Publicidade
Entretenimento
ANO ESPECIAL

DJ Cézar Dantas celebra 50 anos de vida e 29 de carreira no dia 1º

Festa de aniversário acontece na inauguração do novo espaço do Blend Café Lounge 27/08/2018 às 15:28
Show cezar 2e2aa241 1304 4feb bc6c d8eeeff5d165
Foto: Divulgação
Tiago Melo Manaus (AM)

2018 é um ano especial para o DJ Cézar Dantas. Prestes a comemorar seu 50º aniversário, o manauara também completa 29 anos de carreira em dezembro. Nesses quase trinta anos de estrada, o DJ montou sua própria escola de discotecagem e deu aula para novatos em Manaus, rodou o mundo se apresentando nos principais festivais de música eletrônica e viu o cenário musical na cidade crescer exponencialmente.  

Nascido no dia 1º de agosto de 1969, Dantas vai comemorar da melhor forma possível: comandando as pick-ups da festa ‘Blend’, que acontece no sábado, a partir das 22h. A data também marca a inauguração do espaço de mesmo nome, localizado na Avenida Carlota Joaquina, no bairro Parque Dez de Novembro. Os ingressos já estão à venda no Fast Temaki do Posto Equador do Parque 10, nos valores de R$ 30 (individual) e R$ 50 (duplo).

“O Blend vai ser na verdade uma festa voltada pra house music e Techno. Na ocasião vamos apresentar o DJ Adnan Sharif, que é residente do clube D.EDGE, de São Paulo. A festa conta ainda com a presença dos nossos amigos Felipe Litaiff, Alonso e Shaisson”, comentou Dantas.

O DJ ainda adiantou um pouco sobre o seu repertório: “Preparei algo especial para a noite, um mix todo praticamente voltado para a house music, fazendo um passeio por suas vertentes até chegar ao tecnho”. Vale lembrar que esta não é a primeira vez que um DJ residente do D.EDGE vem a Manaus. Em abril deste ano, a capital foi palco da turnê de comemoração de 18 anos do clube paulistano. 

Início de tudo

E quem, hoje em dia, vê Dantas discotecando, pensa logo que o homem nasceu para isso. De fato, é algo que o próprio DJ acredita. “A meu ver, já era algo que eu sabia que iria acontecer. Meu envolvimento com música sempre foi intenso e sempre tive boas escolas e ótimos amigos que me influenciaram e deram muita força”, comenta. 

Já em 1990, no início de sua carreira, Dantas era responsável por agitar as noites com mix de house e indie rock. “A afinidade com a música eletrônica, contudo, foi ouvindo Frankie Knuckles, Jelly Bean Benítez, Master at Works e outros gênios. Eles foram meu primeiro contato com o dance e a house”, relembra. 

De acordo com ele, a escola para DJs é fruto dessa paixão pela profissão e também uma forma de retribuir a ajuda que ele recebeu ao longo dos anos e de repassar a experiência adquirida. 

“Ainda temos a escolinha para futuros DJs. A ideia de ensinar veio junto com um amigo português, o Júnior Putzz. Montamos nosso primeiro curso na Amazônia Tribal, que foi a nossa primeira produtora de e-music na cidade. Atualmente estou com alguns alunos praticando e estamos em atividade constante”, disse.

Mercado crescente

Ainda que não tenha percebido muitas mudanças nos últimos 29 anos em Manaus, Dantas comenta que o mercado da música eletrônica na cidade está bem aquecido, com muitas festas do segmento acontecendo regularmente. 

“Isso é muito bacana porque movimenta o turismo. Por exemplo, o festival O Mato, que acontece todo mês de setembro, é organizado por uma turma de Berlim. Isso só mostra como o mercado anda bem ativo no meu ponto de vista”, disse ele.

Carreira consolidada

Um dos destaques da região Norte, Dantas coleciona inúmeras apresentações fora do País, dividindo a cabine com artistas badalados como Fatboy Slim, Afrika Bambaataa, Gunnar Stiller, Luis Bonias, Dubfire, Sharam, Paolo Mojo, Alex Kenji, entre outros.

Na Alemanha, Cezar Dantas foi o único representante do norte do Brasil a se apresentar na Love Parade, um dos maiores eventos de música eletrônica do mundo, mostrando um set apurado baseado em um som mais underground. “São apresentações que tenho guardado com muito carinho no peito”, concluiu.

Publicidade
Publicidade