Publicidade
Entretenimento
Vida

Em Manaus, tradicional restaurante português Bernadino's está sob nova direção

Aberto há 37 anos e referência em cozinha portuguesa em Manaus, Bernadino's não conta mais com a direção de seu fundador e foi assumido pela chefe de cozinha Isabel Ferreira e pelo gerente Laudenir Castro 23/05/2015 às 11:14
Show 1
Mesmo com a nova direção, o bacalhau continua sendo o carro-chefe no cardápio do restaurante
Jony Clay Borges Manaus (AM)

Referência em cozinha portuguesa em Manaus, o Bernardino’s já não conta mais com a presença ilustre de seu fundador, José Bernardino Ferreira, desde o final do ano passado, quando o lusitano de 72 anos decidiu que era chegada a hora de voltar à terrinha.

Mas essa casa portuguesa com certeza não ficou abandonada: dois de seus funcionários mais antigos, a chefe de cozinha Isabel Ferreira e o gerente Laudenir Castro, assumiram o negócio e hoje trabalham para manter a tradição e os sabores do estabelecimento aberto há 37 anos.

O bacalhau continua sendo o carro-chefe no cardápio do Bernardino’s: são 17 pratos do pescado nobre em Manaus. “O nome Bernardino’s já é sinônimo do melhor bacalhau”, orgulha-se Laudenir, que trabalha na casa há 17 anos.

A lista inclui desde receitas tradicionais, como os pratos à Saloio ou à Zé do Pipo, até exclusivos da casa. Entre estes está o campeão de pedidos, o Bacalhau na Telha, que apesar do toque lusitano, carrega a assinatura da amazonense Isabel.

“Antes só saíam pratos tradicionais, como à Zé do Pipo ou à moda do Porto. Outros foram receitas que criamos aqui, como o Bacalhau na Telha ou o Arroz de Bacalhau”, revela a chef, há 25 anos à frente da cozinha do Bernardino’s. Ela também compartilha a receita preciosa com os leitores (abaixo).

O cardápio tem ainda o Bacalhau à Bernardino’s: segundo item mais pedido, o prato é servido em lascas com alho poró e creme de leite, e gratinado com queijo. Pescado à parte, a carta oferece como opções arroz de polvo, camarão à Nazaré, carneiro à Ribatejo e filés de carne e frango, além de entradas e sobremesas, entre estas, doces tradicionais lusitanos.

O sabor da terrinha também está no cardápio de bebidas, com destaque para a aguardente portuguesa Bagaceira Velha Neto Costa. Já a carta de vinhos da casa, que andava um tanto desfalcada no final da administração de Bernardino, já traz uma lista de itens essenciais.

“É uma carta de vinhos básica, que vamos ampliar aos poucos. Mas oferecemos aos clientes também a opção de trazer seu vinho e consumir no restaurante”, informa Laudenir, conhecido pela clientela como Deco.

Desafios

Hoje à frente do Bernardino’s, Deco e Isabel são também parte da história do restaurante. Ele começou trabalhando no bar da casa. “Mais tarde, o maître me deu a oportunidade de trabalhar no salão, e a partir daí fui evoluindo”, conta.

Já Isabel entrou na cozinha do local depois de ganhar experiência com a culinária portuguesa. “Trabalhei antes da Casa do Bacalhau, com D. Tereza, que foi a segunda cozinheira do Bernardino’s. Fui vendo como se faziam os pratos, e quando ele me chamou para trabalhar, já sabia fazer tudo”, recorda ela, que assumiu o posto principal de cara. “Quando entrei, achava que seria mais uma cozinheira, mas acabou que fui para tomar conta da cozinha toda!”, conta, divertida.

A experiência na casa ajudou Isabel e Deco a manter o restaurante funcionando após a saída de Bernardino. Ainda assim, os dois enfrentaram desafios e ainda hoje investem para reerguer o local, depois de um período de decadência nos meses que precederam a mudança.

“Muitos produtos antes estavam em falta até para os clientes. Nem vinho havia mais na casa. Hoje estamos focados no trabalho, correndo atrás desses produtos, e já estamos com o cardápio completo e uma carta de vinhos básica”, revela Deco.

Boas perspectivas

A chefe de cozinha e o gerente ainda relutam em assumir o novo status de sócios-proprietários. “Fico até acanhada com isso”, declara Isabel. “Somos apenas dois colaboradores que continuam contribuindo para a marca Bernardino’s”, prefere Deco. Apesar disso, e em meio ao trabalho redobrado que hoje realizam, os dois têm boas expectativas quanto ao restaurante.

“Não deixamos a peteca cair. Alguns clientes que sabem da mudança até nos elogiam. Esperamos continuar fazendo um bom trabalho, recuperar clientes e seguir em frente com o mesmo amor de antes, e até mais, pois agora a responsabilidade é maior”, diz Deco. Isabel, por sua vez, já planeja até incrementar o cardápio. “Quero lançar um prato com um bacalhau mais ensopado, como um guisadinho, com legumes no vapor”, antecipa ela.

Para os fãs do restaurante e da cozinha portuguesa, portanto, vem coisa boa por aí. Sinal de que, apesar da ausência de seu fundador, o Bernardino’s continua em boas mãos.

Saiba +

Funcionamento

O Bernardino’s Cozinha Portuguesa fica na rua Pará, 501, Cj. Vieiralves, N.S. das Graças. A casa abre de terça a sábado para jantar, das 19h às 23h, e às sextas, domingos e feriados para almoço, do meio-dia às 16h.

Estrutura

O restaurante tem 120 lugares em ambiente climatizado, decorado com porcelanas e temas da cultura lusitana.

Contato

O endereço do Bernardino’s no Instagram é o @restauran-tebernardino. Os telefones para contato são (92) 3348-2632 e 99324-0182.

Receita Fácil

Bacalhau na Telha

Ingredientes

5 postas de bacalhau

6 dentes de alho fatiado

500g de batata

300g de brócolis japonês

2 cebolas médias

1 xícara de azeite

1 folha de louro

Azeitonas

Ovos

Sal

Pimenta do reino (opcional)

Modo de preparo

1. Dessalgue o bacalhau colocando-o numa vasilha fechada com água na geladeira por um dia; troque a água de 3 a 4 vezes nesse período.

2. Cozinhe os ovos, as batatas e o brócolis. Corte as cebolas ao meio, enfie um palito em cada metade e leve a cozinhar em água com meia colher de sal; após o cozimento, frite-as levemente.

3. Disponha as postas de bacalhau no meio do pirex, as batatas cozidas e descascadas de um lado, e o brócolis de outro. Jogue azeite por cima e espalhe o louro, os ovos cozidos, a cebola e as azeitonas sobre o prato.

4. Leve ao forno por 30 a 40 minutos.

Publicidade
Publicidade