Terça-feira, 03 de Agosto de 2021
Virtual

Espetáculo 'Cabelos Arrepiados', de Tércio Silva, estreia no Youtube

Opereta infanto-juvenil, que retrata o ‘roubo’ dos sonhos noturnos de cinco crianças, será transmitida nos dias 29, 30 e 31 de maio



Dora__Ciro__Tico__Chico_e_Juca_8866E6AD-77ED-4EF6-B3F9-101AF5CB9ABA.jpg A estética da opereta infanto-juvenil foi inspirada no expressionismo alemão (Foto: Léo Leão/Divulgação)
19/05/2021 às 15:50

A opereta infanto-juvenil “Cabelos Arrepiados”, que fala sobre devaneios e medos de um jeito poético, metafórico e também divertido, ganhou uma nova data para a sua estreia virtual: dia 29 de maio, às 17h, no canal do Youtube do Buia Teatro. O espetáculo, dirigido pelo encenador amazonense Tércio Silva, também ficará disponível para acesso nos dias 30 e 31 de maio, na mesma plataforma.

 

“Cabelos Arrepiados” conta a história de cinco crianças que, com insônia, acreditam que seus sonhos noturnos foram “roubados”. O texto da obra foi escrito pela autora, curadora, dramaturga e diretora de artes cênicas e visuais Karen Acioly (RJ). “Observei as crianças, que são antenas do que vivemos na sociedade. Percebi que as crianças urbanas, conectadas, estão dormindo cada vez mais tarde. E me perguntei: mas por que será? Quais suas angústias? Do que sentem medo?”, questiona Karen.

 

Segundo o diretor do espetáculo, Tércio Silva, a estética da obra mergulha no universo do expressionismo alemão e de artistas como o cineasta Tim Burton e o autor Edgar Allan Poe. “Quis trazer esse ar de mistério, suspense e terror. O gênero terror quase sempre não é pensando para crianças, e particularmente é um universo que elas adoram. A recepção das crianças em relação à obra é fascinante. Elas ficam encantadas com cada detalhe”, aponta ele.

 

A partir dos elementos do texto de Karen e do trabalho com os atores da opereta, Silva destaca parte do foco no mundo particular de cada papel e na proximidade da história com o cotidiano. “Sobre o ponto de vista dos personagens, pensamos muito nessas crianças de hoje. A falta de diálogos com os pais cria lacunas e um distanciamento muito grande entre as crianças e seus genitores. ‘Cabelos Arrepiados’ fala muito sobre essa falta de diálogo. Cada conto aborda isso de uma forma diferente”, assegura ele.

 

Personagens

 

Na obra, os próprios atores narram os contos, que retratam fortemente a imaginação infantil. A atriz Maria Antonia Hagge, 20, interpreta Tico, o protagonista da trama. Entre as experiências vividas por ela na peça, estão a manipulação do boneco que dá vida ao personagem, bem como as partes da obra que são cantadas por meio do personagem (e da atriz).

 

“Tico é um menino solitário que mergulha nesse universo da solidão. A partir disso, ele passa por uma descoberta pessoal e tenta se descobrir na sua individualidade peculiar. No sonho ele não consegue controlar seus pés, que sempre o levam para lugares diferentes, até que ele se transforma no rei Naja, que é um ser superior e mitológico, com poderes especiais”, explica Maria.

 

O ator e cantor Davi Lopes, 22, vive o personagem Doutor X, que representa o medo que as  gêmeas Flora e Dora sentem no coração. “Ele vem para separar as duas que, apesar de se amarem, sentem medo do que vai acontecer quando elas se casarem, devido à condição delas serem grudadas pelo ombro”, comenta ele, que construiu o papel a partir de suas vivências como cantor lírico.

 

“A direção quis trazer a proposta desse homem que se acha o melhor. Vemos ele como um grande charlatão. Durante o processo, percebemos que nem doutor ele é, não passando de um farsante que deseja se aproveitar das duas gêmeas”, declara Lopes.

 

A narrativa do “roubo” dos sonhos das crianças é também uma metáfora para os dramas da vida como um todo, reforça Karen. “Importante falarmos sobre superação através da delicadeza, da metáfora, da filosofia. Importante, a meu ver, é que crianças possam estar rodeadas de compreensão, de escuta às suas narrativas. Pais, educadores, parentes e todos que as cercam. Não é fácil crescer nesse mundo. Temos que dar a elas possibilidades de se verem nos palcos, nas telas, onde for, para que cresçam da maneira mais amorosa e saudável possível”, completa Acioly.

 

Apoio

 

Esse projeto foi contemplado pelo Edital - Prêmio Conexões Culturais 2019, Prefeitura de Manaus - Manauscult e Edital - Prêmio Feliciano Lana - Lei Aldir Blanc, Secretaria de Cultura e Economia Criativa - Governo do Estado do Amazonas.

 

Serviço

 

O quê: Transmissão da opereta infanto-juvenil "Cabelos Arrepiados"

 

Onde: Canal do Youtube do Buia Teatro (youtube.com/buiateatro)

 

Quando: Dias 29, 30 e 31 de maio (No dia 29, a estreia ocorre às 17h. Nos demais dias, a obra fica disponível para exibição livre)



News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.