Publicidade
Entretenimento
Vida

Desencontros amorosos em cena no Teatro Direcional

Peça “Amigos, amigos, amores à parte” tem hoje à noite sua última exibição na capital amazonense  29/03/2013 às 08:22
Show 1
Mariana Molina e Júlia Faria disputam o amor de Daniel Rocha em “Amigos, amigos, amores à parte”
jornal a crítica ---

Amores não correspondidos, uso compulsivo das redes sociais e muito humor são ingredientes garantidos no espetáculo “Amigos, amigos, amores à parte”, que iniciou ontem sua passagem pelos palcos do Teatro Direcional – Piso Buriti do Manauara Shopping. A montagem, escrita por Anna Carolina Nogueira e Júnior de Paula, é estrelada por Júlia Faria, Daniel Rocha, Mariana Molina e Fernando Roncato e ganha mais uma sessão no anfiteatro, hoje, a partir das 20h. Os ingressos estão sendo vendidos a R$ 40 (meia-entrada).

Na trama, João Pedro (Daniel), um advogado carioca que se muda para Nova York, é amigo inseparável da histérica jornalista Katarina (Júlia), que se declara para o companheiro pouco antes dele partir. Os dois, no entanto, só se comunicam por telefone e, principalmente, por chamadas no Skype, e-mails e outras formas de comunicação à distância. “Ela (Katarina) trabalha em um jornal pequeno de esportes enquanto que o sonho dela é ir para a literatura e escrever livros e poesias. É, também, bem dramática, intensa e louca (risos)”, comentou Júlia, referindo-se à sua personagem no espetáculo.

No meio dos dilemas amorosos da dupla, surge um outro casal de amigos que também sofre com a distância: a moderna Ana (Mariana) e o dedicado Juliano (Fernando), que precisa regressar ao Brasil após uma proposta de emprego. “A Ana é uma moradora de Nova York superbem resolvida nos relacionamentos e com ela, em todos os sentidos”, destacou Mariana. Ao mesmo tempo em que a jovem se esbarra com João Pedro, Juliano conhece e se envolve com Katarina, formando, assim, o cenário ideal para o desenrolar da montagem.

Mensagem

De acordo com Júlia, além dos diálogos despretensiosos de “Amigos, amigos, amores à parte” e da identificação do público com o quarteto, um dos pontos fortes do espetáculo é a sensação com que a plateia deixa o teatro. “O mais legal é que o espectador sai com esperança para viver as suas histórias. As pessoas deixam o teatro suspirando, corajosas”, finalizou.

Serviço
O que é: “Amigos, amigos, amores à parte”
Onde: Teatro Direcional, Manauara Shopping, Adrianópolis
Quando: Hoje, às 20h

Confira entrevista exclusiva aqui.

Publicidade
Publicidade