Sexta-feira, 19 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Vida

Encenação coreográfica 'Entre dragões e armaduras' traz príncipes em cartaz

“Entre dragões e armaduras” foi contemplado no prêmio Proarte 2011, da Secretaria de Cultura (SEC), e é conduzido pelos intérpretes Branco Souza e Márcio Braz


24/04/2013 às 13:29

Ao contrário do primeiro espetáculo, “Bella”, que estreou em fevereiro deste ano e apresentou uma releitura da história da Bela Adormecida, o novo trabalho explora os arquétipos dos príncipes encantados e suas armaduras reluzentes. “A ideia de príncipes que enfrentam monstros e resgatam princesas possibilita explorar como os homens vivenciam o Complexo de Édipo na infância e, consequentemente, os conflitos com a figura paterna”, explicou o responsável pela encenação, Ricardo Risuenho.

“Entre dragões e armaduras” foi contemplado no prêmio Proarte 2011, da Secretaria de Cultura (SEC), e é conduzido pelos intérpretes Branco Souza e Márcio Braz. O terceiro espetáculo da trilogia, “O Bosque”, vai se basear no conto da Chapeuzinho Vermelho para abordar a passagem da infância para a adolescência. A previsão é que o trabalho seja encenado somente no primeiro trimestre de 2014.

O lugar da palavra

Segundo Risuenho, o processo de concepção do espetáculo começou com um estudo de movimento com o bailarino Branco Souza. “A princípio, seria um trabalho solo, mas fomos percebendo a necessidade da palavra dentro da encenação, então veio a ideia de convidar o Márcio Braz para participar”, disse ele.

Por outro lado, em seus 13 anos de carreira como ator, diretor e crítico, Braz ainda não havia atuado como intérprete em um espetáculo de dança, embora já tenha participado de peças que exigiam coreografia. “Estou muito feliz com o resultado e ansioso pela estreia”, declarou.

Para ele, o convite suscita a questão do que é a dança no cenário contemporâneo. “O fato de eu fazer parte de um espetáculo de dança não significa que vou executar coreografias. Meu corpo estará entregue à cena e, por meio dele, os temas levantados pelo trabalho serão potencializados e discutidos”.

Ficha

Encenação Coreográfica: Ricardo Risuenho
Intérpretes:  Branco Souza e Márcio Braz
Cenografia:  Ricardo Risuenho e Nelson Magli
Operação de som:  Iara Lane
Produção: Gisa Almeida

Serviço

o que é  “Entre armaduras e dragões”, de Ricardo Risuenho
onde  Café Teatro, av. 7 de Setembro
quando  Sábado (27), às 20h; domingo (28), às 19h

publicidade
publicidade
Igreja Chama Church realiza Espetáculo Páscoa neste domingo (21)
Cacompanhia de Artes comemora 2 anos com programação para esta semana
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.