Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019
Vida

Estilistas locais apostam em produtos emanados da natureza para suas coleções

Mirando alto, alguns militantes da cena local encontraram na sustentabilidade uma possível porta de entrada para o reconhecimento nacional, quiçá mundial, e mostram que conseguiram êxito em aproveitar o melhor que a marca Amazônia lhes oferece



1.jpg Fashion e sustentável
04/06/2014 às 09:56

Em uma temporada durante a qual os olhos do mundo estarão voltados para cá, a boa divulgação dos talentos das pratas da casa poderá lhes dar peso de ouro. A moda amazonense e o mutirão de profissionais envolvidos representa um dos nichos na espera deste lugar ao sol. Mirando alto, alguns militantes da cena local encontraram na sustentabilidade uma possível porta de entrada para o reconhecimento nacional, quiçá mundial, e mostram que conseguiram êxito em aproveitar o melhor que a marca Amazônia lhes oferece.

“Nós estamos em um lugar onde já existe uma etiqueta que todo mundo quer conhecer, a Amazônia. Existe esta curiosidade a respeito daqui”, afirma Cristiane Batista, dona da grife Santa Cris, ao explicar a força da nossa região no imaginário popular. Ela sabe o quanto isto gera interesse por parte do estrangeiro, por isso, criou especialmente para a Copa do Mundo 2014 a coleção de biquinis batizada “Sonhos Pescados”. Como diferencial, além dos motivos amazônicos, as 80 peças foram produzidas com pedaços de couro de tambaqui - devidamente ofertados pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa).



O lançamento de “Sonhos Pescados” acontece tanto em Manaus, por meio de desfile que ocorre hoje a partir das 14h no Studio 5 Festival Mall, como em São Paulo durante a Natural Tech - 10ª Feira Internacional de Alimentação Saudável, Produtos Naturais e Saúde, a qual inicia hoje e encerra no sábado (7). A sócia de Cristiane Batista, Michelle Guimarães, embarcou ontem para a capital paulista para representar a marca.

“A exposição em São Paulo é uma tentativa de alavancar a marca para o mercado nacional e até internacional. A ideia é iniciar exportações a partir de outubro”, adianta a estilista. “A coleção foi feita especificamente para a Copa pois traz o apelo regional, a identidade amazônica no material. A ideia é atender ao público estrangeiro. É uma peça fácil de levar na mala: é pequena, não quebra, não amassa”. A coleção “Sonhos Pescados está disponível para compra a partir de hoje (informações no site www.santacris.com.br e pelo Instagram @santa_cris).

Cabedal

Ainda na linha de itens fashion feitos a partir de produtos naturais, nesta sexta-feira (6) será realizado o segundo evento do Cabedal de Criadores, grupo de estilistas e artistas de moda que conduzem criações sustentáveis. Por meio do desfile “Manaus o Coração da Floresta”, eles irão mostrar na prática que é possível conceber roupas bem-feitas, elegantes e com um toque regional.

Segundo Rita Prossi, vice-presidente do Cabedal, a criação do grupo ocorreu da união de esforços dos frequentadores de um curso de moda feito no Sebrae/AM. “Descobrimos que havia muitos estilistas no Amazonas, mas que eram desconhecidos. E o que fazer para o trabalho deles ser conhecido?”, questionou-se a estilista, à época. “Daí, pensamos como funcionavam os fashion weeks em todo o Brasil e tivemos a ideia a primeira semana de moda de Manaus”.

Neste processo, Rita foi até o São Paulo Fashion Week ver como as coisas funcionavam de perto. Retornou à capital baré convencida de que a melhor estratégia seria iniciar o projeto por aqui com pequenas ações. Em janeiro aconteceu a primeira: no auditório do Sebrae, foi realizado um pequeno desfile para apresentar os estilistas. E agora, na sexta, acontece a segunda parte de uma pretensiosa ideia: até o fim do ano, realizar a sonhada semana de moda, com todas as pompas características de eventos do tipo - inclusive, com presenças internacionais.

A ideia, para a vice-presidente, é até meados de outubro deste ano inaugurar a loja física do Cabedal de Criadores. As criações, segundo Rita, permanecerão com a mesma pegada. “Queremos manter a linha sustentável. A gente pretende mostrar esse diferencial, não ser mais uma moda, e sim, uma moda com conceito. E para a gente ter um conceito, precisamos da sustentabilidade, pois a gente mora num estado que chama a atenção do mundo inteiro”.

Saiba mais

O desfile do Cabe-dal de Criadores será restrito apenas para convidados. As criações, no entanto, ficarão expostas a partir de segunda e ficam durante toda a temporada de Copa do Mundo no Espaço Ecam do Manauara Shopping.

Serviço

o quê: Desfile de lançamento da coleção “Sonhos Pescados”

onde: Studio 5 Festival Mall

quando: Hoje, às 14h

o quê: Exposição do Cabedal de Criadores

onde: Espaço Ecam (Manauara Shopping)

quando: Todos os dias


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.