Domingo, 26 de Maio de 2019
GASTRONOMIA

Delícia que vem da lata: onde comer farofa de conserva em Manaus

Confira a seguir quatro lugares na capital que especializados no preparo de pratos com carne enlatada



3_C7D78ABB-BA92-49C9-B7A3-C1302EBE1C75.JPG
Fotos: Márcio Silva/Yasmin Feitosa
11/01/2019 às 16:19

Convenhamos: a carne em conserva não é algo visualmente apetitoso. Armazenado dentro de uma lata, com pedaços de gordura e nervo, o ‘spam’, como é conhecido no exterior, acaba sofrendo preconceito por seu visual. Contudo. o que ela tem de ‘feia’ tem de saborosa e simples. Afinal, não é preciso muito para preparar uma receita deliciosa com ela, seja uma farofa ou uma bruschetta. Mas se você é do tipo que não se aventura na cozinha, conheça, a seguir, quatro lugares para degustar um bom prato com carne enlatada em Manaus:

Bar do Armando

O tradicionalíssimo bar português, situado no Centro histórico da cidade, em frente ao Largo São Sebastião, Bar do Armando, adotou em seu cardápio, há cerca de um ano, a farofa de carne em conserva. Prato típico do Amazonas, a porção, servida com farinha de uarini e refogada com cebola e salsinha, é individual e custa R$ 12.
“Não é algo que eu costumava comer em casa, mas ainda assim é uma tradição do povo manauara e fica uma delícia”, afirmou a empresária Ana Cláudia Soeiro, filha do popular e saudoso comerciante português Armando Soeiro. 

Cachaçaria do Dedé

O nome do prato já diz tudo: ‘Velhos Tempos’. “Conserva em lata é algo que comi muito quando era pequeno. Peguei a receita clássica e fiz uma pequena inovação. Por conta da condição financeira da minha família na época, era uma receita que tinha mais farinha do que a carne, que era para render mais”, relembra André Parente, mais conhecido como Dedé, o proprietário da Cachaçaria do Dedé.

Quem quiser provar a farofa dele, contudo, terá de ir às unidades da Djalma Batista ou do Parque 10. Ela custa R$ 35, serve bem duas pessoas e é finalizada com pimentão, tomate e ovo frito. “É um prato muito pedido e que nos dá saudade”, disse ele. 

Ferrugem Rock Gourmet

O Ferrugem, localizado na Avenida Tancredo Neves, no Parque 10 e comandado pelo chef e proprietário Thiago Santana, é o lugar certo para os amantes da carne em conserva, ou para quem prová-la pela primeira vez. O local conta com três pratos: a conserva acebolada (R$ 22), o RO (R$ 23), que é uma farofa de conserva com ovo, e a bruschetta (R$ 27), com ovo de codorna, pimenta do reino e tomate na rodela. Todos eles servem bem duas pessoas. 

“A criação não é bem minha. Tirando a bruschetta, são pratos da nossa região e que lembram muito a minha infância, de quando eu ia na estrada com meu tio e parávamos para comer nas tabernas”, comentou Santana. 


Saideira Bar

 A farofa de conserva é apenas uma das novidades do novo cardápio do Saideira. O prato ainda nem entrou no menu, mas já foi testado e teve grande aceitação por parte de amigos e clientes do local. Quem revela a informação é Andreia Vinhote, a proprietária do bar (Av. Tancredo Neves, 295 - Parque 10 de Novembro).

A farofa, preparada com farinha do uarini e refogada com cebola e cheiro verde, serve duas pessoas e custa R$ 20. Quem olha para o prato, chamativo e belo, não diz que se originou de uma carne em lata. 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.