Domingo, 18 de Agosto de 2019
Vida

Estado de graça: mulheres grávidas ficam mais bonitas?

A obstetra e presidente da Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Amazonas, Drª. Ilka Espírito Santo, afirma que a premissa é sim verdadeira. Segundo ela, o “banho de hormônios” que as mulheres recebem durante a gravidez realmente contribui para deixar a pele e os cabelos mais bonitos



1.jpg Aretha Lins, grávida pela primeira vez aos 35, diz que a gravidez trouxe brilho aos cabelos, à pele, e, claro, aos olhos da nova mãe
06/05/2013 às 08:39

“Gravidez é um estado de graça”, assim a funcionária pública e mãe de primeira viagem, Karen Suano de Oliveira, 35, descreve a beleza de estar grávida. Beleza que é interior, mas também física, já que, como grande parte das mulheres gestantes, ela percebeu que o cabelo, a pele e mesmo as formas mais arredondadas do corpo lhe emprestaram uma feição exuberante. A pergunta é: quando engravidam, as mulheres ficam mesmo mais bonitas?

A obstetra e presidente da Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Amazonas, Drª. Ilka Espírito Santo, afirma que a premissa é sim verdadeira. Segundo ela, o “banho de hormônios” que as mulheres recebem durante a gravidez realmente contribui para deixar a pele e os cabelos mais bonitos. “No período da gravidez, há um aumento significativo de progesterona e estrogênio”, diz a especialista, lembrando que este último é considerado “o hormônio da juventude”.

Mas o oposto também é procedente, ela afirma. “Depende muito de como a mulher lida com a gravidez. O lado emocional também vai influenciar muito se ela vai se sentir bonita ou não”, diz a médica. Portanto, contribui para isso o cuidado que uma mulher grávida passa a ter com o corpo e o próprio sentimento de plenitude que a gravidez proporciona. Ou seja: assim como ela pode se sentir mais bonita, se a gravidez, por algum motivo, consciente ou não, for rejeitada, é possível que a mulher comece a pensar justamente o contrário.

ContrapontoA profissional de relações públicas, Aretha Lins, 35, também é mãe pela primeira vez e diz que o cuidado com o corpo é fundamental: ela faz atividade física regularmente em uma academia com foco no público de mulheres gestantes. Soma-se a isso a alegria do primeiro filho e, claro, as alterações hormonais já citadas. “Eu me sinto muito melhor. Minha pele está brilhando mais. E acho minha barriga bonita. É bem redondinha, todo mundo fala”, orgulha-se.

Segundo Karen Suano, cuja frase abriu esta matéria, a pele e os cabelos realmente ficam mais bonitos, e “até as unhas crescem mais”. Porém, ela também observa outro lado desta história. “Se grávida fica mais bonita, não é bem assim não”, diz ela. “Eu sinto a diferença, os quilinhos a mais”, diz ela, confessando que “sempre foi um pouco vaidosa” e que faz atividade física três vezes por semana. “Faz parte do ‘projeto gravidez’ ficar bonita”, defende.

Saiba +

Programa específicoNa Companhia Athletica, o programa voltada para as gestantes comtempla Hidroginástica, Natação, Solo Gestante (alongamento mais trabalho de força), Musculação, entre outros. “O ideal é a gestante fazer um programa específico para suas necessidades e ainda poder trocar experiências com outras mães”, diz a gerente técnica Karine Alexandrino.

Saúde, bem estar e beleza

O foco da maioria das mulheres na gravidez é, claro, a vida do bebê. Mas a linha entre saúde, bem estar e beleza, sendo tênue, pode ligar os interesses e economizar esforços. Para atender a esse público, especificamente, academias como a Companhia Athletica e Corpo e Movimento, estão com foco específico nas gestantes, preparam programas voltados exclusivamente para atender à demanda delas. “Nós temos um programa só para grávida, que contempla musculação (às que já fazem atividade física), pilates e hidroginástica”, diz Cristiane Morgado, da Corpo e Movimento.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.