Publicidade
Entretenimento
Vida

DJ Mau Mau e amigos agitam noite manauara com muita house music e techno

Nova edição da Underground Movement marca a primeira vez que a festa de sucesso 'Mau Mau & Friends' é realizada fora de São Paulo 20/05/2015 às 15:57
Show 1
DJ Mau Mau em prévia passagem pela capital amazonense
Lucas Jardim Manaus (AM)

Renomado pela crítica especializada e pelo público de clubes mundo agora, o DJ Mau Mau retorna a Manaus em uma ocasião muito especial: a realização da primeira edição de sua festa, Mau Mau & Friends, fora de São Paulo.

O evento, que já é sucesso em terras paulistanas há mais de um ano, chega à capital amazonense pelos organizadores da Underground Movement, projeto que traz uma sonoridade mais conceitual da música eletrônica e que promove a cultura “underground”, cuja primeira edição aconteceu no último dia 30 de abril.

“Essa cultura é mais do que apenas um estilo de música, é algo que também é um estilo de vida. Muitas tendências que se tornaram conhecidas vieram do ‘underground’, então podemos dizer que é um movimento de vanguarda. A festa veio da necessidade de mostrar esse lado mais conceitual da eletrônica para um público apreciador e degustador desse tipo de música”, explica o DJ Cézar Dantas, um dos idealizadores da festa, que faz parte da Seven Entertainment, empresa que também promove festas de música eletrônica e que se encontra, segundo ele, “em pausa”.

Um aspecto importante da festa, segundo o DJ, é o espírito de retomada do Centro da cidade que serve como guia dos eventos, algo que se relaciona tanto com a própria cultura tema da festa quanto com o estilo tocado nela.

“Bom, a festa foca bastante em música eletrônica de raiz, ou seja, house music e techno, e ambos os estilos são estilos bastante urbanos, que floresceram em cidades como Chicago e Detroit, então a Underground Movement tem, por definição, um lado bastante metrópole, bastante concreto, que tem tudo a ver com essa área da capital. A primeira edição foi na Crocodilo’s Club, uma casa bem no meio do que chamamos de Centro Antigo, na rua Marcílio Dias, e que tem mais de 37 anos de história, então sim, queremos resgatar a vida noturna dessa área. A nova edição, que vai ser no Delta Club (antigo SUB), pode não ser no Centro, mas é no Vieiralves, uma área também considerada central na cidade”, explicou Cézar.

Para ele, o “underground” vai além da música e também contempla outras vertentes criativas. “O estilo é algo que foge do comercial, é algo independente e que cresce à margem, e isso não está restrito ao meio musical. Eu gostaria muito de, no futuro, ter artistas plásticos, de teatro, poetas, enfim, de outras artes com a gente para somar com o projeto e fazer tudo interagir”, comentou.

Nas pickups

A edição da festa que acontece esta semana, oficialmente intitulada “Underground Movement Apresenta: Mau Mau & Friends”, surgiu de uma conversa informal. “Eu estava conversando com o Mau Mau e, em determinado momento, eu joguei para ele a ideia de levar a festa dele para fora de São Paulo. Quando eu disse isso, ele respondeu dizendo que já estava negociando com outros Estados sobre isso e imediatamente quis fechar com ele para trazer a festa para Manaus e sermos os primeiros. Ele topou”, contou Cézar.

Na festa, tradicionalmente realizada na Mono Club, na capital paulista, Mau Mau traz amigos para tocar sets com ele (daí o “Friends” do nome). Em Manaus, o grande nome a dividir as pickups com Mau Mau é Renato Cohen, a quem Cézar dá as devidas reverências. “O Renato deu o pontapé inicial para que a música eletrônica brasileira fosse tocada e apreciada pelos clubes internacionais, o que foi demais”, informou o DJ, que não escolheu suas palavras à toa: uma faixa seminal do convidado de Mau Mau para a festa no Delta Club, que lhe rendeu fama no circuito da e-music, se chama “Pontapé”.

“Quem for ao evento, pode esperar diversão e música de qualidade. A gente não quer vender o glamour do espaço, a gente quer vender o glamour da música”, concluiu.

Bate-bola com o DJ

BV: Qual a expectativa em realizar a primeira Mau Mau e Friends fora de SP?

MM: Tocar em Manaus é sempre uma ótima experiência e estou feliz poder fazer uma edição da minha festa DJ Mau Mau & Friends com a participação do Renato Cohen e grandes nomes locais.

BV: O que as pessoas podem esperar do seu set na quinta-feira?

MM: Dificil antecipar porque decido na hora, mas devo tocar tracks e remixes meus, alguns que lancei recentemente e outros que vou testar na pista! 

BV: O que acha da iniciativa da Underground Movement de promover festas que dialogam com a cultura underground em Manaus?

MM: Sempre importante ter núcleos que mantém a cultura viva! Manaus é referência de festa boa e público animado.

Convidado especial

Renato Cohen é um DJ paulistano de techno que já tem seu nome mais que consolidado na cena. Ele é o grande convidado para a primeira “Mau Mau & Friends” fora de São Paulo e tem tem as melhores expectativas para a noite.

“Acho que vai ser uma noite bem legal. Na verdade, toda festa em Manaus é bastante divertida”, disse o DJ em um bate-papo descontraído com o BEM VIVER. Ele esteve aqui pela última vez em 2012, quando tocou na after party do Seven Music Festival.

Não será a primeira que vez que tocará com Mau Mau: ele já participou de duas edições da “Mau Mau & Friends” em São Paulo e já esteve no mesmo lineup que ele outras vezes.

Para seu set em Manaus, ele trará uma mistura de techno com house e outros estilos. “Foco no techno, o que não quer dizer necessariamente que a música que eu toco é pesada, mas ela é sempre intensa. Essa intensidade faz com que mesmo o que não é techno, às vezes, pareça ser”, contou Renato.

Ele aproveitou ainda para comentar como as percepções que muitas pessoas têm sobre o estilo não correspondem ao que sai das pickups com ele no comando. “Muita gente associa techno a uma atmosfera dark, mas não é o que faço. Eu não gosto de melancolia nem de deixar ninguém para baixo. Eu acho que a música deve nos fazer sentir bem”, concluiu o DJ.

Publicidade
Publicidade