Publicidade
Entretenimento
Vida

Dupla amazonense compartilha experiências em Londres

Janssem Cardoso e Camila Baranda mensuram as belezas da capital inglesa por meio de projetos audiovisuais, blogs , fotografias e música 24/11/2014 às 12:15
Show 1
Janssem Cardoso e Camila Baranda mensuram as belezas da capital inglesa
ROSIEL MENDONÇA ---

O designer gráfico, fotógrafo e videomaker Janssem Cardoso, 35, é um frequentador assíduo das noites de sexta do The Living Room Cafe, point de encontro de artistas de todas as vertentes no Soho, distrito de Londres. Morando na capital inglesa há um ano, o amazonense de Benjamin Constant foi para passar férias, mas resolveu alongar a estadia na terra da rainha, e agora compartilha com o mundo, em fotos e vídeos, uma visão bastante pessoal da cidade que o acolheu.

E foi justamente o café do Soho que rendeu a ele a ideia para um dos seus projetos, a série de vídeos “At the window sill” (“No peitoril da janela”), curtas sessões musicais que o designer grava ao vivo com cantores e bandas independentes que costumam se apresentar no local. “Desde que vim para cá, pensava em produzir algo sobre Londres”, explica Cardoso, que logo descartou a possibilidade de criar um vlog. “Não me acho interessante para ficar aparecendo”, justifica.

O amazonense resolveu, então, criar um canal no Youtube (www.youtube.com/user/janssemcardoso), onde ele poderia mostrar o que tem visto na Inglaterra, mas pela perspectiva dos próprios londrinos. “Minha ideia é mostrar cultura, lugares e pessoas”, define Cardoso, que também criou a série “My London”.

“Nessa, eu convido pessoas que são daqui, ou que moram há muito tempo em Londres, para mostrarem um lugar onde elas gostam de ir”, conta. “Tem um terceiro projeto, que vou publicar no canal ainda esse mês, que é o ‘Part of me’. Pessoas que eu conheci nessa temporada na Inglaterra vão falar da vida delas, dos pensamentos sobre determinados assuntos, vai ser algo mais filosófico”.

‘O MUNDO É AQUI’

A decisão de morar no exterior veio do desejo de aprender inglês - Janssem já tinha escolhido Austrália para fazer o intercâmbio. Mas os caminhos acabaram levando o amazonense a Londres, onde ele se voluntariou para trabalhar na ONG Turn Trust, ligada a uma igreja local que assiste moradores de rua e oferece aulas de inglês para estrangeiros.

“A impressão é que o mundo gira em torno de Londres, mas a relação das pessoas aqui é diferente. Você conhece muita gente e muita gente depois vai embora. Eu tenho a sorte de ter contato com os ingleses porque trabalho com eles. São legais, mas difíceis de fazer amizade. Aqui não tem o calor da cultura latina e com o tempo isso faz muita falta”, comenta.

LIVRO

Há alguns meses, o blog da Time Out London publicou 16 fotos que o amazonense fez de transeuntes em Brick Lane, região da capital inglesa. “Cada pessoa tem um universo, e a fotografia me aproximou delas. Meu passatempo preferido aqui é fotografar pessoas”, confidencia ele, que não desgruda da sua Canon 7D.

No futuro, Janssem pretende reunir todo o material fotográfico desses projetos em um único livro, que receberá o nome “My London”. Para conhecer um pouco mais do trabalho dele, acesse www.janssemcardoso.com.

Dicas com senso de humor

Parque Olímpico, Notting Hill, Museu Britânico e Camden Town são alguns dos cenários londrinos que podem ser conhecidos por meio do blog “Olha isso mundo” (www.olhaissomundo.com), criado pela jornalista Camila Baranda, que voltou pela quarta vez à Inglaterra, mas dessa vez para ficar.

“Vim em 2012 com a equipe da TV A Crítica cobrir as Olimpíadas e mais umas duas vezes para férias rápidas. Agora decidi passar uma temporada maior, estudar um pouco e curtir a cidade também”, conta.

Com experiência em blogs (ela criou o “Sacaniei”), Camila resolveu marcar a nova fase na vida apostando no “Olha isso mundo”, onde compartilha desde experiências na cozinha de casa a dicas de música para ouvir no trem e opções de passeio em Londres para quem tiver até 50 libras no bolso.

“A ideia do blog é mostrar o que eu estou vendo aqui para os outros, é compartilhar informação, cultura, conhecimento e experiências. Não de uma maneira didática, e sim de uma forma simples, descontraída e direta”, destaca a manauara. Ou seja, mais que baú de memórias, a página é fonte de informação e inspiração para quem se interessar pela Inglaterra.

BARATO E BACANA

Apesar disso, ela não considera o blog como um guia turístico, ainda que procure sempre fugir dos roteiros e lugares mais batidos. “Estou buscando conhecer a cidade como moradora e não como turista. Algumas coisas podem até estar nos guias de turismo, mas mesmo assim eu tento mostrá-las de uma outra forma”, diz. “Como o meu orçamento aqui é apertado, eu procuro sempre focar em temas que envolvam: muita coisa bacana para fazer e com baixo custo”.

Publicidade
Publicidade