Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
'VOLTA AO MUNDO'

Edição do 'Rota dos chefs' leva ao aeroporto culinária de países das Olimpíadas

Evento gastronômico ocorre neste fim de semana no aeroporto Eduardo Gomes, a partir das 17h. Ao todo, 32 estabelecimentos da capital marcação presença com iguarias de 20 países diferentes



costela.jpg Costelinha com molho agridoce da China será um dos pratos vendidos (Foto: Divulgação)
01/07/2016 às 11:24

Que tal ir da Argentina a Israel, fazendo uma escala na Espanha? Neste fim de semana, quem for ao estacionamento do Aeroporto Eduardo Gomes, a partir das 17h, vai poder fazer esse tour sem sair de Manaus. Isso porque o espaço vai abrigar mais uma edição do Rota dos Chefs, evento gastronômico que reúne os chefs mais badalados e experientes da cidade. E desta vez, o tema da feira é a culinária dos países que virão ao Brasil para as Olimpíadas do Rio.

Ao todo, 32 estabelecimentos marcarão presença no Rota com iguarias de 20 países diferentes, além dos pratos já conhecidos da clientela. Dentre as novidades, está a adesão de mais quatro parceiros: Lulu Pães e Doces, Vitrine Amazônica, Brownie.com, Richi Causa Peruvian Cuisine. Além disso, também haverá um espaço exclusivo para o Mercato Brazil.

Para deixar o leitor com água na boca, o BEM VIVER mostra alguns pratos sorteados que estarão no cardápio do evento no sábado e domingo. Bom apetite!

Brownie.com (Argentina)

A loja do Vieiralves vai para o Rota dos Chefs com a missão de apresentar ao público a sua carta de crepes franceses. O toque portenho ficará por conta do Choricrepe (R$ 15), com linguiça toscana, vinagrete, queijo e molho chimichurri, tradicional não só na Argentina, mas também no Uruguai. Outras opções são o de queijo, presunto e orégano (R$ 10) e o de carne seca, catupiry e queijo gratinado.

Zefinha Bistrô (Brasil)

Selma Reis tirou a sorte grande no sorteio dos países a serem homenageados no Rota dos Chefs, já que a culinária brasileira é a especialidade do restaurante que ela comanda no Vieiralves. Durante o evento, ela vai servir um picadinho de tambaqui com farofa de banana pacova (R$ 15) e um estrogonofe clássico, com arroz e batata palha (R$ 15). “Estrogonofe nem é um prato original do Brasil, mas adotamos como se fosse e ele se tornou muito popular aqui”, justifica.

Sabor a Mi (França)

Luciana Felicori escolheu o bouef bourguignon (R$ 15) como representante do paladar francês. A iguaria é feita com carne em cubos preparada no vinho, com acompanhamento de purê com dois tipos de queijo. “Eu não tinha esse prato no meu cardápio, mas quem sabe até fique depois do Rota dos Chefs”, revelou. Outras opções que o restaurante servirá são o bobó de camarão (R$ 20) e o pastel de costela bovina e queijo do reino (R$ 10).

Mestre & Cuca (Israel)

A tradição gastronômica do Oriente Médio será representada, dentre outros pratos, pelo shawarma de frango (frango assado desfiado, cebola roxa e tomate com molho à base de iogurte, hortelã e mel servido no pão folha), que será vendido a R$ 15. A segunda opção do Mestre % Cuca será o escondidinho de carne de sol com catupiry (R$ 18).

Richi Causa Peruvian Cuisine (Espanha)

Os ares hispânicos também vão soprar na feira gastronômica pelas mãos dos chefs do Richi Causa, que abriu uma filial no Adrianópolis há cerca de três meses. O prato típico escolhido foi a paella de mariscos (R$ 20), com frutos do mar salteados e flameados com arroz, cenoura, pimentão, ervilha e milho. Outros pratos servidos serão o ceviche de camarão (R$ 15), que acompanha batata doce glasseada e banana frita, e o tradicional anticucho (R$ 10), um espetinho de coração de boi na brasa que é um dos itens mais tradicionais da gastronomia peruana, a especialidade do restaurante.

WTF Burguer Chef (China)

A carne suína é uma das mais apreciadas na China, por isso a chef Flávia Ribeiro optou por servir uma costelinha com molho agridoce de abacaxi (R$ 15 com três fatias bem servidas). Para não fugir ao estilo fast food do WTF, o prato será servido como finger food e não acompanhará guarnição. “O molho que eles usam geralmente é o tare, mas quis experimentar algo diferente com o abacaxi cozido no shoyu, que deixou o molho mais suave e menos doce que o tare. O porco também vai ao forno no molho de abacaxi e depois vai para a chapa”, explica. Outras pedidas são os sanduíches WTF Junior (R$ 18) e WTH Junior (R$ 18), dois campeões de venda da casa.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.