Publicidade
Entretenimento
Esquenta carnaval

Escolas de samba de Manaus esquentam os tamborins para desfile deste sábado

Desfile das principais escolas de samba do Grupo Especial acontece neste sábado, a partir das 20h, no Centro de Convenções de Manaus 09/02/2013 às 09:57
Show 1
Última campeã do Estandarte do Povo, em 2011 e campeã do Carnaval de 2012, a Reino Unido vai entrar na avenida para cantar o enredo sobre " O livro"
Florêncio Mesquita Manaus

 O desfile das oito escolas de samba do Grupo Especial do Carnaval de Manaus, no Centro de Convenções de Manaus, o ‘Sambódromo’,  acontece neste sábado, às 20h, e deverá reunir até 200 mil espectadores nas arquibancadas e no entorno. As agremiações entram na avenida para disputar o titulo da campeã do Carnaval e o Estandarte do Povo, oferecido pela Rede Calderaro de Comunicação (RCC).

A primeira a esquentar a passarela do samba será  o Grêmio Recreativo Escola de Samba Presidente Vargas, da Zona Sul. A escola conquistou o direito de integrar o grupo principal depois de ser a campeã do Grupo de Acesso A em 2011. A agremiação aposta no enredo “Em seus espelhos se reflete a tradição, nos esportes, garra e coração. Atlético Rio Negro Clube – 100 anos de amor e paixão” para  abraçar o troféu de campeã.

Uma hora e vinte minutos, depois as cores azul, amarelo e branco da Presidente Vargas dão espaço ao verde e rosa  Vitória Régia, do bairro Praça 14 de Janeiro,  Zona Sul. Este ano, a escola leva para a avenida o enredo “O centenário do Nacional em verde e rosa no nosso carnaval”. A escola promete uma homenagem ao Nacional Clube desenhando a história e as conquistas do clube da Vila Municipal.

As 22h40, a voz da Zona Leste, a escola A Grande Família, do bairro São José Operário, entra na avenida prometendo aumentar a polêmica dos problemas da cidade com o enredo “Meta a boca Manaus. O povo vai falar e a Grande Família vai mostrar”. A escola topou o desafio de falar das feridas da cidade no transporte coletivo, educação, segurança, e também sacudir a população mostrando que ela também tem culpa, principalmente, na invasão de terras, falta de planejamento familiar, além da poluição de igarapés.

Rompendo o dia

À meia noite, a Balaku Blaku, escola que representa o Centro, será a quarta a desfilar. Desta vez, a agremiação  usará as cores vermelho e branco para contar o enredo “Quem desdenha quer comprar… Uma odisséia contada em cifrões”.

Em seguida vem  a atual campeã do Carnaval de Manaus, a Reino Unido da Liberdade. A escola do Morro da Liberdade, Zona Sul,  começa a desfilar a 1h20. O povo do Morro defenderá o campeonato contando em verde e branco o enredo “O livro… porque no Morro o samba é Lê-ler”.

Publicidade
Publicidade