Publicidade
Entretenimento
CULTURA

Editais do 62º Festival Folclórico do Amazonas estão disponíveis para consulta pública

Período de consulta e envio de sugestões será de 7 a 14 de maio. O festival reúne diversas manifestações culturais da capital e do interior do Estado 08/05/2018 às 17:43
Show arquivo
Foto: Divulgação/SEC
acritica.com Manaus (AM)

Os editais de chamamento aos Grupos Folclóricos e Bois-Bumbás participantes do 62º Festival Folclórico do Amazonas, na categoria Ouro, foram disponibilizados para consulta pública pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC).  

Os editais, fichas de inscrição e anexos podem ser acessados pelo site editais.cultura.am.gov.br e os interessados deverão enviar sugestões para o e-mail eventos@cultura.am.gov.br, no período de 7 a 14 de maio de 2018.

Conforme a minuta do edital de chamamento aos Bois-Bumbás, as vagas disponíveis estão de acordo com o resultado da classificação dos participantes da última edição do Festival Folclórico do Amazonas, realizado em 2017, e estão divididas em Boi-Bumbá-Master A (03 vagas) e Boi-Bumbá Master B (02 vagas).

O outro edital disponível para consulta é o de chamamento aos Grupos Folclóricos, e, de acordo com o texto preliminar, será concedido o apoio financeiro a grupos distribuídos nas modalidades: Boi-Bumbá Regional, Danças (Cacetinho, Ciranda, Alternativa, Internacional, Nacional, Nordestina e Regional), Garrotes (Regional e Tradicional), Quadrilhas (Cômica, de Duelo e Tradicional) e Tribo.

O apoio financeiro concedido, segundo as minutas, destina-se a cobrir as despesas gerais para a apresentação de grupos folclóricos e bois-bumbás no Festival Folclórico.

Sobre o festival

Desde 1956, o evento reúne diversas manifestações culturais da capital e do interior do Estado para relembrar nossos valores, prestigiar nossas crenças, lendas e costumes, sob a influência e características das culturas portuguesa, indígena e nordestina, além da natureza e do misticismo.

É um festival realizado no Centro Cultural dos Povos da Amazônia, com a parceria entre Governo do Estado e Agremiações, destacando-se no contexto social, principalmente por envolver jovens carentes na cultura amazonense e oportunizar inúmeras alternativas econômicas e sociais.

Publicidade
Publicidade