Publicidade
Entretenimento
Vida

Em entrevista, Fagner comenta novo trabalho gravado ao vivo em parceria com Zé Ramalho

O músico cearense não descarta a possibilidade de fazer algumas apresentações de "Fagner e Zé Ramalho ao vivo", inclusive no Amazonas 14/12/2014 às 15:01
Show 1
Fagner e Zé Ramalho: os amigos gravaram o primeiro show juntos
Natália Caplan Manaus(AM)

Dois talentos únicos, donos de vozes inconfundíveis, em um trabalho inédito. Essa é a receita excepcional de “Fagner e Zé Ramalho Ao Vivo”, que chegou às lojas de todo o Brasil, com 15 sucessos já bem conhecidos do público e mais a faixa especial “Canção da Floresta”. Foram três anos de planejamento para que, enfim, os amigos gravassem o primeiro show juntos.

“Já cantamos juntos algumas vezes, mas nunca houve uma oportunidade de fazer um disco. O Zé (Ramalho) veio com essa idéia há três anos, porém, não conseguíamos conciliar as agendas. Somos vizinhos, moramos no mesmo prédio, mas viajamos muito. Acredito que tudo aconteceu no tempo certo”, afirmou o primeiro, em entrevista por telefone.

A gravação foi realizada no último fim de semana de julho, em três dias de shows, no Theatro Net, no Rio de Janeiro. Entretanto, segundo o cearense, subir ao palco foi a “parte fácil” do projeto. Resumir a carreira dos dois artistas nordestinos em apenas um álbum de 68 minutos foi o principal desafio dos produtores da Sony Music.

“Foram diversas reuniões e audições. Um foi sugerindo, o outro foi eliminando, sempre lembrando aquelas músicas que preferíamos cantar um do outro. Demorou um tempinho, principalmente na hora dos ensaios. Na hora, acabava se revelando muita coisa, porque já estávamos projetando o que seria gravado”, lembrou.

Segundo Fagner, em menos de um mês, o trabalho já rendeu ótimas críticas. Para ele, isso ocorre graças à afinidade musical com o amigo paraibano, o que também une os fãs. “É uma junção de duas historias bem conhecidas. Cada um tem seu público e deve ter uma cota que se identifica com os dois. É uma das razões para termos feito esse trabalho”, disse.

NOVOS CONVITES 

Junto com os elogios, o álbum também resultou em mais convites para shows. Desta vez, todos querem assistir Fagner e Zé Ramalho repetir o sucesso do DVD. “Continuamos na estrada, muito atuantes. Mas a novidade é que muitas pessoas que gostam de nós querem ver o show ao vivo. Mas ainda não estamos interessados”, enfatizou.


Entretanto, o cearense não descartou a possibilidade de fazer algumas apresentações, inclusive, no Amazonas. “Vamos esperar o CD e o DVD chegarem às pessoas, depois pensamos em shows. Mas devemos fazer alguns shows simbólicos para reforçar. Talvez na terra dele, na minha terra, em São Paulo, Rio de Janeiro e, quem sabe, Manaus”, revelou.


Publicidade
Publicidade