Publicidade
Entretenimento
Entrevista

Em entrevista, youtuber Whindersson Nunes fala sobre show na cidade de Manaus

Sucesso no Youtube, humorista traz para a capital show de stand up e fala sobre carreira e projetos 28/11/2016 às 12:40 - Atualizado em 28/11/2016 às 12:41
Show win
Show mistura esquetes de stand up comedy com canções hilárias. Foto: Divulgação
Juan Gabriel Manaus (AM)

Foi apenas com uma câmera na mão e algumas histórias engraçadas na cabeça que o piauiense Whindersson Nunes surgiu para o mundo, em meados de 2013, através de seu canal no Youtube. De lá pra cá, o que era pra ser apenas um passatempo, coleciona hoje mais de 14 milhões de seguidores, diversos contratos publicitários e uma agenda lotada de shows de stand up por todo o Brasil.

No próximo dia 3, Whindersson desembarca em Manaus para apresentar o espetáculo “Marmininu”, no centro de convenções do Manaus Plaza. O show intercala as canções de sucesso na internet como “Tão linda” e “Música sem nome”, com esquetes de stand up comedy em que fala sobre a sua infância, aborda conflitos com a mãe de forma hilária e os medos de um menino do interior ganhando a liberdade.

Em entrevista ao BEM VIVER, o comediante falou um pouco sobre sua carreira, a relação com Manaus – onde cogitou gravar seu primeiro DVD - e até sobre os planos para a carreira promissora.

Hoje o seu canal é o maior do Youtube brasileiro com mais de 14 milhões de inscritos. Além disso, você roda o Brasil com o seu show de stand-up. Como tem sido pra você lidar com esse sucesso e como conciliar isso com a sua vida pessoal?

Eu te falo que não é fácil, hoje eu fico muito tempo fora de casa, mas sempre quando dá vou correndo para casa dos meus pais para dar aquele abraço e claro, comer aquela comidinha que só maínha sabe fazer. 

Recentemente você publicou em uma de suas redes sociais que tinha vontade de gravar seu DVD em Manaus, mas não conseguiu data na Arena Amadeu Teixeira. Por que essa vontade de gravar o projeto aqui?

Eu acho Manaus uma cidade linda, por isso queria gravar. Mas a gravação aconteceu na concha acústica em Salvador, foi mágico.

Essa não é a sua primeira vez em Manaus. Nessas idas e vindas pra cá, já deu pra conhecer algo da nossa cultura? Existe alguma comida da região que você não deixa de comer quando vem?

Olha, eu amo esse lugar, cada vez que vou experimento algo diferente, mas os peixes são os meus preferidos. 

Tem sido bem natural a ida de vários youtubers de sucesso para televisão. Você tem vontade de fazer essa transição de vez?

Ah, eu nasci na Internet, acho que jamais a largaria. Por que não conciliar os dois? 

Com 21 anos você já possui uma carreira consolidada enquanto muita gente na sua idade ainda tenta se encontrar profissionalmente. Se nada tivesse dado certo na sua carreira, o que Whindersson Nunes estaria fazendo da vida nesse momento?

Eu estaria trabalhando como analista de sistemas, pois uma coisa que eu amo é tecnologia. 

Qual a história mais inusitada que o sucesso te fez passar?

Ah, quando eu cheguei para fazer um show tinham dois rapazes dentro do camarim, escondidos só para me ver, e eles me contaram que ficaram lá o dia inteiro escondidos até a minha chegada, achei isso muito engraçado.

Quais os planos pra carreira daqui pra frente?

Eu não posso adiantar muita coisa, mas vêm novidades ai, filme, televisão... (risos).

Publicidade
Publicidade