Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019
Vida

Erudito e popular são mesclados no Terceiro Encontro de Tenores no Teatro Amazonas

Marcada para acontecer no sábado (04), apresentação une Miqueias William, Everaldo Barbosa, Juremir Vieira, Roney Calazans e convidados



1.gif Os quatro tenores serão acompanhados por piano e cordas sob a regência do maestro Moisés Rodrigues
30/09/2014 às 11:46

Sustentar notas agudas sem sair da linha é o que torna a habilidade do tenor tão admirável. Este sábado (04) no palco do Teatro Amazonas, onde já se apresentaram alguns dos mais famosos donos deste talento, acontece a terceira edição do Encontro de Tenores do Brasil, projeto comandado por pelo cantor lírico amazonense Miquéias William. Ao lado dele, esse ano juntam-se as vozes de Everaldo Barbosa, Juremir Vieira e Roney Calazans, com participação especial da cantora gospel Shirley Carvalhaes, Kátia Freitas e do Coral do Parque da Criança.

Os quatro tenores serão acompanhados por piano e cordas sob a regência do maestro Moisés Rodrigues. No repertório, a ideia foi prezar pelo ecletismo: árias de ópera, clássicos italianos, música gospel e regional totalizarão por volta de 1h30 de apresentação. De acordo com Miquéias William, a terceira edição do projeto merece destaque pelo peso dos convidados nacionais, como os tenores Juremir Vieira e Roney Calazans.

“O Juremir Vieira participa do Festival Amazonas de Ópera (FAO) desde 1999, mas essa será a primeira vez dele no Encontro de Tenores. Merece destaque porque ele, inclusive, chegou a cantar com o [Luciano] Pavarotti”, afirma William, referindo-se à oportunidade que Vieira teve de ter sido escolhido, em 1996, pelo próprio tenor lírico italiano para cantar os papéis de Edgardo em “Lucia” de Lammermoor e o de Mario Cavaradossi em “Tosca”.

Já Roney Calazans, natural de Brasília, participa pela segunda vez do projeto. William diz ter se encantado com o estilo de voz do cantor e, por isso, resolveu trazê-lo novamente para o evento.

PONTOS ALTOS

Miquéias William considera a participação da cantora Shirley Carvalhaes um dos momentos mais esperados do Encontro de Tenores. Considerada um dos expoentes da música cristã (foi a cantora que mais vendeu discos do gênero nos anos 80 e 90), Shirley representa forte influência para o próprio William, que costumava a entoar músicas de sua autoria na igreja.

“Eu comecei cantando na igreja e costumava a cantar as músicas dela. Ela é pioneira, respeitadíssima, uma verdadeira dama da musica cristã. E depois de 14 anos de dedicação ao canto lírico, terei a oportunidade de rever minhas raízes neste dueto” frisa William.

O Coral das Crianças é outra novidade empolgante na opinião do tenor amazonense. Há dois meses ele comanda o grupo cuja faixa etária vai de 8 a 12 anos. Esta será a primeira vez dos pequenos em um palco da magnitude do Teatro Amazonas, e na ocasião, eles dividem as vozes de “Amazonas Moreno” e “Funiculí, Funiculá” com William, Calazans e Barbosa. Uma verdadeira mistura do popular com o erudito, na medida certa.

Serviço

O quê: 3º Encontro de Tenores do Brasil

Quando: Sábado (4), às 20h

Onde: Teatro Amazonas (Centro)

Quanto: Plateia e frisas R$40 / 1º e 2º pavimento R$30 / 3º pavimento R$20

Info: 3232-1768

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.