Publicidade
Entretenimento
Diabetes exercícios físicos

Exercício físico ajuda no controle do diabetes

Sair do sedentarismo também é atitude aliada ao controle do diabetes, doença que atinge 10 milhões de brasileiros 13/03/2013 às 13:12
Show 1
Exercícios físicos para os diabéticos têm efeito importante, diminuem a taxa de glicose e melhorama o controle a longo prazo.
acritica.com Manaus

Movimentar o corpo e sair do sedentarismo são receitas que ajudam a salvar vidas. No caso de quem sofre com o diabetes, o exercício físico tem efeito importante, diminui a taxa de glicose e melhora seu controle a longo prazo. Além disso, a prática de uma atividade física melhora a qualidade de vida e previne outros fatores que podem acentuar essa doença, como obesidade ou hipertensão.

O diabetes, doença que atinge 10 milhões de brasileiros, segundo o Ministério da Saúde, é uma disfunção do metabolismo, ou seja, dos carboidratos ingeridos, causando o alto índice de açúcar no sangue (hiperglicemia) e açúcar na urina (glicosúria). Ela se desenvolve quando o pâncreas produz inadequadamente a insulina ou pela sua inadequada utilização pelas células do corpo.

Conheça os tipos de diabetes:

Tipo I – nesta as células que utilizam a insulina do pâncreas são destruídas, fazendo com que a pessoa portadora dessa doença faça uso de injeções de insulina, para controlar seu nível de açúcar no sangue. Além de fazer dieta e exercícios físicos.

Tipo II – é a diabetes mais comum, causada pela resistência à insulina (o pâncreas produz, mas células do corpo não absorvem essa insulina) e causa a produção excessiva de glicose pelo fígado. Porém é de fácil controle através de dieta específica, de uso de medicamentos via oral e exercícios físicos.

A especialita em nutrição esportiva e personal trainer, Mariana Figueiredo, afirma que os programas de treinamento de exercícios físicos para diabéticos precisam ser preparados por um profissional de educação física qualificado. “O exercícios devem ser de intensidade moderada, trabalhados em conjunto com a capacidade física da pessoa e com o médico especialista, que estará fazendo o controle do diabetes”, afirma.

O treino deve ser de intensidade modera como exercícios aeróbicos(  caminhada, corrida, bicicleta,etc) e exercícios com pesos, iniciando com 30 minutos de duração e aumentando gradualmente para 60 minutos, por dia.

A especialista orienta para os riscos que a má orientação pode causar: hipoglicemia, hiperglicemia, complicações cardíacas, sangramento de retina, perda de proteínas na urina, oscilação de pressão arterial, aumento elevado da temperatura corpórea entre outras. “Mantenha o diabetes controlado com a ajuda da atividade física diária, não esquecendo de procurar orientação especializada”, orienta.



Publicidade
Publicidade