Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019
Buzz

'Ela não podia sair com a coroa', afirma segunda colocada no Miss Amazonas, Sheislane Hayalla

Em entrevista exclusiva, a candidata desabafou sobre a traumática noite e afirmou que não fez nada por raiva ou rancor por ter ficado em segundo lugar, mas sim por justiça e pela falta de transparência do tradicional concurso de beleza



1.jpg Sheislane Hayalla ganhou fama nacional após tirar a coroa de Carolina Toledo
31/01/2015 às 18:32

Disposta a falar sobre o incidente ocorrido durante a coroação do Miss Amazonas 2015, Sheislane Hayalla abriu o coração e revelou o motivo de ter “tirado a coroa” da miss eleita, Carolina Toledo.

Em entrevista exclusiva, Sheislane desabafou sobre a traumática noite e afirmou que não fez nada de caso pensado, mas em protesto pela falta de transparência do tradicional concurso de beleza.  



Leia abaixo trechos da entrevista.

Sheislane como foi a repercussão do caso após o ocorrido ontem a noite?

A repercussão foi boa, foi ótima, mas eu quero deixar claro que a minha atitude não foi por ter ficado em segundo lugar, mas sim por protesto pelo que veio acontecendo durante o concurso. Durante esse processo de escolha, ouvi muitos boatos nos bastidores, as pessoas comentavam para mim que a Carol já era a escolhida. Essa foi a forma que eu encontrei para protestar, para que futuramente o concurso aconteça de forma limpa, clara, mais digna e que realmente ganhe a candidata que mereça ganhar.

Você falou em entrevista para um site nacional que já havia escutado um rumor de que a Carol seria eleita miss amazonas. De que forma você ficou sabendo disso ?

Desde o ano passado quando voltei de um concurso internacional, entrei em contato com o coordenador do Miss Amazonas a fim de me candidatar, mas as pessoas chegavam pra mim e diziam para não participar do concurso porque já estava tudo certo para a candidata Carol Toledo ganhar, mas eu nunca dava valor a essa informação, achava que não era possível. Cheguei a ir a um consultório médico e lá fui desencorajada a participar pelo mesmo motivo, que embora torcesse por mim o combinado já estava acertado há um ano. Me disseram inclusive que eu estava fazendo papel de palhaça por participar do concurso, já que todos da sociedade já sabiam que a vencedora seria a Carol.

Durante todo o processo do Miss amazonas, houve alguma intriga ou atrito entre vocês?

Eu tive um relacionamento tranquilo com todas as candidatas. Muitas viraram amigas. A Carol sempre foi muito antipática com as outras meninas, não conversava, não sorria, falava pouco. O que eu sou aqui, sou na frente de qualquer pessoa e ela não, era o tempo todo na dela acompanhada pela mãe pelo maquiador, muita gente veio me questionar o porque de eu questionar o fato dela estar sempre acompanhada, mas uma menina está concorrendo num concurso de miss,  tem que saber se maquiar sozinha, fazer seu cabelo e se preparar por que no dia do concurso ela não pode ter ninguém ao lado dela. Então como é que uma candidata que se acha preparada, não consegue passar um minuto a sós? Teve uma apresentação que ela teve que colocar um tic tac no cabelo e a mãe dela não estava presente, ela fez um episódio ridículo dentro do banheiro gritando chamando pela mãe e você pode confirmar essa história com qualquer uma das candidatas, todo mundo viu o que aconteceu. Então se eles (a coordenação) acham que isso é uma candidata preparada, que façam melhor.

Houve rumores de que as misses que estavam atrás de você na hora da coroação da Carol te incentivaram a tomar alguma atitude, isso aconteceu de fato?

Olha nos bastidores foi assim: não podia entrar maquiador, a gente tinha que se maquiar sozinha e ela já chegou lá com o maquiador dela. Então já teve uma confusão dentro do camarim por conta disso. Ai ele foi expulso do camarim e todas nós fomos para um banheiro escuro montar nossos cabelos sem conseguir enxergar nada enquanto ela tava sentada acompanhada novamente do maquiador em uma sala com ar condicionado, então todas já estavam chateadas por isso. Todas chegaram pra mim e diziam “poxa Sheislane olha isso” e eu respondi que não podia fazer nada.  E isso tudo foi passado para a coordenação do concurso e nada foi feito. Igual a história do traje típico, o coordenador deixou bem claro que seria traje regional, ou seja, algo do amazonas, tipo vitória régia, e ela chega lá de índia, o que isso tem a ver com regional? Não é um traje típico. Nós fomos obrigadas a usar o que foi pedido e ela não, nem foi penalizada por conta disso. E quando aconteceu a coroação e vi que as meninas ficaram arrasadas, indignadas e então eu pensei isso não vai ficar assim, eu vou fazer isso (tirar a coroa dela). Não fiz por raiva, não fiz por fúria, fiz por justiça.

E você já tinha pensado em fazer isso?

Não, não tinha. Pensei assim, qualquer candidata poderia ganhar porque nenhuma delas estava envolvida em histórias. E quando ela ganhou, o concurso demonstrou que não são dignos no que estão fazendo. A gente gasta muito dinheiro, se prepara. Enquanto a gente tava aqui em Manaus pagando academia ela tava no Rio de Janeiro só pra pegar um “bronze”. Por ai a gente já tira as coisas.

Então estava bem evidente o favoritismo da Carol?

Sim, estava e você pode perguntar isso para todas as candidatas.

Com relação a tua preparação, ouvi falar que você investiu mais de 10 mil reais ..

Sim, gastei com roupas, sapatos, clínica de estética, academia, maquiador, faixa, tudo isso.

E como tá a tua situação com a coordenação do concurso, alguém te procurou depois do incidente?

Até agora ninguém entrou em contato comigo. A gente tinha um grupo no WhatsApp que foi desativado, as candidatas foram removidas. Nenhum deles chegou para falar nem que gostou ou não da minha atitude.

E quanto as misses?

As meninas me procuraram sim, para agradecer. Recebi mensagens das mães delas dizendo que eu fiz o que elas tinham vontade de fazer. Me falaram que eu tinha que fazer aquilo porque ela (Carol) não podia sair assim, com a coroa. Recebi apoio de todas. Muitas estavam indignadas, mas nem todas tem a coragem de ir em frente e denunciar o que aconteceu.

PERFIL

Sheislane Hayalla tem 23 anos já foi eleita Miss Amazonas Globo 2013, Miss Brasil Globo 2013 e ficou em segundo lugar no Miss Globo Internacional.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.