Publicidade
Entretenimento
EXPEDIÇÃO

Especialista em chás, Dani Lieuthier fala sobre curiosidades da bebida

De passagem por Manaus, a sommelier vai ministrar o curso “Introdução ao Mundo dos Chás”, no próximo dia 17, de 19h às 21h, no Rota do Chá 15/07/2018 às 08:20
Show vida0515 52f
Foto: Divulgação
Mayrlla Motta Manaus (AM)

O Chá é uma das bebidas mais consumidas no mundo, segundo o relatório “Chá global: tendências de consumo convergem em torno de bebidas fermentadas”, da Euromonitor International. O verdadeiro chá vem da planta Camellia sinensis, que dá origem a seis tipos de chá, entre eles o verde, branco e preto. 
Para quem é apaixonado pela bebida, eis uma oportunidade para se aprofundar ainda mais. A especialista em chás e fundadora do Instituto Chá, Dani Lieuthier, está fazendo uma expedição pelo Norte e Nordeste do País com cursos e palestras falando sobre a cultura da bebida. 

Em Manaus, a sommelier de chás vai ministrar o curso “Introdução ao Mundo dos Chás” no próximo dia 17, de 19h às 21h, no Rota do Chá, localizado na Rua Rio Pauini, nº 12, Vieiralves. O investimento é de R$ 130 e as inscrições podem ser feitas através do telefone (92) 98227-5056.

No curso, a especialista falará sobre as diferentes variações e tipos de processamento da bebida produzida a partir da Camellia sinensis, além de abordar como outros países produzem o chá. Nos últimos cinco anos, Dani viajou para diversos países da Ásia, como China, Nepal, Sri Lank, Tailândia, Marrocos, Turquia e Geórgia, bem como França e Inglaterra, com o intuito de aprofundar a pesquisa sobre a bebida. 

Ela já trabalhou em casas e plantações de chá, o que turbinou o currículo de Dani. No curso ela falará também sobre as experiências nesses locais e lugares que já passou por todo o mundo. Atualmente, ela é consultora de chá da Matte Leão e trabalha com análise sensorial, que consiste em analisar o aroma, sabor, coloração e processamento do chá, que segundo ela é chamado de licor de chá.

“Vai ser um curso introdutório para trazer essa primeira informação para o público em geral que se interessa pelo chá. Daremos dicas de como preparar o chá: tempo de infusão, os tipos de chá, além de degustação de seis tipos de chás de diferentes países e análise sensorial deles”, explica Dani.

Expedição

A expedição de Dani pelo Norte do Brasil visa fortalecer o poder das plantas brasileiras, principalmente em termos de cura através das medicinais. “A maioria das ervas e plantas usadas no Sul e Sudeste para infusão não são nativas, ou seja, vem da Europa ou Ásia. O Instituto Chá tem o lado de pesquisa e conteúdos que visa fortalecer as nossas plantas brasileiras, através do projeto Brasil Aflora. Gosto de usar o termo Medicina Tradicional Brasileira, que junta o conhecimento do povo para que a população encontre a cura através das nossas plantas”, complementa.

Na capital amazonense, Dani conheceu as plantas medicinais cultivadas no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) e Universidade Federal do Amazonas (Ufam). “Conhecemos as plantas e jardins  cultivados ali para entendermos mais sobre as propriedades medicinais dessas plantas, o que nos permitirá difundir melhor a medicina tradicional brasileira”, finaliza.

Publicidade
Publicidade