Publicidade
Entretenimento
Pets

Escolha o seu: Conheça o cachorro ideal para cada faixa-etária

Especialistas dão dicas de como escolher um cão de estimação com personalidades de acordo com a idade do dono 16/10/2016 às 05:35
Show portal pets
Seja de raça ou não, apaixonados por cachorros têm uma grande variedade de opções para escolher
Natália Caplan Manaus

Quem tem filhos que amam animais, um dia, pode encarar aquele rostinho com olhos grandes e pidões fazer um pedido especial: “Posso ter um cachorro?”. Mas com tantos tamanhos e personalidades, fica difícil escolher um. Até mesmo adotar um mestiço ou sem raça definida (SRD) requer uma “análise”. Afinal, os cães também têm personalidades e se encaixam em diferentes tipos de família.

De acordo com especialistas, se já há um bebê na casa, os mais indicados são Pug, Spitz Alemão (Lulu da Pomerânea), Beagle e os Buldogues Francês e Inglês. Para as crianças maiores, os ideais são Maltês, Shih Tzu, Dachshund e Golden Retriever. Jovens e adolescentes podem encontrar uma boa amizade com um Labrador, Bull Terrier, Border Collie ou Schnauzer. Entretanto, o vira-lata é o queridinho para qualquer idade.

“O Rottweiler, por exemplo, é brincalhão, apesar de as pessoas terem outra visão. Raças de pelos longos costumam ser mais calmas, como o Chow Chow, que não é muito de interação. Mas depende da utilização: têm cães de guarda, de companhia, pastores, para caça e com habilidades para auxiliar pessoas com deficiência. Também recomendo vira-latas, que são bons quanto os de raça”, diz o veterinário e adestrador Fábio Gato Lopes.

Segundo Patrícia Padovez, veterinária e coordenadora técnica da Farmina Pet Foods, antes de adotar o animal, além de escolher a raça, é preciso preparar a casa e a rotina da família para receber o pet. “Cães exigem dedicação diária. Os donos precisam ter tempo para passear e brincar com o animal, além de cuidar da alimentação e higiene do pet. Sem esquecer o amor e carinho, que são fundamentais para que ele se sinta bem-vindo”, enfatiza.

Bebês

Pug: é o cachorro perfeito para quem fica em casa. Dócil, tranquilo e brincalhão, pode ficar horas descansando ao lado do dono e do neném.

Spitz Alemão: com seu pequeno porte, o famoso ursinho em miniatura é muito alegre, expressivo e inteligente.

Beagle (foto): mesmo bastante bagunceiros, aprendem comandos com facilidade e sem perder a alegria. Além disso, é leal e independente.

Buldogue Francês: sociável, afetuoso e paciente, é um excelente companheiro para bebês, já que as atividades favoritas são brincar e dormir.

Buldogue Inglês: uma das raças mais amáveis do mundo canino e se adapta bem às crianças.

Crianças

Maltês: conhecido pela agitação, tem pique e disposição para brincar, é gentil e fácil de lidar.

Shih Tzu (foto): é extrovertido, alerta, ativo e uma ótima companhia.

Dachshund: curioso, aventureiro e brincalhão, o “salsicha” é popular entre a garotada.

Golden Retriever: confiável e inteligente, também não perde uma oportunidade de brincar.

Pré-adolescentes

Labrador: é inteligente, confiável e ótimo companheiro para atividades que gastam bastante energia.

Bull Terrier: perfeito para jovens atletas; é forte, resistente e bem esperto.

Border Collie: é espoleta, mas obediente quando adestrado. Precisa de espaço e alguém para brincar.

Schnauzer: sociável e amigável, é apegado ao dono e acompanha a família; é bem comportado e pode tanto viver em casa com quintal, quanto em apartamento.

Todas as idades

Vira-lata: o cão sem raça definida com certeza se encaixa em todas as famílias; sua natureza desconhecida faz com que cada um seja único e com características singulares. São bons companheiros e dificilmente ficam doentes.

Publicidade
Publicidade