Publicidade
Entretenimento
TEATRO

Em Manaus, Felipe Simas e Júlia Konrad falam sobre interpretar Romeu e Julieta nos palcos

Para os atores, a obra de Shakespeare é sempre atual, e por isso é importante falar sobre esse trágico desfecho amoroso nos dias atuais 05/02/2017 às 21:42
Lorenna Serrão Manaus (AM)

Um versão inédita de "Romeu e Julieta" cheia de conflitos religiosos, protagonizada por Felipe Simas e Júlia Konrad, foi apresentada, neste fim de semana, no palco do Teatro Manauara, em Manaus. A obra de William Shakespeare, um dos maiores dramaturgos do mundo, escrita entre 1591 e 1595, é sempre um clássico atual. Para os atores da adaptação, é importante falar sobre esse trágico desfecho amoroso nos dias atuais.

"(Romeu e Julieta) É uma obra milenar, mas que é muito atual porque fala de um casal de opiniões diferentes, crenças diferentes, religiões diferentes, no caso da nossa adaptação, e  que apesar de tudo luta pelo amor. Mesmo com todos os obstáculos. É uma mensagem que vale muito para os dias de hoje, onde a gente está vendo o ressurgimento de muita intolerância, e muito de apontar o dedo pras diferenças uns dos outros. A gente tem muita sorte de poder contar essa história", disse Júlia.

 A  adaptação de Romeu e Julieta apresentada em Manaus é do diretor e produtor Michel Bercovitch e tem, além de drama e romance, muito humor. Para Felipe Simas, fazer o público rir é difícil, mas necessário. "A gente se esforça, as vezes é mais difícil fazer humor do que drama. Mas é importante. A televisão mostra muita desgraça e isso acaba chocando um pouco. E se as pessoas não saírem de casa pra pensar e rir também não vale a pena", comentou Simas.

Júlia foi além e disse que essa versão de Romeu e Julieta serve também para "desmistificar um pouco o teatro clássico". "Quando você pensa em Shakespeare, você pensa em tragédia, em drama... por mais que Romeu e Julieta seja uma das tragédias dele, ele era um autor que naquela época escrevia muito pro povo. Então sempre tem humor, por mais que seja trágico,  sempre vai ter cena de humor em Shakespeare. Se Shakespeare não está sendo feito com humor, não está sendo feito direito", acrescentou.

Em cartaz por todo o País, a peça Romeu e Julieta com Felipe e Julia, conta sempre com a participação de artistas locais. "A gente sempre diz que estamos invadindo a praia deles, nós somos os convidados. O teatro é sempre dos atores locais. Tem sido uma troca muito especial pra gente. Nós aprendemos muito em cada cidade e está sendo, até agora, uma experiência incrível", afirmou a artista.

Após duas apresentações em Manaus, os atores embarcam para Macapá (Amapá), onde farão a última apresentação da temporada no próximo fim de semana.

Publicidade
Publicidade