Publicidade
Entretenimento
Vida

Espetáculo 'Canastrões' traz ator Gracindo Jr. e família ao Teatro Amazonas

Com direção e encenação do espanhol Moncho Rodriguez, a família Gracindo se reúne em cena, homenageando o centenário do grande ator Paulo Gracindo e o seu legado de dedicação ao teatro, o ofício que está sendo passado de pai para filho 22/05/2013 às 13:03
Show 1
A peça é uma fusão de linguagens, lendas, histórias, paralelos de memórias e imaginários que pretendem realizar um teatro com identidade própria
acritica.com* Manaus, AM

Chegou a vez do Teatro Amazonas receber o espetáculo “Canastrões”, com o ator Gracindo Jr., acompanhado de seus dois filhos, Pedro e Gabriel Gracindo, nos dias 31 de maio e 1º de junho, às 20h. A realização é do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, que prepara ainda um workshop com Gracindo Jr. para acontecer no Centro de Artes Cláudio Santoro, com dia e data a confirmar.

Com direção e encenação do espanhol Moncho Rodriguez, a família Gracindo se reúne em cena, homenageando o centenário do grande ator Paulo Gracindo e o seu legado de dedicação ao teatro, o ofício que está sendo passado de pai para filho. Isso, lógico, incluindo seus dissabores, seus momentos mágicos, as técnicas, os conceitos, os valores escondidos por trás de cada opção na construção da carreira.

A peça é uma fusão de linguagens, lendas, histórias, paralelos de memórias e imaginários que pretendem realizar um teatro com identidade própria, contada na história de três atores/personagens pelo universo mágico da poética teatral de todos os tempos.

De forma poética e palatável, “Canastrões” tem como margem a retórica sobre o próprio tema e o como isso acontece totalmente interligado com os demais elementos em perfeita sintonia, induzindo a plateia a pensar o teatro de ponta a ponta: sua história, sua presença no Brasil, sua linguagem como acontecimento único diante do público e os aspectos práticos referentes à sua realização.

Como se não bastasse, para a crítica especializada as semelhanças físicas dos atores somaram à peça e o espetáculo encanta pelo visual.

No mais, a proposta da peça é uma reflexão sobre o papel do ator na arte. E tudo começa diante de um baú (ou canastrão) que vão saindo dúvidas, pensamentos e tarefas da vida dos artistas.

O que chama também atenção, claro, é a reunião de duas gerações da família Gracindo, os herdeiros do “Bem-Amado”.

No espetáculo, destaca-se ainda os diálogos bem-humorados, que fazem referências a clássicos como Hamlet, Macbeth (ambas de Shakespeare) e Antígona (de Sófocles). E a trilha sonora também é muito importante para o espetáculo que chega a ter toques de musical. Pedro Gracindo toca alguns instrumentos como rabeca, flauta e uma espécie de sanfona. “Canastrões” tem patrocínio máster dos Correios.

Serviço

O QUÊ: "Canastrões", com Gracindo Jr.
QUANDO: 31/05 e 01/06 as 20h
VALOR: Platéia, Frisas e 1º Pavimento: R$ 60,00

   2º Pavimento: R$ 40,00

   3º Pavimento: R$ 20,00

INFORMAÇÕES: Venda na bilheteria do Teatro Amazonas e no site www.bestseat.com.br

* Com informações da Press Comunicação

Publicidade
Publicidade