Publicidade
Entretenimento
TELEVISÃO

Didi Wagner explora os atrativos da Riviera Francesa e Provence, em 'Lugar Incomum'

Nova temporada do programa de viagens estreia dia 29 de agosto, às 18h30 no Multishow 17/07/2016 às 12:36 - Atualizado em 17/07/2016 às 16:14
Show bv0117 100f
Didi passou por oito cidades do sul da França, entre Provence e Côte D’Azur. (Fotos: Vinicius Colé/Divulgação Multishow)
Mayrlla Motta Manaus (AM)

Com muita história para contar e um passaporte lotado de carimbos, a paulista Didi Wagner comemora dez anos de Multishow, desde a estreia em 2006 de “Lugar Incomum” em Nova York. Didi já visitou diversos lugares para gravar temporadas inteiras para o programa. Desde Londres, Itália, Tóquio, Suíça e Tailândia. No próximo dia 29 de agosto estreia a nova temporada, com dicas da Riviera Francesa e Provence, comandada pela apresentadora direto da França.

Ao A Crítíca, Didi, que completou 40 anos durante as gravações, contou como foi a retornar à França na ótica do programa, revelou detalhes dos bastidores e adiantou o que os telespectadores irão conferir durante os próximos episódios. Confira a entrevista.

Retornar à França, lugar que te remete boas lembranças da família deve ter sido muito especial. Como foi a experiência, principalmente em relação ao seu aniversário?
Foi uma viagem ótima. Passamos por oito cidades do sul da França, entre Provence e Côte D’Azur. Algumas dessas cidades eu já tinha visitado como turista, outras eu conheci pela primeira vez ao gravar as matérias do “Lugar Incomum”. Passar meu aniversário longe do meu marido e filhas não é a situação ideal, mas eu estava fazendo o que amo, e rodeada pelas pessoas da equipe do “Lugar Incomum”, com quem trabalho junto há alguns anos para o Multishow. Estávamos em Saint Tropez, e depois de um dia intenso de gravações, rolou um jantar com direito a mini-bolo de aniversário. Foi um dia em que me senti acolhida, embora longe da minha família. 
 
Todas as temporadas de “Lugar Incomum”, carregam suas particularidades. Qual é a dessa para você?
Acho que a principal peculiaridade desta temporada é que o “fio condutor” entre uma cidade e outra são imagens lindas que captamos enquanto eu dirigia pelas estradas da Riviera e Provence. Esta é de fato a melhor maneira de desbravar as cidades da região. Alugamos carros conversíveis antigos super charmosos - como o Citroen DS e uma Mercedes-Benz, ambos dos anos 50/60 - e isso deu um toque muito especial a todos os episódios. 
 
Você dirigiu pela costa do sul da França mostrando paisagens e afins que encontrava pelo caminho. Quais lugares te marcaram mais? 
Entre tantas cidades que visitamos e que me surpreenderam positivamente, por motivos distintos, citaria Saint Tropez, que eu já conhecia, mas gostei de visitá-la desta vez sob a ótica do “Lugar Incomum”. Gostei também de Aix-en-Provence, com seu espírito universitário presente em todos os momentos. 
 
Certamente os episódios da temporada não terão só lugares. O que os telespectadores podem esperar quanto à gastronomia dos lugares que você explorou? 
Em Saint Tropez, visitamos uma vinícola especializada em vinho rosé, e falamos da diferença entre vinho branco, tinto e rosé. Em Nice, fomos a um restaurante que faz uma culinária experimental muito original, tanto em termos dos ingredientes usados (insetos, inclusive!), como em relação à apresentação dos pratos (com direito a efeitos químicos, fumaça, etc). Estes são apenas dois exemplos das matérias gastronômicas que estarão presentes em muitos episódios desta temporada. 

E a experiência de encontrar com o piloto Bruno Senna? Como foi conhecer o circuito de Mônaco? 
O Bruno Senna chegou na praça central de Montecarlo dirigindo sua Mc Laren e todo mundo parou para ver aquele carro, que quase parece uma nave espacial! Foi um acontecimento, mesmo em uma cidade que está acostumada a ver circulando ali os possantes mais diferentes e caros do mundo. Brinquei com ele que eu mesma me senti uma “maria gasolina” de tão encantada que eu fiquei em poder entrar pela primeira vez em uma Mc Laren, e ainda por cima, ser conduzida pelo circuito de Mônaco por um verdadeiro piloto (risos)! Foi uma experiência bacana. O Bruno Senna é super pé no chão, tem um papo ótimo e contou várias curiosidades em relação à sua vida como piloto da 
Fórmula E. 
 
Tens algum País ou Estado que desejas conhecer e, quem sabe, gravar uma nova temporada para o programa? Conheces Manaus?
Para mim, todo destino é um destino! Cada lugar tem suas peculiaridades, e o bacana é treinar o olhar para “tirar o melhor” de cada local visitado. Mas entre os que estão na minha listinha pessoal de países a visitar, eu citaria Nova Zelândia, Austrália, Islândia e os países nórdicos. Acabo de fazer uma viagem em família para Bonito e Pantanal, e todos nós ficamos encantados com as maravilhas naturais da região. Visitar a Amazônia está em nossos planos! 


 
Você escreveu um livro com dicas de Nova York, certo? Teve uma nova edição recente? Pode dar mais detalhes? 
O guia “Minha Nova York” está em sua quarta edição, e já teve mais de 20.000 exemplares vendidos. Fico muito feliz com esse resultado, e com o fato de eu poder compartilhar minhas “didicas” com tanta gente. O mais legal é o feedback que eu recebo das pessoas que leram o guia.

 

“Lugar Incomum” (Nova Temporada)

Estreia: 29 de agosto, às 18h30, no Multishow
Exibição:  segundas às 18h30 
Horários alternativos:  terças às 13h, sextas às 17h e domingos às 13h30

Publicidade
Publicidade