Terça-feira, 21 de Maio de 2019
ARTES CÊNICAS

Espetáculo amazonense está entre os indicados ao Prêmio Brasil Musical

Peça “Helena”, produzida pela companhia Ateliê 23, participa de votação popular na categoria Musical Norte



b0115-10f_2193375A-709E-435B-9333-DDE39672F2D8.jpg
Trabalho volta a ser apresentado no dia 19 de fevereiro, no Teatro Amazonas (Larissa Martins/Divulgação)
15/01/2019 às 15:09

Manaus tem um representante na lista de indicados à primeira edição do Prêmio Brasil Musical, que será entregue no Rio de Janeiro. O espetáculo “Helena”, que o grupo Ateliê 23 estreou em novembro do ano passado, concorre na categoria Musical Norte junto a produções de Belém e Macapá, e o vencedor será decidido por meio do voto popular. A votação online já está aberta (acesse aqui) e os resultados serão divulgados no início de fevereiro.

Inspirado numa história real, “Helena” aborda a trajetória de uma mineira que vive em Manaus, é professora, mãe e tem na fé a sua fortaleza. A inspiração para a peça biográfica é a mãe do diretor do Ateliê 23, Taciano Soares, que recebeu com surpresa a indicação ao Prêmio Brasil Musical. “O espetáculo é relativamente recente, e o grupo nunca tinha participado de uma premiação desse tipo. Ficamos mais felizes ainda em saber que é uma iniciativa que tenta de fato abranger todo o País para se intitular brasileiro”, comenta ele, que também está no elenco.

Segundo Taciano, “Helena” nunca teve a pretensão de ser um musical ao estilo Broadway, mas desde o início do processo criativo o grupo entendia que a música seria uma maneira de potencializar a história da protagonista. “Vimos que ela sempre gostou de cantar, e a música também sempre esteve muito relacionada com a religiosidade dela. Ao mesmo tempo, era um desejo do Ateliê trabalhar cada vez mais as músicas autorais nos nossos trabalhos, algo que vem desde ‘Da Silva’ [espetáculo de dança de 2016]. Dessa vez, queríamos intensificar isso com o coro”.

A preparação musical ficou a cargo da atriz e cantora Krishna Pennut, outra integrante do elenco. O cantor e compositor Number Teddie assina a trilha sonora, que recebeu ainda colaboração de Eric Lima, Krishna e Taciano nas melodias. “Helena” volta a ser apresentado em Manaus no dia 19 de fevereiro, no Teatro Amazonas.

Parceria

A parceria entre Teddie e o Ateliê 23 vem desde o espetáculo de dança-teatro “Janta” (2018). Esse encontro tem rendido composições que se diferenciam do trabalho solo do artista, cuja marca é a mistura de ironia e humor ácido a elementos da música pop e eletrônica. Em “Helena”, particularmente, a trilha segue uma pegada mais popular, remetendo à presença da ancestralidade que atravessa toda a peça.

“O Eric ouviu uma música minha só voz e piano, ‘Quarta Série’, e achou que era a pegada do grupo. Daí surgiu o convite para compor para eles e fui ficando”, conta Teddie, que lançou recentemente o clipe do single “Minha vida é chata”. “O processo foi muito livre e orgânico. Não senti como algo difícil por ser diferente do meu trabalho solo. Fiquei tão imerso que só fui sentir essa diferença quando a peça já estava pronta”.

Reconhecimento

Na categoria Norte do Prêmio Brasil Musical, “Helena” foi indicado ao lado de “As Bruxas de Oz” (PA), “Como é que se diz ‘Eu te amo’” (PA), “Despertar da primavera” (PA), “Fábrica de sonhos” (PA), “O gênio dos musicais” (PA) e “Memory Cats” (AP).

São 27 categorias ao todo e o destaque desta primeira edição é o musical “Pippin”, com 18 indicações. “Romeu e Julieta”, com 14, e “Bibi – Uma Vida em Musical”, com 13, também se sobressaem na longa lista. Parte dos vencedores será decidida por votação do júri e a outra parte por voto popular.

O ator e produtor amazonense Matheus Sabbá, que vem se especializando em teatro musical desde a faculdade, foi um dos participantes na seleção dos indicados ao prêmio e comemora o momento que o segmento vive no País. “A cena está crescendo bastante, os profissionais estão buscando cada vez mais a profissionalização. O meu desejo é que Manaus continue crescendo nesse ano. Falando de cena nacional, a palavra agora é descentralizar. Os eixos já estão saturados e o mercado está expandindo para outras regiões, isso é bom”.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.