DESIGN

Designer amazonense assina identidade visual da nova geração de artistas locais

A jovem Duda Prests, de 20 anos, é a responsável pela identidade visual de singles e álbuns dos cantores Victor Xamã, Duda Raposo, Anne Jezini e Gabi Farias

Gabrielly Gentil
19/01/2022 às 23:37.
Atualizado em 08/03/2022 às 16:07

(Uma das referências de Duda é o artista francês Henri Matisse (Foto: Foto: Demi Brasil))

A amazonense Duda Prests vem ganhando destaque por meio de seus trabalhos enquanto designer no cenário artístico. A jovem de apenas 20 anos de idade é quem assina a identidade visual da nova geração de artistas da região, como os cantores Duda Raposo, Victor Xamã, Anne Jezini e Gabi Farias. O trabalho que antes era apenas um hobbie, logo se tornou referência no meio artístico local, e foi dessa maneira que ela passou a trabalhar nos projetos em parceria com o diretor de clipes Eberth Santana. 

 

Identidade visual

As identidades são trabalhadas em títulos, ou seja, nos “nomes” das músicas ou álbuns dos artistas. Para isso, a designer busca sempre estudar novas tendências e a estética do projeto. Duda tem como uma de suas principais referências o francês Henri Matisse, que tem a obra considerada como uma das expressões mais significativa da arte de vanguarda. Enquanto sua inspiração vem da fauna, flora e cultura amazonense.

“Cada projeto têm suas particularidades, tento sempre estudar tendências do momento e estudar a estética do projeto através da fotografia. Depois, trazer todas essas análises para nosso contexto amazônico e brasileiro, para conseguir chegar ao produto final”, destaca Prests.

A jovem comenta, ainda, sobre a importância dessa identidade antes do lançamento oficial do projeto de cada artista. “A identidade visual é o primeiro contato do espectador antes do lançamento oficial, ela apresenta a atmosfera estética que o clipe ou projeto está inserido. É muito importante o design no pré-lançamento”, ressalta.

Parceria

A parceria entre Duda e Heberth entra em ação na pós-produção. O design é a etapa final do projeto. Eles trabalham para que a identidade seja chamativa para o lançamento do produto. 

“Meu trabalho com o Eberth Santana acontece na pós-produção, quando o clipe já foi finalizado. O design é a etapa final, então recebo e analiso toda a estrutura visual, falo com a direção de arte quais forma as raízes do projeto, para depois vincular essa informação em uma identidade que compreenda estética, o projeto, e também seja chamativa para o lançamento”, ressalta Duda. 

Futuros projetos

A amazonense atualmente reside em São Paulo, e trabalha no Maior Clube de Vinho Mundo, Wine. Mas, sempre que consegue, está envolvida em projetos, principalmente musicais. A jovem revelou que está trabalhando com os artistas Victor Xamã e Gabi Farias em projetos que sairão em breve.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por