Publicidade
Entretenimento
Vida

Drama ‘Boyhood’ é eleito Melhor Filme no Critics’ Choice Awards

Com sete estatuetas, ‘Birdman’ se destacou pelo maior número de troféus na premiação da crítica norte-americana 16/01/2015 às 14:25
Show 1
"Boyhood – Da infância à juventude" levou quatro troféus no 20º Critics' Choice Awards, entre eles o de Melhor Filme
JONY CLAY BORGES Manaus (AM)

“Boyhood – Da infância à juventude” foi eleito o Melhor Filme no 20º Critics’ Choice Awards, realizado na noite de ontem (dia 15) no Hollywood Palladium, em Los Angeles (EUA). O longa-metragem garantiu ainda outros três troféus: Atriz Coadjuvante, para Patricia Arquette, Ator ou Atriz Jovem, para Ellar Coltrane, e Direção, para Richard Linklater.

“Birdman” foi outro destaque da premiação, levando sete prêmios ao todo, entre eles os de Elenco, Roteiro Original, Fotografia, Trilha Sonora e Edição. Michael Keaton, protagonista do longa dirigido pelo mexicano Alejandro González Iñárritu, levou dois troféus: Melhor Ator e Ator de Comédia. Já “O Grande Hotel Budapeste” ficou com três estatuetas: Comédia, Direção de Arte e Figurino.

Nas categorias de atuação, outros prêmios foram para Julianne Moore, eleita Melhor Atriz por “Para sempre Alice”; J.K. Simmons, como Ator Coadjuvante por “Whiplash – Em busca da perfeição”; Bradley Cooper, como Ator de Filme de Ação por “Sniper americano”; Emily Blunt, como Atriz de Filme de Ação por “No limite do amanhã”; e Jenny Slate, como Atriz de Comédia, por “Obvious child”.

“Uma aventura Lego” foi escolhido o Melhor Filme de Animação, enquanto “Guardiões da Galáxia” se saiu como Melhor Filme de Ação. “Interestelar” ficou com o prêmio de Melhor Filme de Ficção Científica/Horror. “Life itself – A vida de Roger Ebert” levou o troféu de Documentário. Na categoria Filme em Língua Estrangeira, o premiado foi o sueco “Force Majeure”, de Ruben Östlund.

O Critics’ Choice concedeu ainda três prêmios especiais. O ator, produtor e diretor Kevin Costner recebeu o Prêmio pelo Conjunto da Obra, celebrando suas mais de três décadas de carreira. Já o diretor, produtor e ator Ron Howard recebeu o Prêmio Louis XIII Genius, criado para homenagear artistas pela excelência no trabalho nas artes cinematográficas.

Por fim, Jessica Chastain foi a ganhadora do récem-criado Prêmio Critics’ Choice MVP, em reconhecimento a seu extraordinário trabalho ao longo de um único ano – “Interestelar”, “O ano mais violento” e “The disappearance of Eleanor Rigby”.

O Critics’ Choice Awards é concedido anualmente pela Broadcast Film Critics Association, que reúne críticos de cinema que atuam em veículos de rádio, televisão e Internet nos Estados Unidos e no Canadá.


Publicidade
Publicidade