Publicidade
Entretenimento
LITERATURA

Ex-jogador Romário lança nesta sexta-feira (29) livro sobre a CPI do Futebol em Manaus

Senador pelo RJ estará na Livraria Saraiva do Manauara Shopping, a partir das 18h, para tarde de autógrafos do livro “Um Olho na Bola, Outro no Cartola – o crime organizado no futebol brasileiro” 28/09/2017 às 19:36
Show rom rio 123
O ex-jogador e hoje senador tem levantado uma bandeira de combate a corrupção dentro da Confederação Brasileira de Futebol. Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

O ex-jogador e atual senador do Estado do Rio de Janeiro Romário fará nesta sexta-feira (29) uma tarde de autógrafos de seu polêmico livro “Um Olho na Bola, Outro no Cartola – o crime organizado no futebol brasileiro”, na Livraria Saraiva do Manauara Shopping , a partir das 18h. Em 239 páginas, o ex-jogador traz bastidores da CPI do Futebol, que tramitou no Senado entre 2015 e 2016, e parte para o ataque contra a CBF. 

Romário foi o responsável por colher as assinaturas para a criação da CPI e havia manifestado o desejo de ocupar a posto de relator, no entanto, o cargo ficou com o senador Romero Jucá (PMDB-RR). Romário e o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) produziram então um relatório alternativo, baseado, entre outras coisas, em dados adquiridos a partir da quebra de sigilos fiscais e bancários dos investigados, além de uma série de e-mails de Del Nero obtidos na operação Durkheim, da Polícia Federal, e compartilhados com a CPI.

“O relatório final paralelo foi parar no STF e fez com que essas pessoas fossem investigadas. Enviamos o texto para Polícia Federal, PGR (Procuradoria Geral da República) e Ministério Público. Tenho certeza que, a partir deste relatório, será feita uma investigação profunda para a gente, definitivamente, limpar essa entidade de pessoas que fazem mal para o nosso futebol”, explicou Romário em recente entrevista ao Estadão.

“O mais importante do livro é a documentação que essa investigação conseguiu em relação a toda a corrupção e as sacanagens que existem na CBF. A gente prova que pessoas enriqueceram ilicitamente com dinheiro que poderia ir para os cofres da CBF, mas foi para contas de laranjas no exterior. Se fosse apenas lembranças da CPI, o livro não teria a importância e a relevância que tem”.

CBF tentou impedir publicação

A CBF chegou a acionar a Justiça de São Paulo para tentar impedir a publicação do que a confederação classifica como “informações sigilosas” contidas no livro. “Minhas críticas não visam enfraquecer ou diminuir a importância da CBF. Ela é uma instituição histórica e indispensável na estrutura do esporte, mas como atleta, como cidadão e como político não posso silenciar diante do que transformaram a Seleção Brasileira, um patrimônio valioso para enriquecer espertos, disfarçados de gestores”, afirmou o senador.

Destaques da carreira

Na obra, Romário também lembra os grandes momentos de sua carreira, conta como o nascimento de sua filha caçula, Ivy, que tem síndrome de Down, mudou a sua vida e o levou à política.

Serviço

O quê: tarde de autógrafos do livro “Um Olho na Bola, Outro no Cartola – o crime organizado no futebol brasileiro” com Romário
Quando:  sexta-feira (29)
Onde:  Livraria Saraiva do Manauara Shopping, a partir das 18
Quanto:  evento gratuito

LEIA MAIS

De passagem por Manaus, senador Romário visita o GACC

Namorada de Romário sensualiza e mostra olhos azuis na web​

Publicidade
Publicidade