Publicidade
Entretenimento
Vida

Efeito ‘suado’: conhecendo armas contra a oleosidade dos cabelos

O hair stylist Fernando Alves Jr. oferece outro recurso para quem quer fugir das lavagens diárias: o shampoo a seco. O produto vem em forma de spray, onde você pode borrifá-lo numa distância de 10 cm do couro cabeludo 13/11/2015 às 11:47
Show 1
Se você está saturada de passar a mão nos fios e sentí-los úmidos, saiba como amenizar o problema
Laynna Feitoza Manaus, AM

Passar a mão na cabeça e sentir o couro cabeludo úmido é o desprazer de toda mulher com cabelo oleoso. Ficar refém das lavagens, fugir de chapéus e bonés como o diabo foge da cruz e ter que praticamente “colar” a mão na mesa ou em qualquer outro lugar pra não passá-las nos fios também são característica das mulheres que sofrem deste mal. A bacharel em turismo, Bruna Alencar, 28, que o diga.

“Meu cabelo é ultra-oleoso. No todo ele é misto, mas não chega a ficar extremamente ressecado nas pontas”, descreve ela, que precisa lavar os fios todo santo dia, principalmente por ter os cabelos finos. Ela, por sua vez, precisa estar munida de certos produtos para amenizar esta condição. “Eu uso um shampoo esfoliante uma vez por semana, junto com um shampoo próprio para cabelos oleosos. Não cubro a cabeça e evito sol sempre que possível”, conta.

Ela, por sua vez, percebe que fica escrava da lavagem e, na verdade, não gosta disso. “E meu cabelo está longo, então requer um tempo maior para lavar e secar. Se eu deixar secar naturalmente, ele fica mais oleoso”, comenta, lembrando que já foi pedir ajuda inclusive do dermatologista para controlar a oleosidade. “Quando usamos secador o cabelo ‘dura’ mais [seco]. Perguntei isso a uma dermatologista uma vez, e ela disse que é verdade”, coloca.

Ficar escravo das lavagens diárias pode ser perigoso quando lavamos o cabelo com shampoos compostos por sulfatos pesados, como lauril sulfato de sódio, lauril sulfato de amônio e lauril éter sulfato de sódio. O sulfato nada mais é do que um detergente que é tão eficaz para remover impurezas do cabelo, quanto para remover alguns nutrientes importantes para os fios. Muitas pessoas que usam shampoos com sulfatos fortes em certa frequência percebem os cabelos ressecados e desbotados - caso de quem colore os fios.

Conselhos

O hair stylist Fernando Alves Jr., diretor artístico da importadora Imbel Professional, nos faz refletir quanto ao conceito de que “lavar cabelo todo dia faz mal”. “Quando estamos em uma região como o Norte, é muito complicado não termos um cabelo limpo diariamente, principalmente para quem sofre com oleosidade”, diz ele. “Difícil dizer que as lavagens são prejudiciais em excesso. Depende de como o cabelo está sendo lavado e com qual produto está sendo lavado”, orienta ele.

Alves oferece outro recurso para quem quer fugir das lavagens diárias: o shampoo a seco. O produto vem em forma de spray, onde você pode borrifá-lo numa distância de 10 cm do couro cabeludo. O pó que sai dele absorve a oleosidade visível. E para quem gosta de lavar os fios todos os dias, a dica é usar shampoo com sulfatos leves. O cocamidopropyl betaine, sodium lauril sulfoacetate e sodium coco/cocoyl sulfate são alguns destes.

Eles promovem lavagens menos agressivas e igualmente limpantes, podendo até equilibrar a oleosidade do couro cabeludo e promover a vida longa de colorações. Tudo porque quando lavamos o couro cabeludo com sulfatos pesados, removemos tanto sebo dos fios a ponto do organismo perceber fácil essa ausência e produzí-lo em dobro.

Água morna e massagem

A água quente, para quem tem tendência à oleosidade, acelera este processo. “A temperatura da água não pode estar extremamente quente, e sim média”, diz ele, que não vê restrições quanto ao uso da água gelada – alguns profissionais garantem que água muito gelada também aumenta a oleosidade.

Outra dica é, antes do banho, fazer uma massagem com a ponta dos dedos no couro cabeludo seco, por apenas cinco minutos. “Porque, quando você massageia o couro cabeludo com os dedos, você está estimulando as glândulas sebáceas. Depois de massagear, você vai perceber os cabelos mais oleosos. Ao lavar e enxaguar, você remove melhor essa oleosidade e deixa o cabelo mais limpo”, conta Fernando.

Não precisa encharcar de shampoo

A quantidade correta dos produtos também pode auxiliar no controle da oleosidade. Utilize o shampoo sempre da raiz para o meio do cabelo, e o condicionamento do meio do cabelo para as pontas. Nunca passe condicionador na raiz, pois vai ajudar a inflar a produção de sebo. Controle a quantidade de produto que vai passar, para não “pesar” os fios.

“A quantidade certa de um produto de ponta não ultrapassa o equivalente a uma moeda de um real. A limpeza saudável dos fios não está na quantidade de produto que você aplica, e sim no número de vezes que você enxágua. Passa uma moeda de shampoo, e se continuar pesado, reaplique”, assegura Fernando. 


Publicidade
Publicidade