AUDIOVISUAL

Dupla Lary Go & Strela lança álbum visual nas plataformas digitais

As irmãs são as primeiras mulheres a lançar um álbum visual de rap no Estado. A produção conta com sete faixas e a participação de artistas da cena

Portal A Crítica
28/01/2022 às 22:28.
Atualizado em 08/03/2022 às 15:52

(O álbum visual inclui sete faixas feitas em colaboração com outros nomes da cena (Foto: Divulgação/Ricardo Zugo))

A dupla Lary Go & Strela contribui, mais uma vez, com a cena feminina do rap amazonense. As irmãs conhecidas pelo pioneirismo na cena local, por serem as primeiras mulheres a lançar um EP, se destacam novamente com a realização de um novo projeto: o Álbum Visual intitulado “Lary Go & Strela e convidados”, que foi lançado neste mês de janeiro e segue disponível nas principais plataformas digitais. Os artistas do rap do Norte Eric Mafs, Rafa Militão, Dacota, Lua Negra, Babyac, Victor Xamã, Yumi Araújo e Keith Pittbul participam da obra audiovisual, que reúne sons com temáticas, flows e levadas diferenciadas.

Inclusão

As rappers Larissa e Lauriane, mais conhecidas como Lary Go & Strela, também são as primeiras mulheres do Estado a lançar um álbum visual. O novo projeto das irmãs se destaca pela inclusão de artistas e profissionais da periferia e possui uma forte presença feminina e LGBTQIAP+. Para elas, isso evidencia a maturidade de uma carreira que prioriza a circulação de oportunidades e renda no cenário no qual atuam.

"Fizemos um álbum visual amplamente diversificado, procuramos unir alguns talentos que o Norte possui, podendo assim nos explorar artisticamente, fazendo conexões com vários profissionais da cena local, incentivando e gerando renda", destaca Strela.

Produção musical

O rapper amazonense Kurt Sutil inaugurou o formato de lançamentos em vídeo álbum no rap amazonense, seguido agora pelas irmãs Lary Go & Strela. A produção musical do novo álbum passeia por ambientes até então não explorados pela dupla e é assinada por profissionais como RVL$, WKilla, Júnior Mendes e Victor Xamã.

Ritmos

A versatilidade dos ritmos torna o álbum ainda mais interessante. "Exploramos um drill, trap na faixa 'Brabas', um drill em 'Vão ter que engolir' e 'De Quebrada'. Aproveitamos muito bem um boom-trap no love Song 'Perigoso e Divertido' e classificamos 'Enjoadas' como a música na qual brincamos muito em cima de um trap e os boom-baps deixamos pras faixas 'Sorrisos Perdidos' e 'Flores Amarelas', ressalta Strela.

Participações

Esse trabalho possibilita que novos rostos e vozes da cena feminina do rap local ganhem cada vez mais destaque e espaço, como Keith Pitbull que na faixa 'Enjoadas' apresenta rimas incisivas e cheia de originalidade. 

A presença da rapper e DJ Rafa Militão dá o tom da grandiosidade com a qual as mulheres do rap, da música e do entretenimento em geral convivem no Amazonas.

A colaboração com Lua Negra em "Vão Ter Que Engolir" dá o tom de combate em lírica, a letra aponta para a alta performance e conteúdo abordando com profundidade temas sociais vividos pelas artistas. 

A faixa 'De Quebrada' mostra a relação intimista e profunda com a qual a dupla se relaciona com sua comunidade, o lugar onde vivem, dividiram nessa faixa a mensagem com o rapper Dacota que desponta localmente levando junto com seu talento a comunidade onde vive. 

A obra se trata de um importante registro não somente da carreira das irmãs Lary Go & Strela, mas também um novo momento onde as portas para o audiovisual estão abertas para artistas de periferia combativos e dispostos a marcar seus nomes na história do rap amazonense.

Trajetória

A dupla Lary Go & Strela foi formada em 2015. Ana Larissa (Lary Go) já participava de batalhas de MCs no final de 2014 e Lauriane Gama (Strela) fazia parte do movimento Hip Hop, desde o final de 2011, por meio do graffiti.As irmãs cantaram no Teatro Amazonas; no Festival Até o Tucupi em duas edições; abriram o show do Djonga duas vezes consecutivas; abriram o show do Nocivo Shomon e 3030. Cantaram no Festival Passo a Paço e outros lugares de Manaus. O primeiro disco da dupla foi lançado em formato EP em agosto de 2021 e um álbum visual em Janeiro de 2022.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por