Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
publicidade
Orquestra_de_C_mara_do_Amazonas_-FOTO_Michael_Dantas_2_1702BA17-F289-47E2-9816-01B096D9F170.jpg
publicidade
publicidade

CULTURA

Espetáculo infantil e cantata 'Carmina Burana' encerram Festival Música na Estrada

Com entrada gratuita, eventos acontecem no domingo e contam com a participação de orquestras, corais e do Corpo de Dança do Amazonas


22/03/2019 às 15:44

Dois concertos para o público infantil e a clássica cantata cênica “Carmina Burana” serão os espetáculos do último dia do 8º Festival Música na Estrada, neste domingo (24/3), às 11h e 19h, no Teatro Amazonas. Com entrada gratuita, os eventos contam com a Orquestra de Câmara do Amazonas (OCA), Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas (BECDA), Amazonas Filarmônica, corais do Amazonas e Infantil do Liceu Claudio Santoro, além da participação de três solistas convidados.

Apresentado pela Caixa Seguradora, o Festival Música na Estrada 8ª edição é uma realização do Governo Federal, por meio do Ministério da Cidadania através da Lei Rouanet, da Kommitment Produções Artísticas e, em Manaus, conta com a parceria da Secretaria de Estado de Cultura do Amazonas (SEC).

Às 11h de domingo, a OCA e o Balé Experimental do CDA recebem o público para apresentar as obras “Sinfonia dos Brinquedos (ca.1760)”, de Edmund Angerer, e “O Carnaval dos Animais, grande fantasia zoológica (1886)”, de Camille Saint-Saëns. O evento é destinado ao público infantil. Durante a primeira parte da programação, as crianças da plateia serão convidadas a subir ao palco e tocar os instrumentos juntamente com a OCA.

De acordo com o maestro Marcelo de Jesus, regente titular da OCA, pela manhã, os espectadores encontrarão um Teatro Amazonas mais acolhedor, com as luzes do Salão de Espetáculos acesas e com os músicos e bailarinos em posição no palco para receber a plateia.

"Já deixamos as luzes acesas e ficamos prontos para receber e conversar com a plateia assim que ela chega. O intuito é não intimidar, por isso não há a entrada da orquestra, é tudo mais acolhedor, informal e leve. A parte lúdica já começa nesse momento, quando começamos a interagir com os pais e crianças", explica.

Após tocar uma parte da "Sinfonia de Brinquedos", o maestro irá conversar com as crianças sobre a família de instrumentos e depois formará uma orquestra mirim. Marcelo de Jesus ressalta que o intuito é interagir e brincar, se distanciando de qualquer diálogo didático e formal.

“Explicamos as famílias de instrumentos, de cordas e de sopros, por exemplo, sempre se referenciando a eles de forma lúdica e não de forma técnica, queremos que eles se envolvam”, diz o maestro. “Após formarmos uma orquestra, eles experimentam os instrumentos, que envolvem chocalho, apito, pandeirinho, e depois eles tocam juntamente com a OCA”, detalha Marcelo de Jesus.

O maestro também ressalta a repercussão da obra, que já foi creditada ao compositor Joseph Haydn e ao pai de Mozart. “Ela ficou muito famosa e por isso foi atribuída a diversos compositores famosos. Ela não foi criada originalmente para ser algo muito infantil, mas nessa versão fazemos algo mais lúdico. Esperamos que as famílias aproveitem o programa”.

Carnaval dos Animais - Após tocar com a OCA, será a vez das crianças aproveitarem o “Carnaval dos Animais”, que contará com a participação especial do Balé Experimental do CDA.  Segundo o maestro Marcelo de Jesus, na obra de Camille Saint-Saëns, os instrumentos imitam sons de animais, enquanto os bailarinos performam em solos, duetos e em grupo. A coreografia é da bailarina e professora de dança do CDA, Adriana Goes.

“Cada bailarino simula aspectos de animais em trejeitos humanos e assim temos algo muito leve de ver e que diverte os pequenos. Como uma das cenas onde temos uma bailarina ‘emburrada’, que faz birra por querer um brinquedo, enquanto isso os violinos imitam o som do animal. É um espetáculo bem diverso para todos os gostos”, diz Marcelo de Jesus.

Carmina Burana - Às 19h, a Amazonas Filarmônica, o Coral do Amazonas e o Coral Infantil do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro apresentarão a clássica cantata cênica “CarminaBurana” (1936), do compositor alemão  Carl Orff  (1895-1982).

O espetáculo contará com três solistas convidados: o tenor gaúcho Flávio Leite, o barítono carioca Inacio De Nonno e a soprano ítalo-brasileira Camila Titinger. A regência é do maestro Luiz Fernando Malheiro, titular da Amazonas Filarmônica.

A obra é baseada na coletânea de escritos medievais homônima, que reúne textos sobre amor, sorte e azar, a primavera e bebidas.  Segundo o maestro Malheiro, a obra teve sucesso popular instantâneo, sendo montada repetidas vezes mundo afora desde sua estreia. A primeira parte da obra, “Fortuna”, já foi trilha sonora de diversos filmes e séries sendo a mais conhecida pelo público.

“Em uma análise detalhada, é uma cantata profana, com base na letra, e em termos de composição há obras mais complexas, porém, ‘Carmina Burana’ exerce um fascínio popular extremo. O público, geralmente, conhece o início da cantata, mas não ela completa”, declara o maestro.

O maestro também destaca a participação dos solistas convidados e a troca de experiências com os músicos do Amazonas.  

“É uma honra recebê-los aqui. O Inacio De Nonno, que faz a maior parte da obra por ser o barítono, é um excelente profissional e um professor de canto que já formou diversos alunos no País. O Flávio Leite já participou de diversas óperas importantes, já tendo atuado, inclusive, em ‘Carmina Burana’. Já a soprano Camila Titinger é uma profissional com uma carreira brilhante pela frente, com destaque no exterior e com um canto muito bonito. Acredito que esta troca de experiências com os nossos músicos é essencial para nossa região e cultura musical”.

Festival - Desde 2011, o Festival Música na Estrada promove acessibilidade, formação de plateia e aprimoramento musical por meio do intercâmbio e da valorização de conteúdos artísticos de várias regiões do País.

Considerado um dos projetos mais relevantes no Norte do Brasil e já incorporado ao calendário de muitas cidades, a 8ª edição do Festival ocorre no período de novembro de 2018 a maio de 2019 nas cidades de Boa Vista, Belém, Manaus, Brasília e Porto Velho.

Confira a programação completa e outras informações sobre o Música na Estrada por meio do site do Festival (www.musicanaestrada.art.br) e das redes sociais do projeto:Facebook(facebook.com/projetomusicanaestrada) e Instagram (@musicanaestrada)

publicidade
publicidade
Ícone da MPB, cantora Joanna abre 8º Festival Música na Estrada nesta sexta (22)
Festival Música na Estrada oferece oficinas e traz grandes nomes da ópera ao AM
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.