Publicidade
Entretenimento
Vida

Escolas de samba de Manaus vão receber R$ 3,5 milhões em patrocínio do governo

A Secretaria de Estado da Cultura (SEC) lançou nesta sexta-feira (9) o edital de credenciamento de patrocínio, que vão de R$ 264.113,00 a R$ 22.574,00 para cada agremiação 09/01/2015 às 17:35
Show 1
Desfile da Aparecida no Carnaval em 2014
acritica.com* Manaus (AM)

O Governo do Estado vai destinar R$ 3.545.213,00 em patrocínio que serão distribuídos as escolas de samba de Manaus de quatro grupos. A Secretaria de Estado da Cultura lançou nesta sexta-feira (9) o edital de credenciamento de patrocínio para o Carnaval 2015, que acontece de 12 a 14 de fevereiro, no Sambódromo.

O prazo para inscrição vai até o dia 19 de janeiro. E a apresentação da documentação para o credenciamento pode ser feita na SEC (Av. Sete de Setembro, 1546, Anexo ao Centro Cultural Palácio Rio Negro, Centro).

O edital e seus anexos, que estão disponíveis no site www.editaisculturamazonas.gov.am.br desde a noite de sexta, são destinados a todas as escolas de samba do grupo Especial e às dos grupos de acesso A, B e C.

“Nosso compromisso é, acima de tudo, com o povo. E o Carnaval é uma das maiores manifestações da cultura popular do nosso Estado, por isso estamos acelerando o quanto podemos as providências para que essa festa seja um sucesso”, disse o governador do Amazonas, José Melo.

Recursos

Neste ano, assim como nos demais, regulamento, jurados e ordem de apresentação fica por conta das escolas de samba. O governo entra com o patrocínio que será distribuído da seguinte forma: R$ 264.113,00 para cada escolar do Grupo Especial, que totalizam nove escolas; R$ 124.156,00 para cada escolar do Grupo de Acesso A, que reúne seis escolas; R$ 62.078,00 para cada escolar do Grupo de Acesso B, no total de cinco; e R$ 22.574,00 para cada escolar do Grupo de Acesso C, que soma cinco também.

Todos os itens que constam no edital foram discutidos em uma reunião realizada na manhã desta sexta entre os representantes das escolas de samba e o secretário de Estado de Cultura, Robério Braga.

*Com informações da assessoria

Publicidade
Publicidade