temática que Romahs e Gusmão promovem entre amigos e colegas. “Fazemos uma festa dos anos 1980 todo ano, em que as pessoas se fantasiam como seus personagens preferidos. O Gusmão teve a ideia de fazer disso o tema de uma exposição, conversou comigo e com o Eunuquis e todos topamos fazer”, recorda Romahs.

A grande adesão dos artistas locais ao projeto demonstra o sucesso da iniciativa. Mas como explicar o fascínio que os ícones populares oitentistas exercem até hoje entre as pessoas? “A década de 1980 é muito pop”, opina Romahs, destacando que os ícones do período fazem sucesso até entre quem chegou depois. “Hoje vemos pessoas de 20 e poucos anos escutando e falando de bandas como Joy Division, Siouxsie and the Banshees ou Bauhaus. A galera mais jovem curte porque, de certa forma, ainda consome muita coisa daquela década”, conclui.

Caricaturas

Durante todo o período da exposição “80”, haverá cartunistas produzindo caricaturas para os visitantes. As criações são feitas na hora e podem ser adquiridas por R$ 15, cada. Diferentes cartunistas vão se revezar na tarefa a cada dia.

Serviço

O que: Exposição “80 – Museu de Grandes Novidades”

Onde: Biblioteca Municipal João Bosco Pantoja Evangelista, Largo de São Sebastião, Centro, ao lado da rua Marçal Aquino

Quando: Abertura amanhã, às 10h. Visitação de segunda a sexta-feira, das 10h às 19h

Quanto: Gratuito e aberto ao público em geral

Informações: (92) 3215-4615

Publicidade
Publicidade