Publicidade
Entretenimento
ARTE

Exposição dedicada ao Halloween explora o horror na arte e na cultura pop em Manaus

Evento terá 24 ilustrações de artistas manauaras com personagens de livros, filmes, games e séries do gênero. Veja como visitar 22/10/2017 às 16:15 - Atualizado em 22/10/2017 às 16:16
Show show 1
(Foto: Divulgação)
Tiago Melo Manaus (AM)

“O horror, o horror”. Disse o Coronel Kurtz, personagem interpretado por Marlon Brando em ‘Apocalypse Now’, já ensandecido pelos conflitos da Guerra do Vietnã, diante da morte iminente. A frase bem que poderia ser repetida pelo personagem diante da nova exposição organizada pela comunidade Meet Up, que acontece no dia 27 de outubro, às 19h30, no Impact Hub, espaço de coworking situado na Avenida Efigênio Salles, no bairro Aleixo, zona centro-sul de Manaus.

Como diz o próprio nome do evento, a ‘Exposição de Horrores’, que aproveita o mês de Halloween, traz obras de ilustradores manauaras sobre a temática. Do latim “horrore”, horror é uma sensação de medo, acompanhada ou não de arrepio, gerada pela percepção de algo ameaçador. E na exposição não vão faltar sentimentos de temor, pavor, repulsa e aversão para com as obras apresentadas ao público, afirma a organizadora Júlia Ribeiro.

“Por conta da temática e da liberdade dos artistas em retratarem suas visões de seus personagens e obras favoritas do horror e do terror, o evento terá classificação etária aconselhável para maiores de 16 anos”, comentou Júlia, que também participa da exposição com uma arte sobre o Demogorgon, o monstro da série Stranger Things. Coincidentemente, ou não, a série volta para a sua segunda temporada no mesmo dia do evento.

Ao todo, serão 24 obras expostas sobre personagens de filmes, livros, games, quadrinhos e séries do gênero. Segundo Júlia, que divide a organização ao lado dos ilustradores Anderson ‘Green Devil’ e John Silva, o público encontrará artes digitais sobre o boneco Chucky, o brasileiro Zé do Caixão, a enfermeira de ‘Silent Hill’, o palhaço Pennywise de ‘It – A Coisa’, além de personagens originais criados para o evento.

E para sentir o friozinho na barriga de se ver cercado de tantas entidades do mal, vale ressaltar, o público não paga nada. Afinal, a exposição tem entrada gratuita. O intuito, de acordo com ela, é promover um encontro entre os fãs do gênero e divulgar o trabalho dos artistas da cidade. Esse é a terceira exposição da comunidade e a primeira com temática definida.

“Os temas foram propostos pela equipe e este foi escolhido junto com nossos seguidores e ilustradores do grupo. A partir daí fizemos uma pré-seleção com artistas cujos estilos se encaixavam com o tema. Acabou que, por conta disso, foi bem fácil para eles produzirem o material”, afirmou a organizadora.

Conforme ele, para combinar com o clima descontraído e pop do evento, o local escolhido foi essencial. “Além das artes, teremos produtos geeks da loja Biboca à venda, guloseimas de Halloween, action figures e muito mais. Vai ser bem temático, legal e interativo. Os artistas que quiserem também poderão vender seus quadros da exposição”, concluiu.

Júlia ressaltou ainda que a comunidade já está planejando a próxima edição do Meet Up Ilustrado, que deve acontecer somente ano que vem. Quem quiser acompanhar o trabalho do grupo, bem como ficar por dentro dos encontros e eventos, pode seguir o Instagram e o Facebook deles.

LEIA MAIS

Personagem de história em quadrinhos ganha exposição no Museu do Paço

Conheça cinco perfis de ilustradores que estão participando do Inktober 2017

Ilustrador utiliza café para pintar obras e deve inaugurar stand em cafeteria

Publicidade
Publicidade