Publicidade
Entretenimento
ARTES

Eventos destacam a cultura oriental em Manaus a partir desta quarta (19)

Espetáculo teatral com grupo chinês e exposição de obras produzidas por artistas japoneses são iniciativas para estreitar laços culturais entre os continentes 19/09/2018 às 15:42 - Atualizado em 19/09/2018 às 15:54
Show whatsapp image 2018 09 19 at 15.39.52 4d6c8d44 76bb 4fb6 8323 d018f395e531
Grupo Artístico do Dragão e Leão, da Universidade Chinesa de Hubei, apresenta o espetáculo teatral “Os Dragões e Leões saltam na América do Sul” nesta quarta-feira (19) (Foto: Divulgação)
Juan Gabriel Manaus (AM)

Milenar, a arte oriental atravessa gerações e ultrapassa barreiras geográficas para se firmar como uma das manifestações culturais mais expressivas em todo o mundo. Em Manaus, parte desse reconhecimento vem com dois eventos que buscam afinar ainda mais os laços entre a Ásia e a Amazônia. 

Nesta quarta-feira (19), o Grupo Artístico do Dragão e Leão, da Universidade Chinesa de Hubei, apresenta o espetáculo teatral “Os Dragões e Leões saltam na América do Sul”. A apresentação acontece no Teatro Amazonas, às 20h, e consiste em uma jornada para explorar a cultura Chu, atravessando suas diferentes fases, com o objetivo de proporcionar uma experiência ao público com toda a essência da civilização chinesa.

O espetáculo dará início à programação do VII Fórum Acadêmico de Alto Nível China-América Latina, evento voltado a debater temas científicos, culturais e diplomáticos sobre a relação entre a China e a América Latina e que ocorre até o dia 22 de setembro na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e no Studio 5 Centro de Convenções.

O idealizador e diretor artístico da Companhia de Teatro Three Tours, professor Zheng Zhong, afirma que o principal objetivo da apresentação é promover a integração cultural. “Temos a alegria de vir à América do Sul e apresentar, além da Dança do Dragão e do Leão, os diversos instrumentos étnicos da cultura tradicional chinesa. Esperamos aprender e nos comunicar mais profundamente com o povo brasileiro para juntos promovermos o desenvolvimento e a integração cultural dos nossos povos”, declarou o diretor artístico da Companhia de Teatro.

Exposição

Teve início nesta terça-feira (18) a exposição itinerante “Variação e Autonomia: As Gravuras de Artistas Japoneses Contemporâneos”, que estará em exibição no Centro Cultural Palácio da Justiça, localizado na Avenida Eduardo Ribeiro, Centro. Até o dia 14 de outubro, o público poderá contemplar obras de dez renomados artistas que tem, por meio dos trabalhos exibidos, o objetivo de reafirmar a relevância artística do Japão por meio de gravuras contemporâneas.

Os visitantes poderão conhecer os trabalhos exibidos de segunda a sexta, das 9h às 16h, aos sábados, das 13h às 17h, e aos domingos das 9h às 13h. A exibição é fruto da parceria entre o Consulado do Japão em Manaus e a Fundação Japão. 

“Este ano estamos em comemoração pelos 110 anos da imigração japonesa no Brasil e esta exposição faz parte desse evento. Como no Amazonas temos bastantes imigrantes e empresas japonesas, o governo japonês buscou investir na divulgação da cultura em Manaus também”, diz o cônsul do Japão em Manaus, Yoshinari Oda.

Fazem parte da exposição, que também passará por capitais como São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Recife, artistas como Masanari Murai, Toshinobu Onosato, Yasukazu Tabuchi, Yayoi Kusama, Natsuyuki Nakanishi, Hitoshi Nakazato, Tomoharu Murakami, Naoyoshi Hikosaka, Kosai Hori e Toeko Tatsuno.

As obras selecionadas são criações de artistas que participaram da expansão do leque das expressões de arte existentes na época, utilizando o meio impresso, ajudando a estabelecer o gênero de gravuras japonesas contemporâneas, ao mesmo tempo em que tomaram novas dimensões. 

“Esses artistas desenvolveram um novo campo artístico a partir dos anos 70, e o objetivo da exposição e incentivar os espectadores a reconsiderar a história das gravuras contemporâneas no Japão, reafirmando sua relevância artística”, esclarece o cônsul.

Publicidade
Publicidade