Vida

Desembargador suspende decisão e Garantido voltar a ter galpão em Parintins

Com base no artigo 558 do Código de Processo Civil  o desembargador suspendeu a decisão até o julgamento final do recurso

Jonas Santos
17/03/2013 às 20:46.
Atualizado em 19/03/2022 às 16:53

(Desembargador suspende decisão e Garantido voltar a ter galpão em Parintins)

O desembargador Sabino da Silva Marques, do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), concedeu na manhã deste domingo concedeu na manhã deste domingo (17), liminar favorável ao boi Garantido suspendendo emissão de posse de um galpão da Cidade Garantido concedida pela juíza Melissa Sanches, da 2ª. Vara da Comarca

de Parintins, ao empresário Francisco Vasconcelos, o “Chiquinho da Auto-Peças”.

Com base no artigo 558 do Código de Processo Civil, o desembargador suspendeu a decisão até o julgamento final do recurso. A informação foi confirmada pelo diretor jurídico da Associação Folclórica, advogado Fábio Cardoso.

O bem imóvel foi arrematado em leilão, em outubro do ano passado, no valor de R$ 120 mil. A Associação Folclórica ingressou com recurso sobre qual dos imóveis havia sido arrematado, uma vez que o Garantido afere que o prédio citado na causa tem valor superior ao avaliado

judicialmente. Na quinta-feira, alegorias do boi foram retiradas do galpão pelo empresário. Algumas estruturas metálicas estão danificadas.

A diretoria Garantido agora vai avaliar o prejuízo com a remoção dos módulos para se manifestar posteriormente. O presidente do boi Telo Pinto concederá ainda entrevista para falar sobre o assunto.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por