Publicidade
Entretenimento
SUCESSO

Duo indie pop 'Mar Aberto' lança EP acústico com cinco músicas

O duo indie pop fez maior sucesso nas redes sociais após postar vídeo no YouTube cantando a música ‘Se fosse tão fácil’, que soma mais de dois milhões de visualizações 27/04/2017 às 13:58
Show zbv0427 20f
Foto: Divulgação
Mayrlla Motta Manaus (AM)

“Se fosse tão fácil, eu juro que eu mudaria minha cara todo dia pra ficar diferente. Inventaria uma nova melodia pra te ver sempre contente [...]”. A letra do single “Se fosse tão fácil”, do duo indie MAR ABERTO já atingiu mais de dois milhões de visualizações no YouTube em menos de três meses, conquistando milhares de fãs nas redes sociais. Depois do sucesso online, a dupla, formada pela carioca Gabriela Luz e o paulistano Thiago Mart, lançará nesta sexta-feira (28) o EP ‘Mar Aberto Acústico’ com cinco músicas.

Em entrevista ao BEM VIVER, o duo contou como foi para compor a música que abre a matéria, falou sobre os projetos, citando inclusive o desejo de conhecer a capital do Amazonas. Entre os destaques da conversa, Gabriela e Thiago opinaram sobre a pluralidade da música brasileira e agradeceram a oportunidade que a internet tem dado a novos artistas. Confira! 

Primeiramente gostaria que contassem para nós porque o nome da dupla é 'MAR ABERTO '?
O nome é uma analogia ao que a gente sente quando canta e toca junto, que é uma sensação de imensidão interna, de infinitas possibilidades.

A dupla trabalha há quanto tempo nesse projeto?
Estamos trabalhando em parceria com a Seta Reta Artística há seis meses, desenvolvendo toda estratégia e gestão do MAR ABERTO, que foi lançado em dezembro de 2016.

Sobre o single 'Se fosse tão fácil', como foi para compor? Em que se inspiraram?
Foi super divertido. Estávamos vivendo uma tarde agradável, rindo com vídeos do YouTube e compondo bem despojadamente. Aí, quase que de brincadeira, saiu essa canção que fala de encarar de forma leve os desafios de um relacionamento.

Quais são os próximos projetos? Tens desejos de conhecer Manaus ou já vieram aqui?
Estamos preparando o lançamento do nosso EP Acústico, com cinco músicas, para o dia 28 de abril e temos alguns shows em vista. E sim, claro, temos muita vontade de conhecer Manaus. Levem a gente (risos).

Como avaliam a pluralidade da música brasileira nos últimos anos? 
A gente sempre diz que música tem função, seja ela entreter, emocionar, divertir e tem muita gente boa fazendo música de qualidade em todas essas vertentes. É muito bonito de ver a força que a internet tem dado a novos artistas hoje em dia, assim como acontece conosco.

Vários artistas sem surgido no meio indie, como a dupla pretende ou tem feito para se diferenciar nesse meio?
Nós apenas procuramos ser autênticos, fazer aquilo que gostamos. Outra coisa que fazemos é procurar responder todo mundo que fala com a gente nas redes sociais. É uma cultura do MAR ABERTO. Tem ficado cada vez mais difícil dar conta de responder tudo, mas isso é bom sinal.
 
Quem são os artistas referência para a dupla? 
Estamos ouvindo muito Of Monsters and Men, Rodrigo Amarante, Iron and Wine, Vanguart e sempre buscando referências diferentes, que mexam com a gente em algum nível. 

Publicidade
Publicidade