Publicidade
Entretenimento
GASTRONOMIA

Dia Nacional da Cachaça terá comemoração especial no Umê Bar 'n' Food

Nesta quinta-feira (13), restaurante na Galeria Cristal estará vendendo caipirinha pelo preço simbólico de R$ 1 13/09/2018 às 06:59 - Atualizado em 13/09/2018 às 08:17
Show bbfb 11060e45 64cf 49e0 916e 4fa26d5c2cb0
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

Hoje, 13 de setembro, celebra-se o Dia Nacional da Cachaça. A bebida, tipicamente brasileira, apesar de ser apreciada ao redor do mundo, encontra certa resistência dos bartenders do país. Indo na contramão desta ideia, o Umê Bar n’Food realiza nesta quinta-feira, das 12h às 21h, uma comemoração especial com direito a caipirinhas tradicionais por apenas R$ 1. A entrada é gratuita e o estabelecimento fica localizado na Galeria Cristal, no Manauara Shopping.

“Apesar de ser o drink mais consumido no Brasil, onde mais de dez caipirinhas são vendidas por segundo, apenas quatro delas são feitas com cachaça, o resto é tudo com vodka”, afirmou Victor Britto, proprietário do Umê. Para ele, o momento é de salvar um dos drinks mais famosos e respeitados no mundo inteiro. 

“A ideia é resgatar nossa identidade, declarando fidelidade à caipirinha feita exatamente como em suas origens, com o destilado mais brasileiro e versátil de todos: a cachaça”, completou Britto, ressaltando, ainda, que a ideia para a campanha partiu de Alex Mesquita, um barista carioca que por dois anos seguidos, 2014 e 2015, foi eleito o melhor barman do Rio de Janeiro pelo guia Veja Comer & Beber.

“Ele criou um grupo no WhatsApp com cerca de 200 baristas do Brasil e do Mundo para organizar essa campanha em comemoração ao Dia Nacional da Cachaça. Do Amazonas, o Umê é o único que está participando, mas há também bares dos Estados Unidos e do Peru, por exemplo”, comentou. 

Esta não é a primeira vez que o Umê realiza uma comemoração especial para a cachaça. No ano passado, o local preparou um drink especial somente para a data, composto de limão siciliano, limão Taiti e espuma de cachaça e mel.  

“Com esse preço simbólico, queremos trazer o cliente para reconhecer e ter orgulho da nossa cachaça. Tudo, claro, dentro do nosso padrão de qualidade e sem fugir do nosso conceito de produto”, concluiu.

Publicidade
Publicidade