Publicidade
Entretenimento
LITERATURA

Ex-roteirista de 'Castelo Rá-Tim-Bum', 'Glub Glub' e 'Cocoricó' lança livro infanto-juvenil

Com mais de 20 obras publicadas, escritor Dionísio Jacob participou da produção de programas infantis de sucesso 24/05/2017 às 09:58
Show castelo 001
Sucesso da década de 1990, ‘Castelo Rá-Tim-Bum’ ainda conquista as crianças, jovens e adultos
Natália Caplan Manaus

Programas infantis como “Glub Glub”, “Castelo Rá-Tim-Bum” e “Cocoricó” marcaram a infância de muitos brasileiros. Eles, inclusive, ainda fazem a alegria das novas gerações. E por trás de cada uma dessas histórias que ensinam crianças de maneira divertida estão profissionais empenhados em criá-las. Um deles é Dionísio Jacob, um dos ex-roteiristas desses sucessos e que acaba de lançar o livro infanto-juvenil “A Lenda de Abelardo”.

“O trabalho de roteirista, apesar de ser escrever, é um pouco diferente do de um escritor de livros. Na televisão é um trabalho em equipe, com cenógrafo, diretor, roteiristas... A inspiração nasce da necessidade do programa, da faixa etária que quer atingir, entre outros fatores. É um trabalho coletivo. Depois que é definido o tema, volto para casa e faço o meu roteiro. No livro, é algo que eu crio sozinho”, disse em entrevista exclusiva por telefone.

Com mais de 20 publicações literárias para crianças, jovens e adultos, o paulistano recebeu prêmios importantes, como uma Menção Honrosa no prêmio Jabuti (2002) e de Melhor Livro, no concurso da União Brasileira de Escritores (UBE), em 2005. E foi justamente essa dedicação ao universo das letras — e a participação em uma companhia de teatro para crianças — que resultou em um convite para ajudar na produção da grade infantil da TV Cultura, no final da década de 1980.

“Foram muitos anos. Infelizmente, não deu para continuar, mas ficou um legado. Até existe algumas produções feitas paralelamente, mas programação infantil é um setor meio desativado ultimamente na televisão aberta. E meu foco atual são os livros”, afirmou Jacob, ao revelar ter criado a famosa frase do “Dr. Abobrinha” (Castelo Rá-Tim-Bum). “Meu nome é Dr. Pompeu Pompílio Pomposo”, brincou o escritor, que também escreveu roteiros para TV Cruj, do SBT.

Aventura

Sobre o livro “A Lenda de Abelardo”, que ganhou ilustrações de Rogério Coelho, o autor conta que trata-se da história de um menino de dez anos. O protagonista vive em um feudo, durante a Idade Média e gosta de desenhar dragões nas paredes do castelo — mesmo que lhe digam o contrário, tem certeza de que as criaturas existem. Um dia, Abelardo encontra um mapa, indicando um local onde viveriam as criaturas aladas. Corajoso, parte em busca dessa terra desconhecida, embarcando em uma viagem fantástica, repleta de surpresas.

“Estou muito feliz porque conseguimos fazer uma edição muito bonita e bem cuidada”, declara Dionísio Jacob, ao revelar um pouco mais da nova narrativa de aventura e fantasia para os pré-adolescentes. “Abelardo é um garoto muito imaginativo e descobre a entrada para um reino da imaginação, cheio de fantasia. Não dá para explicar, mas ele descobre um reino cristalizado e a presença dele faz com que o reino mude. A mensagem é que nossa presença faz a diferença e transforma as coisas”, enfatiza.

Mergulhe na história

‘A Lenda de Abelardo’ apresenta uma rica ambientação de época, baseada em pesquisa histórica sobre costumes e contexto sociocultural. A história inventa um mundo imaginário, rico em detalhes, combinando humor, emoções e questões atuais, como preservação ambiental.

Vem mais por aí

Longe da televisão, Dionísio Jacob é também ilustrador, arte-educador, autor de romances e contos para jovens e adultos. Apaixonado por literatura e pintura, o paulistano já tem outra obra pronta para chegar às estantes: “O hipnótico Berlioz”. O trabalho deverá ser lançado no segundo semestre deste ano. “A história se passa no Brasil, no começo do século 20 e é um conto fantástico. É um hipnotizador que chega a uma cidade e deixa todos hipnotizados”, adiantou.

Perfil Dionísio Jacob

Autor de novelas, romances e contos para jovens e adultos, o paulistano também é ilustrador e arte-educador. Foi um dos fundadores do grupo de teatro Pod Minoga, além de roteirista de programas de TV infantojuvenis.

Publicidade
Publicidade